Como criar um blog: aprenda tudo sobre e tenha em mãos a chave do sucesso em ambiente digital!

//Como criar um blog: aprenda tudo sobre e tenha em mãos a chave do sucesso em ambiente digital!

Por: . Publicado: 31 de janeiro de 2018 | Atualizado: 21 de agosto de 2018.

Você sabe como criar um blog para seu negócio? Os blogs tem ganhado as empresas e conquistado cada vez mais espaço no mundo corporativo com resultados incríveis. Para aprender a fazer um blog matador, acompanhe o conteúdo e descubra o poder dessa técnica.

Você ainda não percebeu a importância de estar presente no ambiente digital para conseguir melhores resultados em seu negócio?

O último relatório Digital in 2018, divulgado pelos serviços online Hootsuite e We Are Social, aponta que mais da metade da população tem acesso à internet.

Em 2018, para ser mais exato, começamos o ano com 4,021 bilhões de pessoas conectadas. Isso representa 53% de toda população do planeta e um aumento de 7% em relação ao ano anterior.

Com esses números fica mais claro a importância de saber como criar um blog personalizado para o seu negócio, não acha?

Embora hoje eles tenham essa importância, nem sempre foi assim. Pelo menos não com o objetivo de divulgar um empreendimento.

Nos anos 90, os blogs surgiram com um objetivo totalmente diferente se comparado aos atuais, como o próprio Ideal Marketing.

Nessa época eles eram utilizados como diários virtuais. Isso mesmo, igual aqueles que muitas pessoas escreviam todo santo dia, mas agora em ambiente digital, para todo mundo ver quando quiser.

Mas agora as empresas migraram para a internet e, com os blog, viram uma oportunidade de “conversar” com o cliente.

Afinal, eles podem ser usados como uma forma de se aproximar do público-alvo e criar bons relacionamentos por meio de conteúdos relevantes.

Com isso, os blog passaram a ser uma estratégia de comunicação das empresas. Tudo com objetivos bem claros: atrair, converter, fidelizar e encantar os consumidores.

Porque encantar os consumidores e aumentar as vendas é o sonho de todo empreendedor, não é mesmo? Quer saber como? Baixe agora nosso material gratuito sobre o assunto e faça a diferença!

Quer aprender como criar um blog da melhor forma? Conheça os tópicos abordados na sequência do material e fique craque no tema:

Blog e site: qual a diferença?

blog x site

Antes de aprender como criar um blog, vamos tirar uma dúvida que ronda a cabeça de muitas pessoas: o site e blog de uma empresa são as mesmas coisas?

Não são as mesmas coisa, embora muito achem isso. Sim, muitos! Você está longe de ser o único.

O Site da empresa é uma espécie de catálogo digital, como se fosse uma vitrine online na qual você posta fotos e vídeos de produtos, descrições técnicas, informações relacionadas a sua empresa etc.

E a função dele é exatamente essa: mostrar seus produtos para as pessoas conhecerem o que você faz e vende.

No entanto, com ele você também receberá conteúdos do seu cliente, pois ele mandará dúvidas e sugestões por meio de abas como “contato”, “sugestões” ou qualquer outra alternativa que ele tenha para entrar em contato com você.

Já no blog acontece o oposto. É sua empresa quem manda conteúdo para ele.

Para isso, você deve desenvolver conteúdos relevantes e capazes de resolver o problema enfrentado pelo leitor, algo que possa se instruído por meio de um artigo, com um e-book, podcast ou até mesmo com um vídeo.

Assim, o blog se torna uma forma de se relacionar com seu potencial cliente e criar uma condição de confiança entre ele e empresa.

Por isso, muitas empresas estão usando essa ferramenta como uma forma de atração, de criar relacionamento e no futuro conseguir uma venda.

Com esse intuito, o blog tem como característica a linguagem mais informal capaz de conversar com seu leitor de forma mais eficiente.

Para ficar mais claro, vamos fazer um resumo rápido dessa diferença aqui?

Site: você mostra seus produtos como se fosse um catálogo online.
Blog: você cria uma relação com cliente a fim de conquistar sua confiança e vender para ele futuramente.

Bom, essa dúvida já foi resolvida e você já está mais pronto para aprender como criar um blog.

Então, vamos dar continuidade na nossa conversa.

Por que criar um blog para seu negócio

porque criar um blog

Depois de explicar as diferença entre um blog e um site, vamos apontar os motivos para você investir em um blog para o seu negócio.

Sabe aqueles consumidores que ainda não conhecem sua marca ou nenhum serviço oferecido por sua empresa?

Eles são os que estão esperando conteúdos de qualidade para saber como solucionar problemas e futuramente comprar algum produto ou serviço oferecido pelo seu negócio como solução.

Afinal, como falamos um pouco no tópico anterior, os blogs permitem uma relação mais íntima com seu público.

E qual o benefício em ter uma relação com seu público?

O principal é a confiança que esse contato irá gerar. Para isso, você pode até se colocar no lugar dele enquanto consumidor.

Isso porque você não iria adquirir um produto de uma empresa que simplesmente joga o anúncio e as informações na sua cara.

Muito melhor é a alternativa da empresa que se preocupa em passar informações relevantes sobre o seu problema e até mesmo sobre o produto vendido!

Qualquer um concordaria com isso, não é?

Pois então, é muito mais lógico ao consumidor investir em um produto ou serviço de uma empresa preocupada em deixar o consumidor confiante quanto a nova aquisição.

Além disso, as estratégias de marketing possibilitadas pela criação de um blog chegam a ser até 62% mais baratas se comparadas aos meio mais convencionais de divulgação.

Isso sem perder a eficiência! Não acredita?

Os blogs contribuem para que uma empresa fique mais bem posicionada nos resultados do Google, pois esses buscadores de internet estão em busca de solucionar as dúvidas de seus usuários.

Isso ocorre porque os blogs podem ser otimizados por meio das técnicas de Search Engine Optimization, uma artimanha capaz de agradar o robô responsável pelas pesquisas dos buscadores.

Dessa forma, sua empresa se torna mais facilmente encontrada por consumidores, consequentemente, gerando mais resultados.

No entanto, é preciso entender melhor o que é SEO e como essa técnica de otimização de sites pode contribuir com o crescimento de um empresa.

Ainda sim, é fácil perceber a relação entre a maior visibilidade nos resultados desses buscadores e o aumento consequente das vendas. Em resumo, quanto mais consumidores encontrarem seu blog, maior a chance de realizar a conversão.

Portanto, crie seu blog e fortaleça as relações com seus potenciais consumidores a fim de conquistar vendas futuras.

Com o exemplo abaixo, fica mais claro o porquê você deve aprender como criar um blog para sua empresa.

Você conhece o blog da Lu, do Magazine Luiza? Quando tiver um tempinho, entre nele e veja como foi uma boa ideia da empresa saber como criar um blog.

Isso porque esse blog não foca apenas na venda. Ele vai muito além das informações técnicas dos produtos, embora também fale sobre, mas com uma linguagem muito mais próxima do leitor.

Se o consumidor quer comprar um celular, por exemplo, e não sabe muito bem o significado das informações técnicas, com essa linguagem mais leve, a Lu consegue deixá-lo mais nutrido de informações úteis para a escolha.

E isso é uma forma de convencimento para investir nos produtos desejados. Afinal, eliminando as dúvidas, os obstáculos entre o consumidor e a compra são superados.

Veja um dos textos publicados nesse blog da Magazine Luiza:

Conseguiu notar a leveza do texto desse blog?

É como se fosse uma simples conversa.

Se algum consumidor está interessado em comprar um celular, mas precisa de algumas informações para definir qual é o melhor para seu bolso, o blog da Lu oferece toda ajuda necessária.

Isso envolve as características técnicas do produto. Afinal, se o cliente entender no que elas podem ser úteis para o seu dia a dia, a chance de venda aumenta bastante.

Quando se aprender como criar um blog de sucesso, investir nesse tipo de conteúdo é fundamental para o público compreender melhor o produto ou serviço oferecido pelo seu negócio.

Com eles, você poderá construir autoridade no mercado, pois serão conteúdos ricos em informações relevantes aos usuários do blog.

Além disso, sendo uma maneira de atrair seu público com boas informações, o blog é também é uma forma de ganhar notoriedade no mercado de atuação.

Isso acontece pois sua empresa se torna referência no segmento ao produzir conteúdo de qualidade para os consumidores sobre a área na qual atua.

Depois dessas dicas, com certeza, você deve estar interessado em criar um blog para sua empresa, não é?!

Por isso, preparamos um tutorial COMPLETO dedicado a saber como criar um blog. Confira!

Como criar um blog: passo a passo do sucesso!

Beleza, agora você já sabe porque é importante ter um blog para sua empresa e quais são os benefícios de apostar em um.

Mas ainda não falamos como criar um blog de sucesso para seu empreendimento.

Então, vamos apontar todos os passos para você iniciar.

Escolha o domínio do seu blog

Não sabe o que é domínio?

Já vamos avisando logo de cara: não é a mesma coisa que endereço.

O Domínio é uma sequência de caracteres que indica um site específico. No nosso caso, o domínio é idealmarketing.com.br.

Já o endereço se trata de toda a sequência do link. Ele sempre aponta para um lugar específico do site ou blog, como o link logo abaixo:

idealmarketing.com.br/blog/google-shopping/#beneficios-google-shopping

Veja algumas dicas para escolher um domínio legal para o blog da sua empresa:

  • Evite palavras confusas, difíceis de pronunciar;
  • Escolha por uma combinação de palavras fáceis de lembrar e que tenha sentido;
  • Seja objetivo, quanto mais curto, mais fácil de lembrar;
  • O seu domínio e o nome do blog não precisam ser idênticos, mas devem ter algum tipo de relação.

Essas dicas vão ajudar você a escolher um domínio que já identifique seu blog e deixe claro ao leitor o tipo de conteúdo publicado nele.

Por exemplo:

Se seu blog tem o título de “O melhor blog de futebol de várzea de São Paulo”, o domínio “futeboldevarzea.com.br” seria uma boa alternativa para conseguir transmitir a real ideia sobre seu conteúdo aos usuários.

Também é importante destacar: cada país tem seu próprio domínio de topo, chamado de country code top-level domain, ou ccTLD. Ele é tudo aquilo o que vem depois do ponto “com”, “org” ou até mesmo “net”.

No Brasil, nosso ccLTD é o “.br”, já na Argentina, por exemplo, o domínio de topo é o “.ar”.

Na hora de escolher seu domínio é preciso levar consideração o fato de o “.com.br” ou “.net.br” são muito mais forte se comparado ao “.com” ou “.net” sozinhos.

Isso porque a leitura daqueles robozinhos dos buscadores que citamos lá em cima é feita de trás para frente. Então, eles entendem que um domínio “.br” é um resultado melhor para uma pesquisa feita por um brasileiro.

Dessa maneira, percebemos a importância da escolha de um domínio, impactando até no resultado do seu blog.

No entanto, não é só escolher um domínio e sair usando seu blog. Afinal, querer nem sempre é poder.
Por isso, agora vamos explicar tudo sobre compra de domínio.

Compra de domínio

Muitas vezes, quando aprendemos como criar um blog, escolhemos por nomes já utilizados por outra empresa.

E isso pode ser desanimador.

comprar domínio

Então já faça uma lista com várias alternativas, assim você pode não passar por essa experiência desagradável.

Mas também há uma forma de verificar quais domínios estão disponíveis antes mesmo de saber mais sobre como criar um blog: consulte o “registrar”.

Sim , esse é o nome mesmo. Mas também é conhecido como “registrador de domínios”.

É uma empresa credenciada pela ICANN (Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números) para atribuir a posse de um domínio, por um período específico.

Para comprar um domínio no Brasil, sugerimos o site registro.br. Mas existem outros sites semelhantes.

Antes de escolher qualquer um, verifique qual a reputação dele no mercado e, depois, compre o domínio do seu blog.

Todo serviço de vendas de domínio pode ter algumas peculiaridades no momento de finalizar compra, mas o roteiro não deve mudar muito de um para outro.

Veja quais serão os passos para aquisição:

1. Busque o domínio desejada e veja se está disponível para compra;
2. Com seu e-mail, crie uma conta no Registrar;
3. Forneça os dados do administrador, como CPF e e-mail válido. Isso serve para recuperar o domínio caso tenha algum problema no futuro.
4. Se você já tiver uma hospedagem, informe o DNS. Se não tiver, não tem problema, pode ser informado depois.
5. Defina seu plano, a forma de pagamento e finalize a compra.

Hospedagem

hospedagens para criar um blog

Não sabe o que é hospedagem de site?

Quando se cria um site ou um blog, no nosso caso, você precisa de um site de hospedagem.

Ele funciona como uma casa para o seu domínio e “abriga” arquivos como HTML, CSS, JS e PHP, típicos de criação de site.

Existem dois tipos de hospedagem: compartilhada e dedicada.

A hospedagem de site compartilhada é aquela que um único servidor abrange mais de um site ao mesmo tempo, mas por um preço mais acessível.

Por isso é a mais recomendada para blogs e sites iniciantes.

Já a hospedagem de site dedicada tem um servidor totalmente focado em sua página, possibilitando um desempenho melhor.

E esse é o motivo de ter um custo maior. Portanto, se você já tem uma empresa mais consolidada no mercado, essa é a escolha ideal.

Com ela você terá mais segurança e muito mais facilidade para fazer manutenção em seu blog ou até mesmo no site do seu negócio.

Ainda melhor: não existirão informações de outras páginas no mesmo servidor dedicado a sua página.

Depois de escolher o hospedeiro, você precisa definir qual o seu CMS.

CMS é uma sigla em inglês e significa Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. (SMC em português).

Se você quer aprender como criar um blog da melhor forma, confira 3 alternativas de CMS para aderir:

WIX

É uma empresa israelense e vem ganhando bastante espaço.

Trata-se de uma plataforma de blogs e criação de sites com um serviço próprio de hospedagem.

O Wix disponibiliza mais de 500 alternativas de design e com preços entre R$ 9,50/mês e R$ 57,29/mês.

Além do preço convidativo, o sucesso se dá pelo fato do site oferecer templates, estilos de apresentação visual, prontos e personalizados aos usuários.

Se você quer um site ou blog otimizado e tem pouca experiência com design, esta é a melhor alternativa para o seu negócio

Squarespace

Squarespace é um sistema que investiu em canais educativos no YouTube e hoje está em crescimento no mercado.

Com Squarespace, elementos visuais são um tema importante para ser abordado. É um sistema que permite criar sites, blogs e lojas online também.

Se você prioriza um blog bonito e com várias opções para deixá-lo com sua cara, esse sistema de gerenciamento de conteúdo é a ideal para o seu empreendimento.

Se você quiser apostar nessa opção, há dois tipos de planos:

Personal: US$ 16,00/mês
Business: US$ 25,00/mês

Squarespace é semelhante ao WIX e também é indicado aos empresários sem muita experiência na área e que desejam um blog mais otimizado

WordPress

Se você está tentando aprender como fazer um blog, talvez já tenha se deparado com essa ferramenta em algum outro lugar.

Esse é o CMS mais usado do mundo. O melhor sobre ele é: tem um plano gratuito e pode ser o bastante para o seu negócio.

Muitos especialistas em marketing digital indicam o WordPress, pois é uma ferramenta capaz de oferecer uma solução para cada perfil de usuário.

Sua versão de hospedagem, por exemplo, é mais apropriada para blogueiros com objetivo de monetizar seu trabalho, amadores e também a empresas que querem, por meio de um blog, estar presentes em ambiente online.

Ah, tem outra coisa muito boa: o software está disponível em português e pode ser baixado diretamente no site.

Se você quer criar um blog grátis personalizado, o WordPress será uma ótima escolha e certamente dará resultados para seu negócio.

Para isso, conheça os quatro pacotes e veja qual se encaixa mais no perfil da sua empresa:

Gratuito: indicado ao blog com necessidades básicas. Fica pronto em poucos minutos.

Pessoal: como o nome diz, é para uso pessoal, com domínio personalizado. Custa US$ 4,00 por mês.

Premium: se você já está em nível profissional e trabalha com freelancers, esse é o melhor plano para você. Para tê-lo você precisará desembolsar US$ 8,25 por mês.

Negócios: ideal para pequenas empresas com foco em soluções mais avançadas para seu empreendimento e custa US$ 24,92 por mês.

Joomla

Como o WordPress.org, JoomIa é um software de gestão de conteúdo.

É uma opção interessante e flexível, que pode ser usada para construir qualquer tipo de site ou blog.

Se você não tem muita criatividade para criar a identidade do seu blog, não se preocupe, ele oferece modelos de personalização de design, adiciona várias extensões e plugins.

Embora seja uma ferramenta poderosa, é complexa e exige um pouco de experiência do profissional para manuseá-la.

Pois, se compará-la com as outras sugeridas, o tempo para conseguir lidar com o Joomla pode ser um pouco maior.

Para contar com o apoio do Joomla você pode pagar entre US$ 20,00 e US$ 100,00 por mês, mas depende das opções de upgrades.

Em resumo, o Joomla é uma alternativa para desenvolvedores já com alguma habilidade no ramo e para negócios já estabelecidos no mercado.

Bom, agora você vai aprender como criar um blog com mais facilidade, pois já conhece algumas opções de CMS. E isso já um grande avanço.

Vamos avançar mais um pouco e descobrir como criar seu blog no mais comum desses serviços.

Instalação do seu blog

instalar o blog

Como falamos que o WordPress é opção mais comum, vamos explicar como fazer um blog por meio dele.

Mas é bem simples, ok?

Em 5 minutinhos você consegue fazer isso. Mas não deixe de seguir as instruções à risca.

Vamos começar com instruções para quem optou por um servidor compartilhado. Portanto, se você escolheu o serviço dedicado, pode ir tomar um café e volte daqui a pouco para continuar nossa conversa.

um cafezinho

One click install

Lembra quando falamos que era muito simples?

Vá até o painel do hospedeiro, clique em “wordpress” e digite seu domínio.

Dependendo do servidor utilizado, a interface será um pouco diferente. Veja esse exemplo da Bluehost:

Instale em 5 minutos

Espere, você não achou esse tal de “one click install” no servidor? Não vamos deixar você na mão, tenha calma.

Na hora de criar um blog, o WordPress facilita a instalação dessa opção.

Veja o passo a passo:

1. Clique aqui e baixe versão do WordPress. Pegue o arquivo zip e descompacte-o em qualquer pasta do seu computador.

2. Crie um banco de dados. Caso seu servidor use cPanel, você pode usar MySQL Database Wizard. Para isso, clique em “create a database”, depois em “create database users” e por fim em “add user to database”.

Para facilitar muito sua vida, contrate um hospedeiro com one-click install, assim não terá tanto trabalho.

3. Faça upload de arquivos. Sabe o “zip” citado no primeiro passo? Suba os arquivos para o diretório em que seu blog irá funcionar

4. Instale o WordPress! Pronto, depois de acertar os arquivos no banco de dados, vá até o endereço do install.php.

5. Quando a configuração terminar de rodar, você verá uma tela de boas vindas e terá que preencher os dados básicos, como e-mail, senha e usuário.

Conheça o Dashboard

Depois de aprender como criar um blog e concluir todos os processos indicados, você irá se deparar com essa tela logo abaixo.

Trata-se do painel do WordPress ou, se você está usando a versão em inglês, dashboard.

painel para criar blog

Agora, conheça os pontos principais do painel:

Bem-vindo (Welcome): aponta para ações mais comuns, como a personalização de tema, ação de páginas e ler tutoriais e guias.

Se você aprendeu como criar um blog apenas com esse conteúdo, sugerimos que você mexa nessas funções para se familiarizar o mais rápido possível com a plataforma.

Agora (At a glance): é como se fosse o sumário das suas publicações. Você clica e tem acesso a todas elas, em forma de lista. Veja como aparecerá a opção no seu painel:

posts-wordpress

Ao clicar na quantidade de posts, aparecem todos os materiais produzidos por sua equipe de redatores.

Atividade (Activity): essa opção mostra as publicações recentes, inclusives as agendadas. Aqui você também consegue moderar as interação do público direto do dashboard.

Para chegar até essa opção, clique em painel > opções de tela > atividade. Você irá se deparar com essas informações:

como criar um blog atividades

Repare, por enquanto não temos nenhum conteúdo programado, mas se tivéssemos, ele estaria nessa lista.

Rascunho rápido (Quick Draft): todo mundo já teve uma ideia muito boa, mas por não anotar em lugar nenhum, acabou esquecendo e passou apuros por isso.

Isso pode ser muito frequente quando você acaba de criar um blog no WordPress ou em qualquer outra ferramenta de hospedagem.

Por isso há uma opção para esses momentos em que a ideia simplesmente surge na sua cabeça.

Para chegar até ele, faça o seguinte caminho: painel > opções de tela > rascunho rápido.

Você verá as seguintes informações:

rascunho-wordpress

Logo abaixa aparecem os rascunhos mais recentes do seu blog.

Novidades do WordPress (WordPress News): essa opção se trata do feed de notícias do Blog Oficial do WordPress.

Para chegar até essa opção, o caminho é bem semelhante aos últimos painel > opções de tela > Novidades e eventos do WordPress.

Depois de seguir esse caminho você verá as informações a seguir:

novidades e eventos no wordpress

Esses eventos podem ser uma oportunidade de adquirir ainda mais conhecimentos sobre como criar um blog de sucesso. Vale a pena ficar de olho nas novidades que aparecem por aí.

Administração

Depois de aprender como se cria um blog e entrar no WordPress, repare nas opções em destaque logo no canto esquerdo da sua tela. Vamos falar sobre elas agora.

administração do painel

Painel: essa opção te direciona até a página inicial, a mesma acima. Além disso, tem o atalho “atualizações”, que serve para consultar se há novas versões do seu tema, instalação e plugins.

Posts: assim que você for compartilhar conteúdo com seu público, você precisará dessa opção.

Com ela você pode publicar novos conteúdos e consultar todos os já existentes, além de conseguir controlar as tags e categorias do seu blog.

Mídia: imagens, vídeos e áudios são as mídias dos seus conteúdos. Com esse menu você consegue fazer upload de arquivos que poderão ser utilizados em suas postagens.

Mas se preferir, é possível acessar essas opções diretamente da edição do post.

Comentários: como você já sabe, é possível disponibilizar uma área das publicações para interação dos leitores. Neste menu todos os comentários dos leitores irão aparecer.

Aprove as interações mais interessantes, tire todas as dúvidas que surgirem e tente interagir de maneira mais descontraída, assim o potencial cliente sentirá que está conversando com uma pessoa normal, não com uma máquina programada para responder.

Sempre tem aquele comentários desrespeitosos ou até mesmo SPAM. Delete tudo isso!

Aparência: esse menu serve apenas para alterar o visual do seu site ou até mesmo customizar de uma maneira mais adequada ao seu negócio. Isso não afetará em nada os seus conteúdos.

Plugins: quando você aprende como criar um blog, talvez sinta a necessidade de acrescentar algumas outras funcionalidades a ele.

Por aqui você consegue gerenciar seus plugins, ou seja, mini-programas que rodam por cima do WordPress, e também poderá buscar outros que poderão auxiliar em algumas tarefas.

Logo logo vamos mostrar quais plugins podem ser úteis ao seu blog.

Usuários: é possível ter múltiplos usuários, cada um com sua senha e login. Cada usuário pode ter uma restrição. Se algum deles não tiver autorização para publicar conteúdos, você pode deixar esta opção inativa, por exemplo.

Então todo mundo pode trabalhar ao mesmo tempo sem você se preocupar com o que pode ser feito de errado. Se não for competência de algum funcionário, tire a opção dele. Assim evita alguns erros.

Ferramentas: embora dê para otimizar suas imagens por aqui, se você não está migrando seu site de outra plataforma, não há muito o que ser feito por aqui.

Configurações: aqui você definirá como seu blog se comporta, tanto para você quanto para os usuários. É importante você entrar em todas as opções deste menu e configurar tudo certinho.

Se nessa lista de opções não tiver algum menu disponível na sua tela, não se desespere. É normal que temas e públicos diferentes criem áreas com suas próprias configurações.

Plugins para o seu blog

Lembra dos tais plugins?

Vamos indicar alguns agora, afinal, todo mundo quer adicionar funcionalidades em blogs, não é?

Mas vamos dar um toque para você: não saia instalando tudo que ver pela frente. Quanto mais funções e códigos tiver no seu blog, mais tempo levará para carregar sua publicação.

Isso prejudica a experiência do usuário e certamente irá prejudicar seu rankeamento no Google.

Se você procura uma lista com os melhores plugins, não vai encontrar. Pois isso depende muito do seu negócio.

Mas mesmo assim vou deixar algumas sugestões por aqui:

Insert Headers and Footers

Depois de aprender como criar um blog, será necessário metrificar os resultados de todos materiais da sua equipe.

Para isso, será preciso instalar Google Analytics nas páginas do seu blog. Aí que entra o trabalho desse plugin.

Com ele você irá adicionar um código dentro de wp_head e wp_footer, ou seja, no cabeçalho e rodapé da página.

Para facilitar esse processo, use o TagManager, ferramenta com proposta de ter apenas uma tag que você coloca no seu site. Ela funciona como um encapsulamento de todas as demais tags.

reCAPTCHA

administração do painel

Nem tudo são flores quando estamos em ambiente digital. Por isso também devemos nos proteger de qualquer força bruta e SPAM.

Esse plugin é uma tecnologia do Google e usa algoritmos sofisticados para saber se a interação vem de um ser humano ou de uma robô.

E o melhor de tudo: uso totalmente gratuito!

gratuito harry potter

Você já lembrou do que se trata essa opção? São aqueles sites que entramos e pedem para provarmos que não somos robôs tentando realizar algum tipo de ação maliciosa.

Algo mais ou menos assim:

recaptcha painel
disqus

O Disqus é um dos plugins mais importantes, ele possibilita inserir caixas de texto no seu blog, com a finalidade de postar comentários e permitir uma melhor interação.

A maioria dos blogs tem esse plugin, então você não pode ficar sem, certo?

O seu uso é extremamente importante, pois uma das finalidades de criar um blog é obter feedbacks dos clientes.

Sem instalar esse plugin não haverá interação com seu público, ou seja, não haverá um feedback momentâneo dos usuários.

Isso pode ser um tiro no pé, pois você não saberá qual a opinião deles quanto a qualidade do seu conteúdo.

Portanto, instale o Disqus e deixe seu blog mais completo.

SEO Friendly Images

seo friendly images

É importante que as imagens do texto do seu blog sigam algumas técnicas para posicionar nas primeiras páginas de busca do Google

O SEO Friendly Images é o plugin que permite adequar a imagem nas técnicas SEO.

Isso acontece por meio do mecanismo Alt Text. O Google ainda não consegue visualizar uma imagem e entender sobre o que se trata, então o Alt Text dá uma legenda permitindo assim a leitura de sua imagem.

Insira legendas relacionadas ao tema do seu artigo e, para conseguir resultados ainda melhores, use a palavra-chave principal do seu conteúdo.

Yoast by SEO

yoast by seo

É o melhor plugin para os blogs, sem dúvida alguma.

Ele ajuda a deixar seu texto perfeito para ser postado e ganhar muitas visualizações nas páginas principais do Google.

Mas isso não acontece simples assim, você precisa adaptar o seu conteúdo a algumas técnicas SEO para ter esse resultado (falaremos mais sobre SEO por aqui).

Afinal, o ranqueamento do Google é um resultado da qualidade e relevância do seu material.

Ele irá analisar as palavras-chave usadas, a qualidade do conteúdo e diversos outros fatores.

Aprenda a publicar conteúdos com o WordPress

Não há nada que atraia mais tráfego ao seu blog do que um conteúdo relevante para o seu público-alvo.

Mas se você quiser conhecer mesmo uma maneira de aumentar o tráfego do seu site, apresento à você este e-book completo com dicas e otimizações!

Confira o material gratuito e comece a superar a concorrência em apenas 4 semanas!

Voltando a falar sobre o WordPress, vamos aprender à colocar no ar os conteúdos criados.

Adicione um post

Como você já está familiarizado com o painel do WordPress, siga este caminho: posts > todos os posts > adicionar novo.

Você vai se deparar com uma imagem igual a essa, mas com outras informações ao lado direito.

adicionar novo post wordpress

O primeiro espaço em branco, como você pode ver, é dedicado ao título do seu conteúdo.

Esse título aparece dentro do seu conteúdo, não é aquele que encontramos no Google, esse é nomeado de “title”.

O título é um dos pontos mais importantes do seu texto. Se ele não for atraente, os usuários não continuarão a leitura do material e nós queremos que eles consumam o conteúdo por completo, não é?

Já o outro campo é para o seu conteúdo principal. As ferramentas de edição são as mesmas de qualquer outro editor de conteúdo escrito que você já tenha utilizado.

paragrafo wordpress

Em inglês esse marcador de texto é chamado de headers e, por isso, nos referimos a cada um deles como H1, H2, H3…

Importância dos títulos

Esses títulos são marcadores que dizem ao navegador qual a hierarquia do seu texto.

Aqui na Ideal Marketing nós utilizamos, na maior parte dos artigos, até o H4.

O H1 sempre será o título principal. Já o H2 se trata de um subtítulo e o H3 se refere a um subtópico dentro do H2.

Vamos a um exemplo.

H1: Como impulsionar o seu negócio com o Google AdWords
H2: CPC, CPM e CPA: como pagar meus anúncios no AdWords?
H3: CPC (Custo por clique): a melhor opção para seu negócio
H4: Conheça o CPC otimizado
H2: Tipos de anúncios no Google AdWords

Conseguiu entender?

O título principal, como apontamos quase agora, sempre será H1.

No exemplo dado o H2 se refere a formas de pagamentos e o H3 é uma destas formas, mas foi feito em um tópico separado, mesmo tendo relação com o anterior.

O mesmo ocorre com o H4, que também tem relação com o H3. Por isso foi destacado como H4.

Já na sequência, por ser um tema sem uma conexão tão próxima dos outros, foi classificado como H2.

Eu sei…

Quando se aprende como criar um blog, você já passa a pensar nos conteúdos que serão publicados nele. Mas antes precisamos ter muita atenção com esse títulos e subtítulos.

Afinal, eles impactam na legibilidade do seu artigo, pois não é recomendado ter nenhum headers com mais de 300 palavras.

Mais otimizações

Na parte direita do painel você encontrará mais algumas otimizações para o seu conteúdo.

Imagem destacada é uma dessas otimizações. Ela é usada como uma miniatura para ilustrar o post dentro do seu blog.

Veja como elas ficam expostas aqui no nosso blog:

blog ideal marketing

Além disso, você consegue classificar todos seus conteúdos em categorias pré-definidas por você mesmo e também pode adicionar tags.

As duas opções ajudam os usuários encontrarem você na web.

Elas também ficam localizadas no canto direito da sua tela.

categorias wordpress

Use apenas uma categoria por conteúdo. Já as tags são mais maleáveis, utilize até três termos mais relevantes dentro do seu assunto.

Repare na imagem logo acima, não usamos nenhuma tag. Embora elas deem força ao conteúdo e facilite sua localização na web, não recomendados o uso.

Por uma perspectiva de SEO, elas podem ser prejudiciais e atrapalham a arquitetura de informação do blog.

Outro ponto muito importante e que pode facilitar muito sua rotina.

Nem sempre terminamos de produzir os materiais em um horário ideal para publicar no blog. Isso é comum na rotina de qualquer empresa.

E por isso, quando se aprender como fazer um blog personalizado, é importante conhecer a opção de agendamento de postagens.

publicar wordpress

Para conseguir agendar, clique em “editar” na opção “publicar imediatamente” e programe para horário mais adequado para sua empresa.

Pronto! Agora você já sabe como criar um blog e também aprendeu a publicar seus materiais por meio do WordPress.

viva-harry-potter

Para seu blog ter ainda mais sucesso, que tal ver algumas práticas recomendadas para deixá-lo perfeito?

Boas práticas para turbinar seu blog

Beleza, agora você já aprendeu como construir um blog e mais algumas outras etapas importantes para o sucesso do seu trabalho em ambiente online.

Então veja algumas dicas para iniciar e ter mais chances de alcançar bons resultados em seu negócio:

Calendário editorial

calendario editorial

Calendário editorial nada mais é do que uma forma de garantir uma organização. É preciso pré-datar todas as publicações de materiais, seja um simples ou um algo mais detalhado, como um e-book, por exemplo.

Ele pode dar uma visão mais ampla do seu planejamento e também pode auxiliar no dia a dia, mantendo todo trabalho previsível, com tempo para publicar e promover o conteúdo.

Mas não precisa fazer esse planejamento anual, isso pode ser ruim dependendo do seu negócio.

Faça um calendário editorial trimestral ou até mesmo semestral. Avalie como foi trabalhar dessa forma e dê continuidade com o mais assertivo.

Ao criar um blog, já defina seu calendário para ter uma regularidade nas postagens e até mesmo ter materiais na reserva, para não ser pego de surpresa em qualquer imprevisto.

Promoção de posts

promoção de posts

Mesmo que você siga o calendário editorial e todas as outras dicas, se você não promover o conteúdo a probabilidade de ser encontrado na web é bem pequena.

No seu caso é ainda mais importante, pois acabou de aprender como criar um blog e, por enquanto, ninguém conhece seu trabalho.

Estude sua persona, ou seja, o cliente ideal do seu negócio, e veja em quais redes sociais ela está presente e aposte suas fichas aí.

Redes sociais são armas poderosas na divulgação de conteúdo. Não as deixe de lado.

Entenda o que é persona de forma mais detalhada e saiba quais são as redes sociais mais usadas do Brasil acessando estes links.

Isso será importante para impulsionar os resultados da sua estratégia.

Criação de listas

Quando você cria conteúdos em um blog, a geração de leads é crucial para o negócio dar resultados positivos.

Leads, se você não sabe, são usuários que de alguma forma demonstraram interesse em adquirir seu produto de alguma forma.

Essa demonstração de interesse pode ser feita por meio de preenchimento de formulários, ao informar e-mail ou até mesmo com uma assinatura de newsletter.

Quando você recebe o endereço de e-mail do usuário, ele está autorizando o contato por meio deste canal.

faça bom uso dessa informação e tente não ser a empresa chata, que incomoda o potencial cliente todo santo dias com e-mails desinteressantes.

Faça um estudo e mande conteúdos relevantes e úteis para cada um dos contatos adquiridos por meio de ofertas de conteúdos.

Talvez uma newsletter seja muito útil a você. Clique no link e saiba como desenvolver uma de qualidade.

Aposte em um bom trabalho de SEO

aposte em seo

Falamos sobre esse tal de SEO algumas vezes no texto. Mas você realmente sabe o que é SEO? Isso será importante na hora de saber como criar um blog de sucesso.

Não, não. Não são aqueles profissionais que comandam as empresas.

Muita gente confunde, mas não tem nada a ver com CEO.

SEO (Search Engine Optimization), também muito conhecido como otimização de sites, trata-se de um conjunto de técnicas a fim de melhorar o posicionamento de sites nos resultados orgânicos.

Resultados orgânicos são os links não destacados como patrocinados, ou seja, aqueles sites e blog que não investiram em anúncio Google AdWords.

Você sabia que 90% das pessoas clicam apenas nos resultados da primeira página do Google?

Então seu conteúdo deve estar ali, não acha? E o melhor: sem pagar nada por isso. Tudo com a utilização das técnicas de SEO.

Uma das técnicas mais comuns e que será muito útil depois de aprender como criar um blog, é a inserção de palavras-chave no seu conteúdo.

Palavra-chave é a forma que o usuário busca seu conteúdo nos buscadores da web. Por isso é muito importante fazer um estudo das palavras mais adequadas ao seu trabalho e usá-las algumas vezes no texto.

Parágrafos e tópicos curtos também são vantagens quando falamos de SEO, assim como incluir palavras-chave nas imagens dos conteúdos.

Vamos ver alguns outros pontos essenciais ao sucesso usando técnicas de SEO:

Título: deve ser atraente e persuasivo e ter a palavra-chave logo no início.

Subtítulos: lembra dos tais H2, H3, H4? É sempre bom inserir a palavra-chave em alguns deles. Isso dá força na tarefa de ser encontrado nos buscadores.

URL: deve ser curto e também conter a palavra-chave.

Meta Title: aqui na Ideal Marketing nós trabalhamos essa parte com até 55 caracteres. Esse número é o ideal, pois possibilita aparecer o título inteiro nos buscadores.

Meta Description: sabe aquele resuminho dos conteúdos que aparecem logo abaixo dos links nos buscadores? É importante inserir esse texto, é uma forma de instigar o clique do usuário.

Sugerimos que você trabalhe com 160 caracteres. Assim não corre o risco do Google cortar parte do texto.

Quer saber mais sobre técnicas de SEO? Entre no link e fique ainda mais por dentro do tema!

Engajamento com usuários

Uma forma de engajar seu público-alvo é estar presente nas redes sociais. Elas são aliadas de qualquer estratégia de marketing digital e com seu blog não será diferente.

As empresas brasileiras entenderam essa importância e hoje 92,1 % delas já estão presentes nas redes sociais, mas apenas 34,6% se consideram eficazes nesse ambiente.

Número ruim, não?

Com a intenção de conseguir bons resultados é essencial apostar em uma estratégia eficiente. Só assim você terá interação com seu público e conseguirá alavancar seus resultados.

Então vou listar algumas dicas para conseguir conseguir alcançar seu objetivo:

  • Conheça os detalhes da sua persona;
  • Compartilhe conteúdos relevantes e úteis;
  • Invista produções audiovisuais;
  • Crie boas chamadas e com apelo emocional;
  • Aposte em um calendário organizado (falamos sobre isso antes);
  • Seja atencioso e faça um bom atendimento;
  • Otimize seu blog em todos quesitos.

Ao criar seu blog, não esqueça dessas dicas capazes de engajar seu potencial cliente.

Linguagem dos conteúdos

Se você tiver um negócio que vende fixadores de dentadura, por exemplo, a linguagem dos conteúdos serão totalmente diferentes de um negócio de manutenção de celulares.

É o mesmo que mandar uma mensagem no WhatsApp para sua avó como se estivesse conversando com um amigo da mesma idade.

Ela não vai entender quase nada, provavelmente.

nazaré

Por isso é importante estudar sua persona e adequar a linguagem a ela. Afinal, todos querem que o potencial consumidor entenda os conteúdos, não é?

Portanto, tenha muita atenção com a linguagem adota com os textos do seu blog. Ela pode ser crucial no sucesso do seu negócio.

Imagens

Além de se preocupar com texto, você também deve ter uma atenção especial com imagens assim que cumprir as etapas de como criar um blog.

Afinal, como dizem por aí, uma imagem vale mais que mil palavras.

Escolha imagens ilustrativas, mas que tenham alguma relação com o tema. Mas tenha cuidado: não escolha com direitos restritos à outras empresas.

Para não correr esse risco você pode usar bancos de imagens gratuitos. veja algumas opções:

Depois de aprender como criar um blog é extremamente importante avaliar todas alternativas de desenvolvimento, comprar ou utilizar imagens de banco gratuitos.

Como fazer um blog e ganhar dinheiro

Você deve estar muito interessado em como criar um blog e ganhar dinheiro, então vamos direto ao ponto.

Há mais de uma forma de ganhar dinheiro com seu blog. Ele pode ser uma fonte complementar de renda ou até mesmo a principal.

Vamos listar algumas para você aprender como criar um blog monetizado e ter ainda mais ânimo na hora de desenvolver cada vez mais conteúdo:

Venda de publicidade: ao produzir conteúdos de qualidade e virar autoridades nos assuntos do seu blog, maior será o interesses de marcas relacionadas ao tema do seu blog de expor seus produtos ou serviços em seu blog.

Marketing de afiliados: você se torna divulgador de outro infoprodutor e recebe comissão pelas vendas.

Consultoria: aqui você também precisará ser referência no assunto, assim você será chamado para trabalhos de consultoria e palestras.

Viu só? Tem algumas alternativa. Adote uma delas e viva com a renda do seu blog.

Grandes exemplos de blog de sucesso

Para ter algumas inspirações quando iniciar a criação do seu blog, não podemos deixar de citar exemplos de sucessos.

Vou mostrar três deles:

Blog da Lu

Lembra quando demos o Blog da Lu como exemplo aqui mesmo? Vamos usar ele de novo.

Esse blog pertence à Magazine Luiza, um dos maiores varejistas do Brasil, e tem o objetivo de informar e engajar o consumidor com informações úteis e relevantes com o objetivo de conseguir uma futura venda.

Nem sempre eles fazem conteúdo focado em um produto específico. Às vezes ele falam de dúvidas frequentes no público, como esse explicando o que é HDR.

blog da lu

Mas também dedicam um conteúdo a novidades no mercado de tecnologia, por exemplo.

Sempre com uma linguagem de fácil entendimento e descontraída.

Startse

Startse é um blog referência no Brasil. Ele é em rico de informações relevantes e com foco no empreendedorismo.

O portal tem uma aba destinada a cursos presenciais e virtuais dedicados a profissionais e as empresas.

E não é só isso, esse blog tem a missão de conectar empreendedores, investidores, mentores e empresas. Tudo para gerar resultados positivos a todas empresas.

startse

Por causa da diferença de público, esse blog tem uma linguagem completamente diferente do primeiro.

ACE

Se você quer alavancar seu negócio rapidamente, o blog ACE é uma parada obrigatória.

A ACE está presente no ramo de startups desde 2012, mas nasceram como Aceleratech e aceleraram o crescimento de mais de 130 empresas e conquistaram vários prêmios, como a melhor aceleradora do Brasil e da América Latina.

ace

Eles contam com soluções dedicadas a cada uma das etapas de maturidade da startup. vale a pena dar uma conferida nos conteúdos da ACE.

Anjos do Brasil

Fundada em 2011, a Anjos do Brasil estimula o investimento-anjo, ou seja, aquele feito por pessoas físicas com seu próprio capital em novas startups com grande potencial de crescimento.

anjos do brasil

O conteúdo desse blog é focado em como investir e como obter investimento para sua startup, empreendedorismo e inovação.

Não perca tempo e crie um blog para sua empresa

E aí, gostou das nossas dicas para aprender como criar um blog de sucesso?

Sabemos, não foi fácil ler tantas coisas sobre isso, mas acredite: tudo que foi falado sobre como criar um blog será fundamental quando o assunto for conseguir resultados positivos com seu blog.

Agora, aquela dúvida sobre a diferença entre um blog e um site não será mais um empecilho para você conseguir criar um blog de qualidade.

Demos todas as dicas que possibilitam que isso realmente aconteça, desde a aquisição de um domínio, até as hospedagens indicadas ao seu blog e também indicamos alguns plugins capazes de acrescentar algumas funcionalidades ao seu blog.

Alguns deles são indispensáveis e serão fundamentais a fim de turbinar o empenho do seu blog.

Além disso, você também não terá dúvidas na hora de publicar os conteúdos. Falamos todos os passos para conseguir fazer isso sem muita dificuldade.

Sem falar nos ótimos exemplos citados no último tópico.

Você está mais do que pronto!

Crie seu blog e vem aqui nos contar como está sendo sua experiência.

Sabe outra coisa que pode ajudar bastante na geração de leads do seu blog? O marketing de conteúdo!

Não sabe o que é marketing de conteúdo? Entre nesse link e confira!

2018-08-21T15:03:23+00:00