Opt-in: o que é e qual a importância para suas estratégias de e-mail marketing?

Ícone Ideal Marketing

Por:

Publicado: 14 de junho de 2022 | Atualizado: 14 de junho de 2022.

Opt-in, soft opt-in, single opt-in e double opt-in são termos que você ainda não conhece? Se trabalha ou aposta em e-mail marketing precisa entender sobre esses permissões o quanto antes!

Já abriu sua caixa de e-mail e se desanimou com a quantidade de propaganda que tinha recebido? Inclusive, que dificilmente serve para você em algum momento.

Na verdade, muito provavelmente você nem vai lembrar delas, afinal talvez nem abra para dar atenção ao conteúdo, não é?

Pois bem, é para isso que existe o opt-in, ele evita que os disparos de e-mail sejam feitos para quem não quer receber suas comunicações.

Isso te ajuda a não parar no lixo eletrônico ou ser simplesmente rejeitado pelo usuário.

Mas o que é exatamente opt-in? Leia o conteúdo completo e entenda não só sobre opt-in, quanto também suas classificações, soft, single e double opt-in.

O que é opt-in?

o que é opt-in

Basicamente, opt-in é a autorização que a pessoa dá eletronicamente para receber comunicações da sua empresa.

Essa autorização é essencial, seja pela experiência do usuário com seu negócio ou pela vantagem de falar diretamente com consumidores que realmente estão abertos a conversar com você, receber propagandas, newsletters e afins.

No quesito da experiência do usuário, tente se colocar no lugar dele. Pense na sua caixa de e-mail lotada de propagandas e comunicações que, para você, são completamente irrelevantes e até mesmo invasivas.

De duas uma: ou você vai ignorar aquilo, mesmo incomodado com sua caixa de e-mail cheia, ou vai encaminhar tudo para a lixeira.

Isso se você ainda não caiu no SPAM e já não foi direto para lá.

Pois bem, essa realidade é verdadeira para todo e qualquer usuário.

Afinal as pessoas querem receber comunicações que sejam do interesse e relevantes para elas.

Ao colocar o opt-in na sua estratégia, sua comunicação é enviada para quem realmente quer saber o que você tem a dizer, o que aumenta consideravelmente suas oportunidades de negócio.

Quais os diferentes tipos de opt-in?

Existem diferentes autorizações que o usuário pode dar para receber suas comunicações. O opt-in marketing pode ser classificado em três tipos: soft opt-in, single opt-in e double opt-in.

Soft opt-in

O soft opt-in marketing é considerado o mais simples da categoria, pois ele entende que o usuário não necessariamente precisa concordar com o recebimento de comunicações.

Ele precisa apenas sinalizar que aceita elas ao interagir com você se tornando lead, por exemplo.

Nesse processo, o usuário deixa seu e-mail em um formulário e a empresa pega esse contato para colocar em sua lista de envio de e-mails.

Afinal ele mostrou interesse no seu negócio na hora que foi convertido de usuário para lead.

A conversão em si já é um sinal de que ele dá consentimento para que você envie e-mails.

O problema do soft opt-in é que a partir da Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil (LGPD), esta prática se tornou ilegal.

Pois ela prevê que os usuários devem consentir de forma clara sobre qualquer ação usada para obtenção de dados.

Single opt-in

Diferente do soft, no single opt-in marketing o visitante precisa assinalar uma caixa de seleção ao confirmar que aceita receber suas comunicações.

Mas, caso a caixa de seleção já vá preenchida para o lead, isso se caracteriza como um soft opt-in, e não um single opt-in.

Nessa estratégia você reduz um pouco os problemas de qualidade de e-mails ocasionados pelo soft opt-in, pois ainda existe menos emails incorretos e ou inexistentes convertendo, uma vez que o lead tem, de fato, interesse na sua comunicação.

Double opt-in

Diferente dos outros dois tipos citados, o double opt-in é também conhecido como dupla confirmação.

Das 3 modalidades, essa é a mais segura para sua estratégia. Aqui o lead não apenas converte em um formulário, por exemplo, no qual tem uma caixa de seleção para ele preencher, como também recebe um e-mail de confirmação de interesse.

Por conta do lead ter que abrir e clicar nos seus e-mails com o double opt-in, o engajamento dos seus e-mails aumenta.

Consequentemente, você mais chances de ter uma boa entregabilidade para esses leads no futuro.

O ponto negativo do double opt-in é que ele, com certeza, é diminuir a sua taxa de conversão, pois os leads inválidos são excluídos e alguns dos leads, mesmo que válidos, nunca vão concluir o processo de confirmação dupla.

Por isso, é importante entender qual é seu foco no momento: quantidade ou qualidade.

Cuidados para apostar na estratégia

Para fazer um opt-in de qualidade, é essencial se colocar no lugar do usuário e entender a percepção dele em relação às suas estratégias.

Agora, cada pessoa pode apresentar reações diferentes às suas comunicações.

Por exemplo, usuários que usam muito a internet e entendem de marketing digital podem ter mais conhecimento para lidar com os mecanismos de coleta dos dados.

Esse contato provavelmente vai ter mais ciência dessas estratégias e você precisará de dados e operações mais avançadas para conquistá-lo.

Já os usuários com pouco hábito no uso de ferramentas digitais podem encontrar dificuldades com várias solicitações em uma mesma página.

Nesse caso, vale pensar em uma coleta de dados com estratégias simples e didáticas.

Além disso, é necessário sempre considerar que para ter sucesso em sua estratégia de e-mail marketing, você precisa fazer uma boa nutrição de seus leads, para isso, entregar para eles comunicações que sejam de fato relevantes e interessantes faz toda a diferença.

Outra dica interessante para ter sucesso com opt-in é sempre revisar sua lista de e-mails, analisar cada contato e manter um mailing atualizado.

Vale também analisar métricas como: taxa de entrega e abertura dos e-mails. Assim consegue saber quais são os endereços com baixa interação e tentar uma reaproximação.

Caso o usuário não se engaje com os e-mails, você pode elaborar uma lista específica para esses contatos “mornos” e tentar novas estratégias com esse público.

O sucesso das estratégias de e-mail marketing está a um clique de distância!

estratégia de opt-in

O opt-in é uma importante estratégia para as empresas que trabalham com e-mail marketing, principalmente para as que estão já devidamente alinhadas com as leis de LGPD.

Isso porque é necessário ter a permissão dos contatos para enviar comunicações a eles, por uma questão de uso de dados.

Com o opt-in você pode, inclusive, entender quem é o usuário que está de fato engajado com você ou não e ajustar seu mailing.

Gostou do conteúdo e quer saber mais sobre marketing, vendas e gestão? Continue acompanhando o blog Ideal Marketing e se inscreva na nossa newsletter.