Aprenda o que são as Soft Skills e por que pessoas que as têm são tão valiosas quanto diamantes!

Ícone Ideal Marketing

Por:

Publicado: 17 de setembro de 2018 | Atualizado: 7 de janeiro de 2020.

Está sem tempo de ler agora? Baixe este conteúdo e acesse offline

Soft Skills estão nas pessoas como diamantes estão no coração da África. E para a sua empresa contar com esse recurso humano tão valioso quanto uma pedra preciosa é preciso saber identificá-los e conhecer as técnicas de um bom processo de escavação.

Recrutamento e seleção de pessoas é a área do departamento de recursos humanos responsável pela alocação de candidatos, de acordo com as competências técnicas e comportamentais exigidas para as oportunidades disponíveis.

É ela que vai estruturar um bom e competente quadro de funcionários dentro da empresa, priorizando o mindset que a empresa tem como base.

Isso é, a configuração mental de alguém onde são definidas a forma como ela reflete sobre si, sobre o outro, sobre os lugares onde está e sobre as situações vividas cotidianamente.

Mas mesmo havendo a demanda por habilidades técnicas para preenchimento de vagas, o departamento de recrutamento e seleção de pessoas também precisa analisar habilidades comportamentais específicas.

Isso porque é muito mais fácil para a empresa treinar uma competência técnica do que uma comportamental.

Mas esse processo não é tão simples quanto parece ser.

Dificulta ainda mais quando constatamos que no recrutamento e seleção de pessoas realizado convencionalmente, nem sempre se consegue fazer o filtro necessário de pessoal para compor os departamentos da sua empresa.

Para isso, busca-se então métodos e estratégias para que o filtro no recrutamento e seleção de pessoas seja mais rigoroso, pontual e eficaz.

Já que, é comum o candidato “vender” uma imagem no momento do processo de seleção e depois, já admitido, mostrar-se diferente.

Essas habilidades comportamentais e técnicas são conhecidas como “Soft Skills” e “Hard Skills”, respectivamente.

No Brasil, startups, empresas voltadas para as áreas de tecnologia e inovação, geralmente adotam a análise de soft skills para alinhar seus quadros de colaboradores.

Então, falaremos a seguir do que se trata essa palavra difícil, mas já te adianto: essas habilidades comportamentais são raras de encontrar, mas valem muitíssimo quando presentes nos seus colaboradores.

Não se preocupe! Ensinaremos como você pode escavar e descobrir essas jóias com os seguintes tópicos:

O que são Soft Skills?

soft skills

Segundo o pesquisador Daniel Goleman, especialista em inteligência emocional, Soft Skills são: “traços e comportamentos que caracterizam nossos relacionamentos com outros e com a gente”.

Em outras palavras, essas habilidades comportamentais afetam nos relacionamentos no ambiente corporativo.

E também por consequência na produtividade da equipe, porque são elas que auxiliam a aplicação de habilidades técnicas em serviço.

Não são habilidades “suaves” ou “leves” como sugere a tradução literal, mas na verdade são habilidades comportamentais que ajudam na relação, potencial e interação com outros e consigo.

Elas são difíceis de serem avaliadas pelo departamento de recrutamento e seleção de pessoas por se tratar de traços de personalidade subjetivos e competências baseadas na inteligência emocional.

Por isso são habilidades mais intuitivas, sendo uma característica e competência quase ética.

E os Hard Skills?

Hard Skills são as competências técnicas específicas, talentos e qualidades adquiridas com o estudo teórico e prático de alguma ação que pode ser aprendida.

Em outras palavras elas são práticas, porque aprende-se Hard Skills em sala de aula, com livros e apostilas, em cursos ou até mesmo no trabalho.

Hard Skills são adquiridos com estudo e prática constante, por isso podem ser avaliadas pela seleção de pessoas durante os processos seletivos e comparadas com a dos outros candidatos.

Diferença entre Soft Skill e Hard Skills

Soft Skill e Hard Skills

Os termos Soft Skills e Hard Skills surgiram em 1972, nos manuais de treinamento das forças armadas dos EUA.

O objetivo com Soft Skills era humanizar os militares, fazendo com que eles prestassem serviço com foco no cidadão, fossem mais maleáveis e promovessem uma gestão mais agradável.

Já com Hard Skills, o objetivo era capacitá-los melhor para tarefas específicas de rotina.

A grosso modo, Soft Skills agrupam as características mentais e emocionais, enquanto Hard Skills correspondem às capacidades técnicas, ou seja, mais lógicas.

Veremos a seguir como funciona a análise e identificação dessas habilidades em prática auxiliando no processo de recrutamento e seleção de pessoas.

Exemplos de Soft Skills e Hard Skills

Nem só de diplomas se faz um bom profissional.

Não estamos afirmando com isso que as competências técnicas não são importantes, mas pelo contrário!

Entendemos: as habilidades técnicas são melhor aplicadas quando têm suporte das emocionais e comportamentais.

Veja como nesses três exemplos a seguir:

1- Um vendedor de uma loja de roupas.

Ele pode possuir toda a técnica de persuasão, comunicação integrada e abordagem (Hard Skills).

Mas se não tiver trabalho em equipe (Soft Skills), por exemplo, pode cair no erro de querer trabalhar sozinho, sem atentar-se às orientações de seu superior, causando desalinhamento com sua liderança.

2- Um operador de telemarketing de uma central de atendimento telefônico qualquer.

Não importa quantos cursos de eloquência e língua portuguesa culta (Hard Skills) ele tenha feito.

Se ele não tiver paciência para ouvir clientes mal-humorados (Soft Skills), se esgotará facilmente e não renderá nessa função por muito tempo, com certeza.

3- Um gestor ou diretor de uma empresa de grande porte.

Ele pode ter feito todos os cursos de gestão de pessoas, de liderança e coaching (Hard Skills).

Se ele não tiver empatia e compreensão (Soft Skills), ele vai acabar cobrando o impossível de seus liderados, gerando desgaste nessa relação e não cumplicidade.

Percebe? Soft Skills são as habilidades construtoras de harmonia e equilíbrio entre a teoria e a prática!

Então além desses exemplos mais práticos e claros, veja uma lista em tópicos de algumas hard e soft skills.

Hard Skills

  • Proficiência em uma determinada língua;
  • Um diploma ou um certificado obtido;
  • Habilidade de operar um determinado software ou um maquinário;
  • Domínio de Excel avançado;
  • Programação;
  • Contabilidade;
  • Estatística;
  • Resolução de problemas logísticos.

Soft Skills

  • Resolução de problemas;
  • Atitude Positiva;]
  • Gestão do tempo;
  • Capacidade de aprender;
  • Flexibilidade;
  • Resiliência;
  • Liderança de equipe;
  • Criatividade.

Indiana Jones em “O recrutamento e seleção de pessoas valiosas”

soft skills indiana jones

Estudos revelam: a cada 1 tonelada de terra escavada, encontra-se menos de meio grama de diamante (0,2g).

A mesma situação acontece durante o recrutamento e seleção de pessoas.

Dependendo da vaga disponível, o perfil ideal será mais específico, por isso, você precisará de paciência e atenção para ter o profissional perfeito para esse departamento.

Nesse processo, você terá de ser o Indiana Jones do recrutamento e seleção de pessoas para encontrar as melhores qualidades e personalidades para sua empresa.

Assim como o grande arqueólogo dos cinemas você também terá de ter:

  • “Conhecimento profundo de muitas civilizações”

Assim como Indiana Jones, tenha profundo conhecimento sobre tudo e sobre visões de mundo diferente.

Isso irá te auxiliar no momento de conhecer melhor seu candidato e perceber as origens das Soft Skills que ele possui ou da ausência delas.

  • “Conhecimento profundo de línguas antigas”

Indiana Jones era brilhante para se comunicar. Nos filmes fica claro como ele conseguia se comunicar com pessoas de vários lugares.

Por isso, você deve procurar o meio ideal para durante a conversa em um processo seletivo, por exemplo, entender se aquele candidato tem o necessário.

  • “Medo de cobras”

O grande medo de Indiana Jones de cobras fazia com que ele desconfiasse de todos os lugares e pessoas, sempre redobrando a atenção com tudo.

Vale lembrar também: é possível ver se um determinado profissional possui Hard Skills por meio de testes práticos de tarefas específicas que se referem a rotina de trabalho.

soft skills como auxiliam

Pessoas que possuem Soft Skills em abundância, logicamente, são pessoas mais maleáveis e ensináveis.

Não pense que ter Soft Skills é um ganho apenas na produtividade e desempenho de tarefas diárias!

Sua gestão de pessoas pode ser muito mais fácil se você levar em consideração trabalhar essas habilidades comportamentais nos seus colaboradores.

É mais fácil tratar com pessoas emocionalmente saudáveis, com bom comportamento mas que não são excepcionais tecnicamente do que gerir gente brilhante tecnicamente, mas emocionalmente defasadas.

Essas habilidades devem ser usadas a seu favor para ter uma equipe alinhada com os objetivos de cada departamento e, consequentemente, da empresa.

Vale lembrar também: quando o assunto é habilidades comportamental, a imagem externa da sua empresa também está em jogo.

Em outras palavras, se seus colaboradores não estão alinhados contigo, não têm apreço por sua empresa, logo, não falarão bem dela e de você.

Para isso, estabelecer um Mindset padrão para sua empresa pode ajudar muito nessa tarefa!

Mas agora que você já entende e conhece sobre soft skills, veja como lapidar os diamantes que existem dentro de sua empresa dia após dia com algumas dicas.

  • Aprenda a se autorregular;
  • Tenha pessoas como referenciais;
  • Gerencie seu tempo;
  • Estude bem seu trabalho e procure Soft Skills exigidos por ele;
  • Entenda suas Hard Skills;
  • Crie uma cultura de feedback com líderes e colaboradores.

Redescubra sua empresa com soft skills

Então agora que você sabe que tanto as soft skills como as hard skills são bases que se complementam, ou seja, elas aliam alto conhecimento técnico com habilidades interpessoais.

Por isso, não super valorize colaboradores com mais Soft Skills, nem menospreze colaboradores com mais Hard Skills.

No recrutamento e seleção de pessoas, balanceie!

A empresa terá profissionais motivados e qualificados para ajudá-la a atingir seus objetivos estratégicos, além de aumentar a produtividade em geral.

Os profissionais com Soft Skills mais desenvolvidas têm habilidades que podem ser bastante úteis em negociações, gerenciamento de conflitos, resolução de problemas e até na motivação de equipes.

Já os que apresentam mais Hard Skills dominam as habilidades técnicas da área na qual atuam, sendo especialistas em determinadas áreas de conhecimento.

Seja qual for o tipo de profissional que você tenha na equipe, é importante que ele use suas habilidades para buscar maneiras novas e criativas de ajudar a sua organização.

Por isso, no seu recrutamento e seleção de pessoas, busque profissionais com as duas características e aproveite para mapear aqueles que já estão na sua empresa.

Assim, você pode oferecer cursos e promover palestras que incentivem o desenvolvimento das habilidades interpessoais, intrapessoais e técnicas de cada um deles.

Seja você arqueólogo ou recrutador atente-se as essas relíquias no recrutamento e seleção de pessoas, porque as pedras mais preciosas estão nos “sítios arqueológicos” mais improváveis!

E se quiser mais dicas para sua empresa como opções de melhorias de processos para vender ainda mais continue no Blog Ideal Marketing.

Compartilhe nas Redes Sociais!