Twitch: tudo o que você precisa saber sobre a plataforma

Ícone Ideal Marketing

Por:

Publicado: 7 de fevereiro de 2022 | Atualizado: 11 de fevereiro de 2022.

Twitch é uma plataforma de streaming de vídeos focados no modelo ao vivo, transmissões de games, música, conteúdo criativo, vida real e muito mais! Mas como ela funciona e como pode e deve ser utilizada?

Está sem tempo de ler agora? Baixe este conteúdo e acesse offline

A relação de consumo e entretenimento na internet se transforma de forma cada vez mais acelerada. O tipo de conteúdo que desperta interesse pode mudar de uma hora pra outra sem muito aviso.

Assim como as redes sociais, novas plataformas estão sempre nascendo para atender as demandas e necessidades do público.

Nesse contexto, aparece a Twitch, uma plataforma de streaming que vem fazendo uma revolução no nicho do entretenimento audiovisual.

Mas o que é a Twitch e o que acontece nessa plataforma? Se é do seu interesse tirar essas e outras dúvidas sobre a plataforma, confira algumas informações que trazemos especialmente para você!

O que é Twitch e como ela funciona?

o que é twitch

Criada em 2011, a Twitch é uma plataforma de streaming, isto é, uma plataforma de transmissão e distribuição de vídeo. A diferença entre outras plataformas é que seu conteúdo consiste principalmente em lives.

Seu foco inicial era na transmissão de gameplays e competições de videogames. Ainda hoje, as lives de streaming de jogos são as que mais aparecem na Twitch, impulsionando o sucesso e crescimento da plataforma.

Mas já existe uma variedade maior de conteúdos de outros segmentos, variedades e diferentes níveis de produção.

Mas afinal, o que acontece na Twitch que a torna esse fenômeno mundial?

Para ter uma ideia da velocidade desse crescimento, em 2014, 3 anos após o seu lançamento, a Twitch já era a 4ª maior fonte de tráfego da internet americana.

E com o crescimento cada vez mais rápido da plataforma, hoje muitas pessoas investem em Twitch Ad (publicidade, anúncios e propagandas na plataforma e nas lives), o que pode gerar ótimos retornos financeiros.

Inclusive, falando em investimento, em 2014 a Amazon resolveu apostar na plataforma e a comprou por quase US$ 1 bilhão!

A pré–história da Twitch

Talvez você não saiba disso, mas a Twitch é o spinoff do antigo do serviço de streaming de vídeo gratuito: Justin.tv.

A plataforma foi encerrada em 5 de agosto de 2014, quando a Amazon comprou o Twitch.

Justin.tv foi criado por Justin Kan, Emmett Shear, Michael Seibel e Kyle Vogt em 2007 com o intuito de ajudar os usuários a transmitir eventos, festas, apresentações, monólogos e mais em mais de 250 países.

Porém, no início, Justin Kan, fundador do serviço, transmitia sua vida o tempo todo por meio de uma câmera que ficava acoplada em sua cabeça. Logo depois, o serviço foi aberto para que mais pessoas pudessem fazer streaming ao vivo de suas vidas.

Os espectadores podiam conversar e interagir em tempo real com o streamer de vídeo e também com outros usuários.

No auge de sua popularidade, o site carregava cerca de um novo vídeo a cada segundo. Os usuários assistiam a mais de 300 vídeos por mês.

Porém, o sucesso da compra da Amazon foi tão grande que hoje, segundo relatório feito pelos sites especializados Rainmaker e Stream Elements, a Twitch atingiu no primeiro semestre de 2021 o recorde de 12,2 bilhões de horas de jogos assistidos.

O número representa um aumento de mais de 50% em relação ao mesmo período de 2020, um crescimento claro!

Conceitos básicos da Twitch

conceitos básicos

A plataforma pode ser usada para produzir e consumir conteúdo, sendo bem democrática nesse sentido. Para transmitir na Twitch não é necessário mais que uma boa internet, um computador ou celular e uma boa câmera.

Mas antes de começar, é bom entender alguns conceitos básicos da plataforma.

Primeiro, qualquer pessoa pode fazer transmissão na Twitch, desde que siga todas as regras e diretrizes da comunidade e da plataforma, as quais dizem respeito à conduta em relação a violência e ameaças, comportamento autodestrutivo, evasão de suspensão e assim por diante.

Níveis de transmissão

Dentro da criação de conteúdo existem três tipos de transmissão: streamer, afiliado e parceiro.

Todos começam como streamer, que é o primeiro nível.

Nesse modelo o produtor de conteúdo pode transmitir sobre qualquer assunto e tem acesso a diversas ferramentas e recursos, como o chat a análises do painel de controle.

Se você progredir como streamer e atingir algumas conquistas, tais como ter 500 minutos ou mais de transmissão nos últimos 30 dias, ter 7 dias exclusivos ou mais de transmissão nos 30 dias anteriores, ter uma média de 3 espectadores simultâneos ou mais no último mês, ter 50 seguidores ou mais no canal, surge o convite para se tornar afiliado.

Nesse nível, fica mais fácil monetizar e aumentar seus lucros com a transmissão de jogos e afins.

No último e mais alto nível, o parceiro, o canal consegue muitos benefícios e oportunidades de fazer muito dinheiro, bem como suporte da plataforma em vários aspectos.

Por exemplo, quando você se torna um afiliado, é possível obter lucros de diversas formas, tais como: os espectadores podem se registrar no canal com valores de 4,99 dólares, 9,99 dólares e 24,99 dólares, os afiliados podem ativá-los para enviar cheers aos espectadores dos canais sem sair da plataforma e o streamer recebe parte da renda, os afiliados ganham 5% da venda de jogos ou de itens de games e assim por diante.

E-book gratuito da Ideal Marketing para atrair clientes nas redes sociais

Como funcionam os anúncios na plataforma?

Também conhecido como Twitch AD, os anúncios na Twitch acontecem como em outras plataformas, afinal é isso que move o mercado, não é verdade?

Na Twitch, os anúncios e propagandas aparecem automaticamente, sendo gerados pela própria plataforma.

Entretanto, é o dono do canal quem escolhe em qual momento essa propaganda vai aparecer nas lives.

Em outras palavras, o criador não controla o tipo de publicidade que vai aparecer, mas pode inserir na sua live quando parecer melhor.

Isso é muito interessante, porque nesse esquema, o critério é todo do streamer, podendo fazer o que quiser com o momento do anúncio.

O esquema de monetização da Twitch AD é muito bom e fácil de ser compreendido.

O canal ganha pela quantidade de pessoas que visualizam os anúncios e propagandas. Ou seja, quanto mais gente assistindo seu canal, mais é possível monetizar. Simples, não?

O presente e o futuro das plataformas digitais

Presente e futuro

A Twitch é a plataforma que chegou para revolucionar a forma como consumimos entretenimento e informação.

Se você gosta de acompanhar vídeos ao vivo ou investir nessa produção de conteúdo, essa plataforma foi feita para você.

Inclusive, vale dizer que se você quer saber sobre transmissões ao vivo em redes sociais, deveria conferir alguns destes conteúdos:

Mas voltando ao assunto, a Twitch mostra como é importante estar sempre acompanhando novas tendências do mercado digital, afinal tudo o que surge é uma nova oportunidade de ganhar dinheiro e crescer profissionalmente.

Se você gostou desse artigo e quer saber mais sobre Twitch AD, soluções digitais e marketing na internet, acesse também os outros conteúdos do nosso blog.

Temos o compromisso de trazer dicas e te manter bem informado sobre o mundo digital e suas novidades. Então não perca tempo!

E-book gratuito da Ideal Marketing com dicas de Marketing Digital para aumentar suas vendas