Aprenda o que é Google AdWords e desenvolva anúncios na web para o seu negócio alavancar rapidamente!

//Aprenda o que é Google AdWords e desenvolva anúncios na web para o seu negócio alavancar rapidamente!

Por: | Publicado: 1 de fevereiro de 2018 | Atualizado: 10 de dezembro de 2018.

O que é Google AdWords? Sabe os primeiros resultados nos buscadores do Google destacados como anúncios? Este é apenas um dos trabalhos feitos por esta ferramenta. Pode ter certeza: isso gera muito mais acessos e também pode render bons resultados financeiros. Que tal conhecer as outras alternativas?

Esse anúncio no Google AdWords é capaz de gerar inúmeros acessos ao seu conteúdo, afinal, ele estará bem posicionado no maior buscador on-line.

Tudo isso com base em cookies e em palavras-chave, ou seja, na forma que o usuário procura seu produto ou serviço no buscador e assim também é determinado onde os anúncios serão exibidos.

Por exemplo, se você tem um negócio de estamparia de camisa, mas seu foco são apenas camisas de times, você quer aparecer para qual público no Google?

A resposta pode parecer um pouco óbvia em primeiro momento, mas não é tão simples.

Há inúmeras estampas, mas é muito mais vantajoso aparecer para pessoa mais próxima de comprar seu produto.

Neste caso, ao invés de optar por uma palavra-chave como “estampar camisas” ou “estamparia de camisas”, você pode escolher uma alternativa mais segmentada, como “personalizar camisas esportivas em SP” ou “estampar camisas de time em X”.

Conseguiu notar a diferença? Seu anúncio vai chegar até a pessoa mais interessada no seu produto, assim você não perde tempo e dinheiro com outras sem o menor interesse de estampar uma camisa de time.

Você provavelmente já pensou no fator financeiro. Uma coisa nós garantimos: o investimento é muito mais acessível quando comparado às alternativas tradicionais, como TV e impressos, por exemplo.

Além disso, após saber como funciona o Google AdWords, é fácil notar: ele pode se moldar de acordo com suas necessidades. Existem algumas opções de pagamento na qual ao menos uma delas pode ser interessante para seu negócio.

Mas isso é assunto para mais tarde. Vamos por partes.

E aí, vamos mergulhar de cabeça no tema? Você não só vai aprender como anunciar no Google AdWords, como também irá conhecer alguns outros assuntos que o cerca. E o melhor de tudo: seu negócio vai ter muito mais visibilidade!

Para você saber o que é Google AdWords, vamos falar destes temas na sequência do conteúdo:

Google AdWords: o que é e para que serve

o que é google adwords-conceito

Como falamos, esta é a plataforma de links patrocinados do Google. Ela oferece um espaço valioso nos buscadores aos anunciantes que desejam exibir seu produto para bilhões de internautas.

O Google foi criado no ano de 1998 e, apenas três anos mais tarde, se tornou referência mundial como mecanismo de busca on-line.

Ao notar o grande tráfego no buscador, os fundadores enxergaram uma grande oportunidade para fazer um negócio mais rentável. E essa possibilidade surgiu com o sistema do site GoTo.com – o início dos Links Patrocinados.

Para utilizar a licença patenteada do Links Patrocinados, o Google precisou desembolsar um valor expressivo. Mas em pouco tempo, a ferramenta foi rebatizada e passou a se chamar Google AdWords.

Rapidamente a plataforma de publicidade do Google alcançou grandes resultados financeiros e hoje representa a principal fonte de receita da companhia americana.

Mas por qual motivo as empresas apostam tanto nesse tipo de anúncio?

O motivo é muito simples: a facilidade de chegar até o público que deseja seu produto. A chance de venda é muito maior.

É o mesmo que estar na praia, em um dia ensolarado e vender água de coco. As pessoas ideais do seu negócio estarão mais próximas de você.

Ter seu empreendimento em destaque no buscador do Google é sinônimo de aumento de tráfego na página, de acordo com o objetivo do seu negócio, isso pode representar mais vendas.

A ferramenta de anúncios Google AdWords, em 2011, fechou com o faturamento de U$ 37,9 bilhões.

Já em 2016, apenas cinco anos depois, a plataforma alcançou o expressivo valor de U$ 79 bilhões.

Isso por si só já mostra a importância de saber como fazer propaganda no Google AdWords e estar presente nos buscadores, não acha?

Ao investir em links patrocinados, seu negócio ficará entre as três ou quatro primeiras opções da primeira página.

Mas também pode ser encontrado nos últimos resultados da primeira, assim como em outras páginas, mas sempre em posições de destaque.

Calma, não é tão difícil quanto parece. Vamos detalhar melhor na sequência, mas tudo depende de alguns fatores estabelecidos pelo Google.

Vamos a um exemplo:

Após realizar uma busca por quadras de futebol em São Paulo, veja como os resultados de links patrocinados aparecem da Rede de Pesquisa:

o que é google adwords-exemplo

Estes anúncios Google AdWords estão no topo da primeira página de busca, o melhor lugar para conseguir resultados em um período curto.

E por que isso é importante?

Basta reparar em um hábito dos usuários da internet. Nós dificilmente buscamos por algum conteúdo que não esteja na primeira página.

Ou seja, se você não estiver nela, não terá tráfego em seu site.

Como apontamos, esses anúncios no buscador é apenas uma das alternativas para expor sua marca via Google AdWords.

Ao acessar um blog, por exemplo, você certamente já se deparou com banner de anúncio na página.

Ou se você costuma consumir conteúdos do YouTube, antes de um vídeo, ou até durante a reprodução do material, você também já teve contato com alguns tipos de anúncios, certo?

Embora os anúncios sejam em canais distintos, eles têm uma característica em comum: todos são criados e gerenciados pelo Google AdWords.

Pronto! Você já sabe o que é Google Adwords. Então chegou a hora de criar sua conta.

Siga conosco e veja como fazer isso no próximo tópico.

Crie sua conta no Google AdWords

o que é google adwords- conta

Quando começamos a entender o que é Google AdWords já nos perguntamos: “Como fazer minha conta nessa ferramenta?”. Vamos ensinar você agora!

Para fazer sua conta, é necessário ter um e-mail, um website e mais algumas informações básicas da sua empresa para personalizar a configuração da sua conta.

Veja o passo a passo:

1- Insira o endereço do seu e-mail do Google
2- Insira seu website
3- Clique em continuar
4- Faça login com sua conta do Google ou crie uma nova

Pronto, agora você não tem mais desculpas e está bem próximo de saber como usar o Google AdWords.

Conheça o Google Shopping

Em 2011, para agregar na experiência do usuário a fim de comprar algum produto na web, o Google lançou uma novidade: o Google Shopping.

E, ao aprender o que é Google AdWords, naturalmente você terá contato com Google Shopping. Mas qual é a vantagem desta ferramenta?

O objetivo do Google Shopping é bem simples: exibir produtos relevantes de acordo com a consulta do usuário.

Se você já buscou um produto específico no buscador do Google, certamente já teve contato com esse tipo de anúncio. Veja:

o que é google adwords- exemplo

Como podemos notar na imagem, o Google disponibiliza não só produto, como o nome da loja, valores e a marca específica. É uma forma de facilitar que o usuário encontre o que deseja mais rápido.

Notou aquele seta no lado direito? Ao clicar nela, você poderá ver o carrossel completo de opções.

No início, o Google liberou esse serviço de forma totalmente gratuita, mas quem quisesse impulsionar o anúncio, poderia desembolsar um valor pra isso.

Hoje, para expor sua loja nos resultados do Google Shopping, você precisa pagar pelo serviço.

Ao lançar a ferramenta, o Google liberou para todos os usuários do AdWords de forma gratuita. Foi uma forma de testar a novidade.

A gigante americana precisava ter certeza de que era um bom negócio. Para isso, era preciso ter uma boa base de anunciantes para dar sequência no trabalho.

Afinal, não tem muito sentido desenvolver uma nova ferramenta para poucas empresas apostarem.

Após realizar o teste, ver os resultados obtidos pelas empresas e chegar a conclusão de que tudo estava adequado e pronto para rodar, o Google passou a cobrar pelo serviço.

Beleza. Entendi. Mas como incluo minha loja aí?

Nós sabemos, depois de entender o que é Google AdWords e conhecer o Shopping, a vontade de apostar é muito grande. Então vamos pôr em prática?

Para incluir seus anúncios no Google Shopping é preciso ir até Google Merchant Center, uma ferramenta que armazena dados dos seus produtos, e carregar os as informações dos itens na plataforma.

Estas informações são editáveis, assim você não corre o risco de deixar nada desatualizado.

Sabe seu arquivo XML? É disso que o Google precisa, mas com uma especificação para seu feed de produtos. Vale conferir!

Pra você, profissional que deseja saber como fazer propagandas no Google AdWords, é muito importante ter em mente: o Google Shopping é um dos melhores canais de conversão para qualquer lojista.

Saber como funciona Google AdWords e não apostar no Shopping, é deixar de ganhar dinheiro, ainda mais se o seu negócio for um e-commerce, por exemplo.

Segundo pesquisas americanas, ao comparar o primeiro quarto de 2015 com o de 2016, a receita da plataforma cresceu pouco mais de 50%, fato que reforça a importância de apostar no Google Shopping.

Como falamos há pouco, para ter seu produto no Google Shopping, você terá um custo financeiro.

O custo por clique (CPC) é a única forma de precificação para este formato de anúncio, ou seja, você só será cobrado quando o usuário realmente acessar sua campanha.

Mais a frente vamos falar quanto custa anunciar no Google AdWords de forma mais detalhada. Assim não restará dúvida alguma.

Pesquisa via dispositivos móveis

O Google notou uma grande mudança comportamental nos usuários – o aumento significativo de buscas realizadas por dispositivos móveis.

Você acha que a multinacional perdeu a chance de otimizar os resultados de pesquisa por celulares? Claro que não!

A empresa logo passou a dar mais destaque aos anúncios do Google Shopping, praticamente dobrando o tamanho da divulgação na tela de um smartphone ou tablet.

Veja o antes e depois:

o que é adwords-antes-depois

Notou a diferença no tamanho? Muito grande, né? Isso fez os anúncios ficarem mais destacados e consequentemente mais acessados.

Como o número de pessoas on-line em aparelhos móveis aumentou, é importante que todos se adaptem para ter um sucesso maior.

Por isso, além de saber o que é Google AdWords, você precisa ter um sites responsivo, ou seja, que se adapte a outros tamanhos de telas.

Quer saber mais sobre site responsivo? Acesso nosso conteúdo e fique craque no tema!

Descubra a precificação ideal para seu negócio

Agora, você aprendeu o que é Google AdWords e também conheceu o Google Shopping. Mas ainda precisa saber como tudo isso é pago, não é?

Os anúncios Google AdWords têm três tipos de precificação – custo por clique , custo por mil impressões e custo por aquisição. As três são representadas pelas siglas CPC, CPM e CPA, respectivamente.

Vamos conhecer cada um deles?

Custo por clique – CPC

Como o próprio nome sugere, esta precificação diz que sua ação só será cobrada quando o usuário clicar no link patrocinado.

É um modelo utilizado na compra de palavras-chave no Google AdWords, por exemplo. Mas tem se tornado comum em outros sites, portais ou blogs.

Este formato é uma excelente maneira de saber os resultados do seu anúncio, pois ele aponta a quantidade exata de usuários que clicaram na sua campanha.

Aqui também você pode ter ideia do impacto causado aos usuários. Para isso, basta verificar a quantidade de acessos ao canal e ver quantos clicaram na sua campanha.

Se sua campanha estiver posicionada em um ambiente de muitos acessos, você terá um custo muito alto. E se você não puder pagar por eles?

Não se desespere. Existe uma forma de controlar o custo das suas ações.

Ao realizar uma campanha no Google AdWords, você pode estabelecer uma meta de cliques desejados e calcular o custo de toda sua ação com antecedência, por meio do CPC médio.

O AdWords, e todas as plataformas que trabalham com o CPC, oferecem esse cálculo a fim de facilitar a vida do anunciante, assim é possível ter acesso ao valor antes mesmo de pôr a campanha no ar.

Para calcular a precificação CPC, basta usar a seguinte equação:

o que é google adwords-cpc

CPC otimizado

Depois de conhecer o CPC, talvez você se depare com o CPC otimizado. Então vamos falar abordar este tema de uma vez.

O CPC otimizado combina seu lance manual com uma estratégia de lances inteligentes e aumenta os números definidos no início quando há uma chance de conversão maior.

O seu lance, quando as probabilidades de venda ou conversão são pequenas, é reduzido.

De acordo com o Google AdWords, o CPC otimizado pode aumentar seus lances em até 30% quando há uma probabilidade de venda maior.

Ele também é reduzido para qualquer valor quando a chance de venda é mínima.

O CPC otimizado do Google AdWords funciona com base no histórico de conversão da sua conta. Por este motivo é de extrema importância manter o acompanhamento de conversões sem ativo.

Para ativar o CPC otimizado, siga este passo-a-passo: abra sua conta no Google AdWords > clique na opção campanhas > selecione a campanha desejada no canto superior esquerda da sua tela > configurações > todas as configurações > estratégia de lances > editar > ativar CPC otimizado.

Veja as imagens abaixo para facilitar o processo de ativação:

o que é google adwords-crie
o que é google adwords-passo
o que é google adwords- passos

Depois de saber como fazer propaganda no Google AdWords por meio da precificação CPC, chegou a hora de aprender sobre o custo por mil impressões.

Custo por mil impressões – CPM

Nesta precificação o anunciante paga pelo anúncio apenas quando ele é visualizado por mil usuários.

Para apostar em ações com esse formato de precificação, é preciso anunciar em páginas com um grande volume de tráfego. Por isso é utilizado somente em grandes blogs e portais de notícias.

Geralmente, estes anúncios ficam expostos nas barras laterais ou em formato de banner publicitário no topo dos sites.

Veja o exemplo da anunciante NET, no topo do site globo.com:

o que é google adwords- net

Talvez você se depare com esse tipo de anúncio CPM, mas em formatos diferentes, como alguns estáticos, dinâmicos e, em outros casos, até mesmo com som.

Sabe quando trabalhamos com abas simultâneas e, do nada, nos assustamos com algum barulho, sabe? Se não for o YouTube, pode ter certeza, é um anúncio em alguma das abas abertas.

Ao escolher esse formato de anúncio, não esqueça de relacionar orçamento disponível com o tempo levado para alcançar as mil impressões dentro do canal escolhido.

Então é bem simples: quanto mais recursos e mais visível for o espaço do anúncio, maior será o CPM da sua ação.

Exemplo: você anunciou no uol.com.br, um site com milhares de acessos diário, ou seja, milhares de usuários irão visualizar sua marca em questão de algumas horas.

Para ter sua empresa por um tempo maior entre os destaques, é preciso ter um valor considerável para investir no formato CPM. Por isso é bom você já preparar o bolso, mas também espere ótimos resultados!

Como já se sabe, essa precificação é por visualizações. Por isso, mesmo que o usuário não clique em sua campanha, você deverá pagar ao Google AdWords.

Esta alternativa de anúncios via Google AdWords, por exigir um valor monetário maior, é indicada à empresas de médio e grande porte, que já possuam uma estrutura de marketing e uma estratégia muito bem definida.

Utilize esta equação para calcular a precificação do custo por mil impressões:

o que é google adwords-cpm

Depois de explicar detalhadamente o que é Google AdWords e apresentar duas opções de pagamento, talvez você ainda não as considere ideais para o seu negócio. Mas temos mais uma opção. Vamos conhecer?

Custo por aquisição – CPA

Custo por aquisição, como o nome também sugere, nada mais é que a forma de pagamento a qual o anunciante é cobrado quando atinge seu objetivo.

Este objetivo pode ser o download de um material, uma venda, etc. Tudo depende do seu negócio.

Como você já deve ter imaginado, trata-se da alternativa com o custo mais elevado, por isso é indicada à empresas com margens de lucros maiores em seus produtos.

Além disso, nem todos podem optar por uma campanha no Google AdWords com CPA, pois a plataforma faz algumas exigências prévias baseada em seu histórico, como um número mínimo de conversões.

Para calcular o valor da campanha, você deve usar a seguinte fórmula:

o que é google adwords-cpa

Anúncios na Rede de Pesquisa

Agora você já sabe o que é Google adWords, as precificações e o Google Shopping. Que tal conhecer outras formas de anúncios com o AdWords?

Já falamos um pouco da Rede de Pesquisa por aqui. Sabe aqueles anúncios destacados nas quatro primeiras ou três últimas posições de resultados do buscador do Google? São estes anúncios que nos referimos neste tópico.

Trata-se de uma forma para alcançar pessoas que buscam por produtos, serviços ou soluções específicas.

Veja mais um exemplo só para fixar em sua memória:

o que é google adwords-exemploo

Anúncios Rede Display

Esta opção conta com vários sites parceiros, sendo alguns do Google, como o YouTube, Blogger e Gmail, que trabalham com anúncio Google AdWords. O anúncios alcançam 90% dos usuários presentes na web.

Gostou de como funciona o Google AdWords? São muitas pessoas, muitas oportunidades! Você não quer ficar de fora, não é mesmo?

Imagine só:

Você tem um cachorro grande, muito peludo! Mas, do nada, os pelos dele começam a cair.

Aí você decide procurar no Google os possíveis motivos e encontra um material explicativo. O texto diz que seu animal precisa de um produto para fortalecer os pelos.

Você nunca ouviu falar nesse produto. Mas no topo da página, tem um banner que direciona à uma loja específica para cães e nela você encontra o produto.

A chance do usuário entrar no anúncio é muito grande, não acha?

Vale destacar que você pode escolher os tipos de sites aos quais deseja expor o seu produto.

Esta escolha deve ser feita de acordo com sua persona, assim a assertividade será muito maior.

Veja um anúncio no da Rede Display no Google em formato de banner:

o que é google adwords-folha

Os anúncios gráficos do Google AdWords, ou seja, os anúncios que contém imagens, alcançam o número de mais de 2 milhões de sites e mais de 650 mil aplicativos. Não dá para ficar fora disso!

Depois de aprender como usar o Google AdWords, nos sentimos mais inseridos no ambiente digital, não é? Vamos ver mais alguns tipos de anúncios na Rede Display que podem potencializar seu negócio?

Banner

Já falamos um pouco desse modelo no conteúdo. Geralmente exibidos no topo do site. Ele pode ser interativo, conter animações, layouts personalizados, entre outras opções.

Gmail

A plataforma de e-mails do Google permite que anúncios personalizados cheguem diretamente na caixa de entrada dos usuários.

Aplicativo

Se você costuma instalar aplicativos em seu celular, certamente já teve contato com este tipo de anúncio.

Ao baixar aquele jogo favorito, você passa a ter contato com ele semanalmente. Já reparou que algumas vezes, ao acessá-lo, surgem alguns anúncios de sugestões de novos jogos ou de qualquer outro produto?

Aposto que você já se irritou ou aderiu uma dessas indicações.

Anúncios no YouTube

Depois de entender o que é Google AdWords, você certamente irá se deparar com alguns tipos de anúncios no YouTube.

Anunciar no Youtube tem sido um meio de divulgação crescente nos últimos tempos.

A ferramenta, criada por três ex-empregados da Paypal em 2005 e adquirida pelo Google em 2006, coleciona mais de 1 bilhão de usuários, o que gera bilhões de oportunidades para seu negócio ser apresentado.

Ao aprender como anunciar no YouTube, você notará a vantagem de ter um feedback momentâneo, seja por meio de curtidas, comentários ou até mesmo pela lista de inscritos e/ou visualizações.

Ter essa resposta imediata da audiência é muito importante para qualquer empreendimento!

Há alguns formatos de anúncios que podem ser feitos na ferramenta de vídeos. O mais comum é chamado de “TrueView In-stream”, aquele apresentado antes do vídeo principal e dá a opção do usuário pular a publicidade.

Agora, veja alguns outros modelos de anúncios no YouTube que também são gerenciados por meio do Google AdWords.

Anúncios não puláveis

Este tipo de anúncio obriga o internauta a visualizar a publicidade por completo, a não ser que o conteúdo seja fechado. Eles podem durar até 20 segundos de extensão.

Anúncios curtos

Também conhecidos como Bumper Ads, são anúncios com duração de até 6 segundos. São publicidades não puláveis e inseridas antes do vídeo.

Se seu objetivo é atingir um grande número de usuários com uma mensagem curta e objetiva, esse tipo de anúncio Google AdWords é para você!

Repare como este formato aparece na reprodução do vídeo abaixo:

o que é google adwords-youtube

Agora, para inspirar sua produção, veja esse exemplo desenvolvido pela Coca-Cola do Brasil.

Muito bom, né? Pode falar, em 6 segundos conseguiu deixar você com água na boca!

Anúncios de sobreposição

O anúncio de sobreposição aparece assim que o inicia o vídeo. Já notou, aquele banner na parte inferior da tela? Às vezes você até fecha este anúncio, logo quando é exibido.

Anúncios de pesquisa

Lembra daqueles links patrocinados? Aqui acontece o mesmo. São vídeos que aparecem logo no topo das pesquisas do mecanismo de busca do YouTube. Veja como visualizamos na plataforma:

o que é google adwords- veja

Anúncios gráficos

São publicidades exibidas à direita da sua tela, logo acima da lista de sugestões de vídeos. Em telas menores, são expostos na parte inferior na tela.

Viu só? Durante o aprendizado sobre o que é Google AdWords, você imaginou que iria conhecer essas opções de anúncios no YouTube?

Pois é, este é o guia completo de Adwords e essas são ótimas oportunidades, aproveite-as!

Crie seu primeiro anúncio

Antes de tudo, você precisa pensar no produto que vende. O que ele tem de diferente comparado ao mercado?

Crie bons títulos, com frases impactantes e com alguma proposta irresistível, que faça o usuário clicar em sua call to action bem rápido.

Uma boa estratégia para chamar atenção dos usuários são os títulos negativos.

Por exemplo:

Ao invés de usar “Dicas para ganhar dinheiro mais rápido com suas ações”, use um como “Descubra como você impede o crescimento do seu negócio!”.

Quando falamos que o empresário pode estar colocando empecilhos no crescimento do seu negócio, a chance de clique pode ser muito maior.

Título

“Baixe o manual gratuito do Google AdWords”, um título que vai além da palavra-chave e inclui um verbo de ação no início.

Aqui a palavra “gratuito” pode ser crucial no acesso do usuário.

Texto do anúncio

Lembre-se, você deve ser objetivo. As duas primeiras linhas do texto devem ser capazes de convencer o usuário que você é a melhor opção dele.

“Leia nosso e-book totalmente gratuito sobre Google AdWords e potencialize o crescimento de sua empresa com anúncios no Google e sites parceiros!”

Uma mensagem clara e objetiva, que mostra logo de cara qual será o benefício ao usuário quando ele aprender o que é Google AdWords.

Note, além da palavra-chave, usamos um termo muito atrativo para usuários, o “gratuito”. As pessoas procuram por soluções fáceis e, de preferência, que não interfiram no seu orçamento.

Relevância do anúncio

Esta relevância irá definir o valor da sua palavra-chave em relação a sua mensagem.

Há uma separação em três status: acima da média, na média e abaixo da média.

Como você deve imaginar, as duas primeiras são as ideais para qualquer anuncio Google AdWords.

Calcule o valor do CPC

Imagine quatro anunciantes com o mesmo lance: R$ 2,00

o que é google adwords-valor-cpc

Mesmo que eles tentem investir um valor idêntico, a melhor posição nunca está garantida. Tudo depende do Índice de Qualidade e de um bom Ad Rank.

Por se tratar de anúncios com o mesmo lance de CPC, o AdWords vai utilizar a equação ilustrada para definir qual CPC para cada anunciante.

Mas o que é esse tal de Ad Rank?

Trata-se de uma medida criada pelo Google para determinar qual anúncio deve aparecer nas primeiras posições de busca.

Como funciona Google AdWords: apesar de ser semelhante a um leilão, os anunciantes que pagam mais não aparecem necessariamente na primeira posição.

Tudo depende da medida Ad Rank usada pelo AdWords, que é composta pelo Índice de Qualidade (IQ) multiplicado pelo Custo por Clique máximo (CPC máximo).

Esse Índice de Qualidade é uma avaliação de 1 à 10 feita pelo Google e, junto com o lance dado, irá definir qual a posição de seu anúncio para a palavra-chave selecionada.

Não há um método 100% garantido no seu Índice de Qualidade, pois o Google não divulga a fórmula exata.

Você já entendeu o que é Google AdWords e também sobre Ad Rank, agora conheça três fatores essenciais para sua otimização:

o que é google adwords-pagina destino

1. CTR (Click through Rate): trata-se do fator de maior peso no índice. Ela aponta o número de cliques dividido pelo números de vezes de exibição do anúncio. Seu objetivo é identificar a relevância da campanha para os usuários.

2. Relevância: aqui o Google entende quanto o conteúdo, o texto do seu anúncio e as palavras-chave são realmente importantes e se relacionam bem entre si.

3. Landing Page: o Google, a partir de 2011, passou a considerar a experiência do internauta quanto à Landing Page (página de destino após o clique no anúncio).

Três aspectos são avaliados: conteúdo relevante e original, transparência e navegabilidade.

Agora você já sabe como usar o Google AdWords e conhece muito sobre o tema. Não deixe de criar uma conta e impulsionar seu empreendimento!

Monitore sua concorrência!

Para ter bons resultados, toda e qualquer estratégia de marketing precisa monitorar ações dos concorrentes. Afinal, a meta é sempre ser melhor do que eles, não?

Com uma análise detalhada da concorrência, você pode identificar quais são os pontos fortes e, além disso, destacar o ponto negativo.

Com todos esses dados em mãos, podemos melhorar algumas práticas no nosso empreendimento.

Por exemplo:

Você está prestes a criar um negócio de manutenção de aparelhos eletrônicos. Para analisar o mercado, fez uma busca no Google, algo como “manutenção de celulares em São José dos Campos”, talvez seja a palavra-chave usada pelo concorrente.

Nos resultados, você nota que o principal nome do mercado investiu em links patrocinados via Google AdWords.

Curioso, você entra no site e faz uma análise completa dos serviços e anota as principais informações.

Não tenha receio ao fazer isso, viu? Todas as empresas de sucesso, antes de elaborar estratégias, utilizam esta mesma fórmula.

Para “espionar” sua concorrência, o Semrush é uma boa alternativa.

Com esta ferramenta, você consegue descobrir quais são as palavras-chave utilizadas pelos seus concorrentes e também tem acesso ao número de tráfego que elas trazem ao site.

Além disso, você pode cadastrar concorrentes e o Semrush monitora de acordo com períodos pré-estabelecidos.

Como a concorrência, em grande parte dos casos, vende praticamente os mesmos produtos, é possível selecionar todas as palavras-chave usadas por ela, ver suas métricas e também incluir em seus anúncios.

Acha que os benefícios acabaram? Que nada! Esta ferramenta pode te ajudar um pouquinho mais.

Com o Semrush, você consegue uma cópia dos anúncios da Rede de Pesquisa e também da Rede Display do Google. Assim você consegue saber se a concorrência está usando e quais são os sites que mais geram visitas para ele.

Se esses portais ou palavras-chave geram muitas visitas ao site do seu concorrente, certamente serão positivos para o seu negócio também.

Quando se sabe o que é Google AdWords, é preciso ter em mente que você não é o único a investir. Aliás, está muito longe disso! Então é preciso estudar o mercado, identificar os pontos positivos e negativos e se basear.

Planejador de palavras-chave

Como se sabe, encontrar a palavra-chave ideal para o seu negócio é fundamental em ações de ambiente digital.

Essa palavra-chave é a forma que um usuário procura um produto ou serviço nos buscadores on-line.

Com ela, seu potencial cliente pode encontrar seu anúncio Google AdWords ou até mesmo um conteúdo de forma orgânica.

Por isso, quando se entende o que é Google AdWords, é de extrema importância saber realizar um estudo de palavras-chave.

E aí, vamos conhecer esse planejador?

Antes de tudo, entre no Google Keyword Planner e tente se familiarizar com a página.

Agora é a hora de você se colocar no lugar do seu público. Tente pensar como o usuário tentaria buscar pelo seu produto na web.

Pense no maior número de possibilidades que você pode ser encontrado na internet.

Se você vende artigos esportivos, por exemplo. Qual seria a forma de ser encontrado? Pense no seu produto mais vendido, ele pode ter um sucesso ainda maior em ambiente digital.

Neste caso, você irá concorrer com diversas empresas já consolidadas no mercado, ou seja, sua estratégia tem que ser diferente, pois superá-las é quase impossível em alguns casos.

Se você tem um grande volume de vendas de bolas de futebol de salão, mas também conseguiu vender alguns tênis de corrida Adidas, é preferível apostar na primeira opção.

Porque com o tênis Adidas você irá concorrer com empresas já renomadas em ambiente digital, como Netshoes e até mesmo a Adidas. Aí fica complicado, não acha?

As palavras-chave “bola de futebol de salão”, “bola de futebol de salão preço”, por exemplo, podem ser analisadas através programador de palavras.

Veja o passo a passo abaixo:

Abra o Google AdWords Keyword Planner > Ferramentas > Planejador de palavras-chave > digite suas ideias no campo em branco > clique em obter ideias.

Veja o procedimento nas imagens logo a seguir:

o que é google adwords-cadastro
o que é google adwords-página

Quando se aprende o que é Google AdWords, uma das primeiras coisas a ter em mente é a importância da seleção de palavras-chave para sua campanha. É um processo muito delicado e que exige muita atenção.

Nossa, é tão importante assim?”

Sim. Qualquer erro pode ser crucial no fracasso de sua estratégia. Afinal, tudo que é desenvolvido é baseado nesse estudo de palavras.

Se ele não for desenvolvido de forma adequada, os usuários do seu interesse não o encontrarão na web.

Você pode até ser encontrado quando utiliza palavras erradas, mas não serão os potenciais compradores do seu negócio.

Sugestão de palavras

Além de disponibilizar dados como, busca mensal, concorrência e o lance sugerido da palavra, o Keyword Planner também sugere alternativas que talvez se encaixam na sua campanha.

Para ter muitas sugestões de novas palavras, você precisa apontar uma grande quantidade de formas que os usuários possam te encontrar na internet.

Quanto maior o número de palavras-chave você digitar, mais sugestões a ferramenta dará a você.

Por isso é importante estudar a concorrência e ver quais palavras são utilizadas por eles e se elas também são ideais para o seu empreendimento.

Logo abaixo das palavras escolhidas por você, terá um campo com várias sugestões do Google AdWords!

Viu só? Aprender o que é Google AdWords vai muita além de um simples conceito. Trata-se de um universo repleto de possibilidade para alavancar seu negócio!

Crie landing pages persuasivas!

Acredito que você já tenha entendido, mas não custa nada reforçar quando o tema é tão importante.

Está claro que campanhas no Google AdWords custam dinheiro, certo? Precisamos ter isso muito esclarecido quando iniciamos qualquer projeto por aqui.

O objetivo é aumentar o tráfego no seu site e conseguir um maior número de conversão, não é?

Se você tiver um ótimo conteúdo e saber como usar o Google AdWords, é um grande passo para ter sucesso em suas conversões, mas está longe de ser o bastante.

Também é preciso desenvolver uma landing page de qualidade.

Mas o que é landing page?

Landing page são páginas criadas com o objetivo claro: a conversão.

Nada mais são do que página não navegáveis, ou seja, páginas sem opções de links.

Essas páginas sempre oferecem algum material de valor ao usuário, como um e-book ou a assinatura de uma newsletter, por exemplo.

Ao oferecer esse conteúdo, você deve pedir alguma coisa em troca, como o nome e e-mail do usuário, por exemplo.

Aqui é a hora que você tem total controle da ação do usuário. Se ele não fizer o que você quer, seja baixar um e-book ou comprar um curso de criação de landing page, por exemplo, ele vai sair da sua página.

Desenvolva títulos chamativos

Imagine você dentro de uma livraria. Às vezes passamos horas dentro delas. Nos diga uma coisa: quais são os livros que você pega para dar uma olhadinha? Por que você escolhe um e não o outro?

Você pode escolher um livro por muitos motivos, desde um bom título, até uma boa foto na capa, etc.

Quando investimos em anúncios Google AdWords, esse exemplo da livraria pode ser importante para nos auxiliar nesse desenvolvimento.

Desenvolver um bom título para sua landing page é essencial para tocar o seu potencial comprador e conseguir um maior número de conversão em suas campanhas no Google AdWords.

Veja algumas dicas:

1. Botões de call to action

Antes de tudo, é preciso ter um outra coisa para chamar atenção do seu usuário e fazer ele tomar a ação que você deseja – ter uma boa call to action.

CTA são nada mais que botões chamativos que indicam uma ação ao usuário. Ao realizar esta ação, ele é direcionado à sua landing page.

Para isso, é importante incluir a sua palavra-chave no botão junto com um verbo de ação. Veja o exemplo a seguir:

o que é google adwords- CTA

Quer saber ainda mais como criar um botão de CTA chamativo e que gere bons resultados ao seu negócio? Acesse nosso conteúdo!

2. Use palavras chamativas

Palavras como “grátis”, “prático” ou “guia definitivo” são excelentes para despertar o interesse dos usuários. Use-as em suas chamadas.

3. Seja claro quanto ao benefício do usuário

Se a pretensão de sua landing page for o preenchimento de um formulário, seja objetivo quanto ao benefício recebido pelo usuário em troca de alguns dados.

Se as informações não forem diretas e dizer qual o benefício do usuário, a chance de conversão são pequenas.

4. Estimule a curiosidade do leitor

Um dos pontos que geram acessos aos conteúdos é a curiosidade dos usuários. Por isso é importante trabalhar com palavras que aguce o leitor. Termos como “descubra”, “surpreenda-se”, costumam ser muito positivos.

5. Determine um tempo

Para conseguir uma conversão com a criação de landing pages, algumas estratégias oferecem o serviço experimental, ou seja, dá a ele um período teste, assim ele terá mais segurança antes de adquirir o serviço.

Não esqueça: coloque esta informação já no título de qualquer modelo de landing page criada para seu negócio.

6. Utilize teste A/B

Embora as dicas sejam boas e indiquem como fazer bons modelos de landing pages, a realização de testes é extremamente importante. O teste A/B é uma boa opção para isso.

Mas o que esse teste faz? Trata-se de um teste que possibilita ao anunciante ver como o público recebe determinada ação.

Ele mantém duas versões do mesmo conteúdo na web, assim, através das métricas, você pode avaliar qual foi mais assertiva.

Na sua landing page, por exemplo, você poderia elaborar duas, a versão original e a experimental, mas com títulos diferentes. A com melhor desempenho permanece no ar.

Para ter a percepção de qual versão do teste foi melhor, faça apenas uma mudança por vez. Caso contrário, a estratégia não será bem aproveitada.

Estrutura do Google AdWords

Uma forma de ter sucesso com seus anúncios Google AdWords é saber como estruturá-los.

Conta, Campanha e Grupos de Anúncio são os três níveis de estrutura.

o que é google adwords- estrutura

Use esta tabela como base para localizar cada tarefa em todas as etapas do processo de como anunciar no Google AdWords.

No nível da conta

Antes de tudo, para trabalhar com o Google AdWords é necessário ter um conta no Gmail, e-mail do Google.

Aqui, no nível da conta, você irá definir quem terá permissão para acessar seus anúncios Google AdWords.

Também é a hora de configurar idioma, fuso horário e alertas.

Quando aprendemos como anunciar no Google AdWords e investimos em alguma campanha, naturalmente iremos nos interessar nos números obtidos por meio deste anúncio.

Para isso, podemos vincular a conta do AdWords com o Google Analytics, assim teremos acesso ao ciclo completo do cliente, de como ele interage com sua iniciativa, até o momento da aquisição.

Para vincular o Analytics, siga os seguintes passos:

Clique no ícone de engrenagem, no canto superior direito da sua tela. Algumas opções irão surgir, acessa “Contas vinculadas”, destacada em vermelho.

Agora, basta observar o canto superior esquerdo da tela e escolher a opção Google Analytics. O próprio AdWords irá guiar sua configuração.

o que é google adwords-nível

Outro ponto importante é a codificação automática. Para acioná-la, vá até a última opção da imagem acima, “Preferências”.

A decodificação automática, por padrão, fica desativada. Esse processo tem como objetivo acompanhar o as conversões off-line e gerar gerar relatórios sobre o desempenho do anúncio Google AdWords.

Nível da campanha

Aqui o orçamento e as configurações vão definir onde seus anúncios serão exibidos.

Clique na aba “Campanhas” e, em seguida, “+ Campanha”.

Agora você pode escolher o tipo de campanha que mais se encaixa com seu negócio. No início do conteúdo explicamos cada uma delas.

Na sequência, basta indicar a segmentação do local e idioma, estratégia de lances (também explicamos mais acima), as configurações de dispositivos e as extensões do anúncio.

Níveis de grupos de anúncios

Aqui você irá criar os anúncios e definir as palavras-chaves mais adequadas ao seu negócio.

Agora você pode basear os grupos nas categorias ou páginas do site que exibirão seu anúncio.

Para criar seu grupo de anúncio no Google AdWords, clique na aba “Grupos de anúncios” e na sequência em “+Grupo de Anúncio”.

Depois de acessar esse campo, você será direcionado para uma página onde definirá as palavras-chave e os lances por elas.

Anúncios

Agora, depois de entender o que é Google AdWords e conhecer muitas outras coisas presentes na ferramenta, chegou a hora de criar o seu anúncio, não acha?

Para iniciar o processo e saber de vez como fazer propaganda no Google AdWords, clique na aba “anúncio” e em “+ Anúncio”.

Veja algumas dicas de boas práticas para a criação de campanhas no Google AdWords.

  • Destaque pontos que diferencie seu anúncio dos demais no mercado;
  • Elabore um call to action persuasivo;
  • Não deixe de incluir palavras-chave no seu anúncio Google AdWords;
  • Crie um anúncio coerente com a landing page;
  • Sempre trabalhe com o maior número de extensões possíveis;
  • Testes são extremamente necessários para ter sucesso.
Extensões do anúncio

Estas extensões são informações adicionais exibidas juntas ao anúncio, como telefones, endereços ou até mesmo links.

Repare o número de telefone destacado no exemplo logo abaixo.

Se o usuário estiver visualizando o anúncio do celular, ele pode ligar para sua empresa diretamente do anúncio via Google Adwords.

Isso com certeza irá aumentar as vendas do serviço.

o que é google adwords-extensão

Essas informações adicionais podem ser a diferença para o usuário que deseja encontrar algo rápido, sem ficar vasculhando as páginas do Google até encontrar o produto ou serviço ideal.

Utilizar extensão é uma forma de otimizar seus anúncios Google AdWords a fim de conquistar novas visitas ao seu site e, consequentemente, aumentar as conversões.

Além disso, quando seu anúncio estiver com o mesmo lance e qualidade que o seu concorrente, utilizar extensões é um critério de desempate, ou seja, seu anúncio ficará em uma posição superior à do seu concorrente.

As extensões são divididas em dois grupos, as automáticas e as manuais. Analise-as e veja qual se encaixa melhor com seu modelo de negócio:

Extensões automáticas

Como você deve imaginar, são extensões que não precisam ser configuradas ao anunciar no Google AdWords. Elas já estão habilitadas desde o início da criação de sua campanha.

Após a criação da campanha no Google AdWords, a própria ferramenta define quando as extensões irão aumentar o seu desempenho.

  • Extensões de visitas anteriores

Quando um usuário navega na internet e suas atividades são salvas no “Atividade da web e do app”, ele cria um rastro que pode determinar uma melhor entrega de anúncios AdWords.

As informações ligadas à extensão mostram os usuário que já visitaram seu site a partir de resultados da pesquisa no Google ou dos anúncios da Rede de Pesquisa

  • Extensões de sitelinks dinâmicos

Sabe aquelas seções mais acessadas dos sites? Então, esta extensão do Google AdWords permite que você crie links diretos para estas seções.

Com base em pesquisas recentes, os usuários são direcionados diretamente para página relevante do seu site

  • Extensões sociais

O Google+ é mais uma ferramenta do Google que pode ser utilizada na otimização do seu anúncio.

Com a extensão social é possível verificar com seus anúncios quantos seguidores sua empresa possui no Google+. Para isso é preciso:

1. Ter uma conta na rede social com uma URL verificada.

2. O endereço da página Google + deve corresponder ao domínio da página de destino do anúncio. Se preferir, pode vincular páginas diferentes, mas com o mesmo site.

3. Sua página deve ter pelo menos 100 seguidores e estar em dias com postagens de alta qualidade.

Extensões manuais

Estas são extensões de local na sua conta do AdWords que você deve habilitar manualmente.

Ativá-las não é nenhum bicho de sete cabeças. Como já falamos em outro tópico, clique em “+Campanha”, escolha o tipo de campanha, a segmentação e defina os lances.

Depois, em “extensões de anúncio”, marque as alternativas que deseja trabalhar. Dependendo da extensão, você precisará preencher algumas outras informações.

Extensão de aplicativo

Essa extensão liga seu aplicativo a celulares e a outros dispositivos móveis a partir dos anúncios de texto.

Mas antes de criar sua campanha, defina muito bem o seu objetivo. Você quer mais downloads ou quer que as pessoas usem mais?

Podem parecer questões básicas, mas são essenciais para ter sucesso em sua ação.

Como você já sabe muito bem o que é Google AdWords, já deve ter isso em mente, né?

Mas nunca é exagero reforçar. Então fica apenas como alerta.

Veja algumas das vantagens de investir nesse tipo de extensão em anúncio Google AdWords:

Personalização para dispositivos: crie extensões apenas para um celular específico ou desative nos dispositivos que você preferir.

Detecção inteligente: crie uma extensão para cada loja de aplicativos, como a Google Play ou Apple Store. Assim o link é relacionado ao tipo de dispositivo do cliente, otimizando o seu clique.

Relatórios detalhados: estes relatórios podem apontar o que está sendo efetivo ou que precisa de ajustes para ser mais assertivo e atrair o usuário. Com ele pode-se mensurar estatísticas por campanha, grupo de anúncios ou anúncio.

Extensão de chamada

Sabe aquele exemplos que colocamos logo no início do tópico de extensão, que destacamos o número de telefone? Ele representa esta extensão.

Ela tem como objetivo fazer os usuários ligarem por meio do anúncio Google AdWords encontrado no buscador.

Se o dispositivo utilizado para pesquisa não for capaz de realizar chamadas, esta extensão não aparecerá para o usuário.

Extensões de local

Esta alternativa exibe o endereço, número de telefone e um marcador do mapa com o texto do anúncio.

Se a pesquisa for feita de dispositivo móvel, é inserido um link com rotas até a empresa.

Ao clicar nessa parte destacada, o usuário é guiado até o Google Maps e tem acesso a mais informações do endereço, além de sugestões de rotas.

  • Extensões de comentários

Prova testemunhal é uma coisa que agrega valor à imagem de qualquer empresa. No campo digital não é diferente.

Com esta extensão você pode ter comentários de pessoas confiáveis expostos em sua propaganda no Google AdWords.

Vamos supor que você tenha um negócio de celulose. Sua empresa acaba de fazer uma grande ação em benefício do meio ambiente e isso foi noticiado no jornal Valor Econômico, na seção Papel e Celulose.

Um grande feito, não acha?

Você pode copiar um trecho da citação da sua empresa e incluir em uma linha adicional, abaixo dos anúncios da Rede de Pesquisa.

Esta prática, embora não seja tão comum, passa uma boa impressão aos clientes e isso pode ser mais um bom motivo para acessar seu anúncio Google AdWords.

Não esqueça: os comentários ficam disponíveis apenas na Rede de Pesquisa do Google.

Mas a extensão de comentários está sujeita à aprovação. Veja alguns cuidados que você deve tomar para não ter um trabalho todo reprovado:

  • Não utilize comentários pessoais relacionados à uma publicação ou organização;
  • Não repita o nome de sua empresa no comentário;
  • Comentários feitos há mais de 12 meses;
  • O uso de comentários que não sejam da origem indicada;
  • A Alteração do texto original do comentário.

Vale lembrar que você deve pedir permissão aos terceiros para incluir este comentário em sua campanha no Google AdWords.

Extensões de frase de destaque

  • Esta opção de extensão permite incluir um texto adicional em anúncios na Rede de Pesquisa.

“Frete grátis”, “Parcele em até 5x sem juros”, “Atendimento 24h”, são alguns exemplos muito usados.

Crie pelo menos duas frases de destaque para cada anúncio Google AdWords, assim sua campanha terá mais chance de qualificação.

Mas não exagere, o Google recomenda a criação de no máximo quatro por nível.

Agora veja algumas dicas para criar frases com maior chance de exibição no Google:

Textos curtos: seja direto, use no máximo 25 caracteres.

Frases relevantes: crie alguma frase de impacto para seu produto ou serviço, mas não use pontos de exclamação, pontuação no início do texto, pontuação repetida ou emoticons.

Mais frases, resultados melhores: elaborar frases com textos promocionais específicos aumenta a chance de exibição. Mas tenha atenção para não repetir o texto da frase em destaque em outros.

Se chegou até aqui é porque está muito a fim de entender o que é Google AdWords. E já aprendeu bastante coisa, não acha?

Já sabe para que serve o Google AdWords e descobriu como anunciar no Google AdWords. Isso já é um passo enorme para desenvolver ações para impulsionar o crescimento do seu negócio.

Rastreie suas conversões e melhore os resultados

Saber de onde vem os usuários que trafegam em seu site é extremamente importante para suas campanhas no Google AdWords.

Para isso, você terá de inserir códigos nas páginas visitadas pelos usuários em seu website.

Isso, há alguns anos era um processo árduo e muito propenso a erros, afinal, inserir códigos em todas as páginas de um site é um pouco difícil.

Mas no ano de 2012 o Google lançou uma grande novidade para facilitar este procedimento – o Google Tag Manager.

O Tag Manager tem a proposta inserir um único script em seu site em apenas um lugar.

Antes do Google Tag Manager, era preciso inserir um código em cada página. Um para visitas, outro para tag de remarketing, ferramenta de anúncio, etc. Como são muitas páginas, sempre faltava colocar em uma e isso ocasionava em alguns erros no site.

Com o Tag Manager, não existe mais este problema. Com ele incluímos apenas uma tag que engloba todas as demais e, assim, conseguimos monitorar todos os passos do usuário, desde o primeiro acesso, até a aquisição.

Para se cadastrar no Google Tag Manager muito simples. Basta inserir os dados da sua empresa; é totalmente gratuito.

A principal vantagem de utilizar o Tag Manager é poder manipular os códigos de monitoramento de maneira prática e rápida. Isso fará você não depender de um profissional da área para fazer qualquer tipo de alteração a fim de monitorar uma campanha no Google AdWords.

O Tag Manager é uma ferramenta muito potente, dividida em três pilares. Conheça-os:

Tags

São os scripts que você inclui, como: tags de remarketing, tags de conversão do Google AdWords, do Facebook, entre outras tags de HTML que podem ser adicionadas com facilidade.

Triggers

Este serve para determinar quando uma tag será acionada. Por meio de um clique, pode-se definir uma adição, seja do carregamento de uma página, da submissão de um novo formulário, entre outras maneiras.

Saber utilizar este pilar é ter o poder em suas mãos.

Variáveis

Elas podem ser manipuladas dentro de suas tages ou triggers. A tag do Google Analytics, por exemplo, pode ser cadastrada como variável, permitindo que você tenha mais velocidade e praticidade em seus monitoramentos.

Google AdWords: uma fonte inesgotável de sucesso

Viu só? Entender o que é Google AdWords é como mergulhar em oceano repleto de possibilidades para alavancar o seu negócio.

Com o AdWords você pode elaborar estratégias segmentadas a fim de conversar apenas com consumidores já interessados no serviço ou produto oferecido por sua empresa.

Além disso, trata-se de uma ferramenta mais acessível quando comparada às mídias tradicionais, como TV e rádio, por exemplo.

Isso sem falar no custo-benefício…

E você não pode vir com desculpas de que não tem como investir em anúncios Google AdWords.

Como falamos, o AdWords possui três formas de pagamento, o CPC, CPM e CPA. Uma delas com certeza será boa para seu tipo de negócio, seja ele grande, médio ou de pequeno porte.

Então não perca tempo! Você precisa aprender o que é Google AdWords. Agora já sabe e não tem como deixar de lado essa oportunidade de fazer seu negócio crescer cada vez mais.

2018-12-10T12:21:42+00:00

Deixar Um Comentário