Aprenda o que é Marketplace e descubra como vender pela internet nessas plataformas

Ícone Ideal Marketing

Por:

Publicado: 10 de abril de 2018 | Atualizado: 23 de agosto de 2019.

Está sem tempo de ler agora? Baixe este conteúdo e acesse offline

Quer saber o que é marketplace e de quebra entender como ele pode te ajudar a impulsionar suas vendas? Descubra as principais informações sobre essa plataforma de vendas, além das maneiras de aplicação dessa estratégia de marketing dominante no mercado internacional.

A Internet revolucionou a forma das pessoas se relacionarem, isso não é novidade para ninguém.

Mas não só as relações humanas sofreram mudanças significativas, as relações de negócios também foram bastante influenciadas pela Internet.

As vendas pela internet deixaram de ser um diferencial e se tornaram, hoje, uma demanda real dos consumidores.

Com isso, ferramentas são desenvolvidas a todo momento para impulsionar essa forma de vender on-line.

As plataformas de marketplace são algumas dessas maneiras para vendas pela internet.

Você já sabe o que é marketplace e como vender pela internet? Ainda não?

Fique tranquilo! Por meio deste conteúdo, você vai conhecer as principais informações sobre o assunto, podendo alavancar as vendas em sua empresa.

Aqui vão os tópicos abordados neste conteúdo:

Mas afinal o que é marketplace?

Definição de markeplace

Pense em um shopping center, quais são as principais características?

Bem, o shopping center é um local onde diversos tipos de empresas se reúnem com o intuito de oferecer ao consumidor uma variedade de opções.

Os shoppings em si não vendem nada, são apenas uma espécie de plataforma entre o consumidor e a marca.

Você deve estar se perguntando: Mas afinal, o que é marketplace? Por qual motivo você está falando de shopping?

A plataforma é exatamente igual a um shopping, a única diferença é: em vez de ser localizada num espaço físico ela é uma forma de vender on-line.

O que é marketplace então? Um tipo de shopping virtual onde marcas diversas se reúnem e anunciam seus produtos ou serviços para vender pela internet.

Agora você entendeu a definição dessa plataforma de vendas on-line, mas você consegue diferenciar o marketplace de um e-commerce? Não? Então vem comigo!

O que é marketplace e o que é e-commerce?

Explicamos, lá em cima, o que é marketplace e sua relação com vendas on-line, mas você sabe o que é e-commerce?

Para entender as diferenças entre uma e outra formas de vendas on-line vamos voltar à definição de o que é marketplace.

Vimos que essa maneira de vender on-line, é uma plataforma a qual funciona tal qual um shopping center, hospedando varejistas diversos.

O e-commerce é bem diferente.

Pensando no marketing físico, se a plataforma marketplace é um shopping center virtual, o e-commerce é aquela lojinha de bairro na calçada da rua.

Espera, a gente vai esclarecer.

Diferentemente do marketplace, o e-commerce é uma loja virtual do seu negócio para vender pela internet.

Em vez de abrigar várias marcas e produtos bem diferentes, o e-commerce é apenas seu.

Nosso shopping center virtual é administrado por uma gestão própria, independentemente dos consumidores e anunciantes.

Já o e-commerce é única e exclusivamente administrado pelo dono de uma empresa.

Já entendeu um pouco melhor o que é marketplace e as diferenças entre a plataforma e um e-commerce? É hora de entendermos sua finalidade.

Qual a finalidade de uma plataforma marketplace?

Conhecemos acima o que é marketplace e a diferença entre ele e o e-commerce. Agora vamos entender qual a sua finalidade?

Retomemos a comparação do shopping center.

Qual motivo leva você, enquanto consumidor, a ir até um shopping center?

A gente sabe, no Brasil, ir em um é visto como um passeio, mas sejamos mais objetivos…

As pessoas que vão comprar em um shopping, vão até lá por um simples aspecto: a comodidade de encontrar diversas marcas e produtos em um só lugar.

Isso define o que é marketplace!

Ela tem como principal finalidade reunir marcas e produtos diversos com o objetivo de facilitar a vida do consumidor, tendo uma grande oferta num espaço de vendas on-line.

Afinal, apesar de tudo na Internet ser bastante rápido, a gente quer sempre otimizar o nosso tempo.

Se uma pessoa, como consumidora, quer comprar pela Internet e tem a opção de na mesma plataforma encontrar pastilhas de freio e uma camiseta legal, por qual razão acessar dois sites diferentes?

A característica principal dessas plataformas é também a sua função: reunir marcas e produtos diversificados para atender melhor o cliente.

Entendemos o que é marketplace, assim como sua finalidade. Vamos, agora, dar uma olhada nas principais vantagens de usar essa plataforma na sua estratégia de marketing.

Principais vantagens de utilizar uma plataforma marketplace

Vantagens de utilizar marketplace

Acima descobrimos o que é market place e qual a sua finalidade.

Mas, se mesmo assim você não consegue enxergar as vantagens de utilizar uma plataforma marketplace nem como vender pela internet, vamos conhecer as principais vantagens.

Esperamos que você tenha gostado da comparação com o shopping center, porque iremos retomá-la mais uma vez.

Você deve imaginar o motivo de o aluguel no shopping ser tão caro, não é?

Como foi dito acima, fazer pesquisas de produtos e preços variados é muito mais fácil quando buscamos em um mesmo local.

Isso significa que o shopping center se torna referência de diversificação. Na plataforma marketplace é a mesma coisa…

As pessoas as quais procuram por produtos diversificados vão preferir acessar apenas uma plataforma para encontrá-los, isso provoca dois movimentos.

O primeiro é um crescimento significativo da visibilidade do seu negócio.

Um público se sente muito mais atraído por um local onde esteja reunido um leque gigantesco de marcas e produtos, do que por um contendo somente alguns produtos ou marcas.

O segundo movimento é a diversificação do público.

Assim como no shopping, o público em uma plataforma de marketplace para vendas on-line é muito mais variado do que o fluxo de um e-commerce por exemplo.

Isso porque as pessoas que visitam uma dessas plataformas de vendas pela internet não estão segmentadas como as de um e-commerce, por exemplo.

Ambos movimentos conduzem ao principal benefício de usar uma plataforma marketplace: o aumento significativo das suas vendas e por consequências dos lucros de seu negócio.

Então vamos retomar: até aqui já aprendemos o que é marketplace, qual a sua finalidade e as principais vantagens. Podemos seguir para as principais plataformas de marketplace. Vamos lá?

Alguns exemplos de plataforma marketplace

Exemplos de marketplace

Com seus conhecimentos sobre o que é marketplace chegou o momento de conhecer os principais exemplos de plataformas para vender pela internet.

Os shoppings de vendas on-line são bastante diversificados. Cada um deles possui características próprias.

No geral, os marketplaces voltados para vendas entre clientes não cobram taxas para inscrição, apenas para ter destaque nos anúncios.

O mesmo vale às plataformas de vendas entre empresas e consumidores.

No que se refere às plataformas de empresas para empresas, no geral, é cobrado uma taxa para fazer o anúncio.

Sendo assim, conhecer os diferentes tipos marketplace é essencial para escolher aquele que se encaixa melhor com o seu negócio.

A seguir veremos algumas das características dos principais tipos de marketplace conhecidos.

B2B X B2C X C2C

Se você é um empresário, provavelmente já deve ter topado com estes termos no seu caminho.

Caso ainda não conheça nada sobre esses termos, preparamos um conteúdo sobre vendas B2B bastante detalhado.

Mas aqui neste artigo explicaremos de forma resumida cada uma dessas modalidades.

B2B

A sigla B2B vem do inglês Business to Business, sua tradução literal pode explicar muito bem esse tipo de venda: De Negócio para Negócio.

Sendo assim, o vendedor B2B será o fornecedor de uma empresa, isto é, seu foco não está no cliente final.

O marketplace B2B será o local ideal para vender on-line, pesquisar preços de fornecedores variados e otimizar o tempo de sua equipe de gestão de recursos.

Alguns exemplos de plataforma marketplace dessa modalidade são:

  • Elo7;
  • Alluagro;
  • Nimbi.

Conseguiu entender como funciona essa plataforma? Legal! Então vamos continuar.

B2C

Se o modelo B2B é caracterizado pela negociação entre empresas, o B2C está voltado para o cliente final.

Do inglês Business to Consumer, isto é, da empresa para o consumidor, essa modalidade está voltada à venda de produtos de um negócio diretamente ao consumidor final.

As plataformas B2C são excelentes meios para o consumidor conseguir encontrar um leque maior de produtos e serviços, além de poder comparar preços de forma dinâmica.

As principais plataformas de marketplace B2C são:

  • Ifood;
  • Netshoes;
  • Amazon;
  • Americanas;
  • Pontofrio.

Espero que tenhamos conseguido te explicar como funciona as plataformas B2C, então vamos entender a última delas, a modalidade C2C.

C2C

Se você chegou até este ponto do texto, acho que você já tem ideia de como funcionam as vendas C2C.

Consumer to Consumer, ou em português, de consumidor para consumidor, como o próprio nome indica é uma maneira de vender entre pessoas.

As plataformas de vendas C2C funcionam, na maior parte das vezes, como um mercado de pulgas, ou um brechó virtual. Algumas plataformas ainda disponibilizam o recebimento de pagamentos, transformando a experiência muito mais segura.

Algumas da principais plataformas de marketplace C2C são:

  • OLX;
  • Airbnb;
  • MercadoLivre;
  • Submarino;
  • Buscapé;
  • Enjoei;
  • Webmotors.

Esclarecemos os pontos mais importantes sobre o que é marketplace, sua finalidade e as plataformas de vendas B2B, B2C e C2C.

Isso, no entanto, ainda não é suficiente para decidir qual o mais indicado ao seu negócio.

Agora é hora de entender as diferenças entre uma plataforma de nicho e uma abrangente.

O que é marketplace segmentado e o que é marketplace abrangente?

Já sabe o que é marketplace, né?! Mas e suas variações, você já conhece? Ainda não? Então vamos explicar!

O market place segmentado, ou de nicho, é exatamente aquilo que o seu nome indica. Ele é restrito a uma área específica de mercado.

Esse tipo de plataforma é voltado para promover marcas diferentes de um mesmo segmento, em geral é caracterizado por vendas B2B e B2C.

Alguns exemplos de plataforma segmentada são:

  • Elo7 – segmento de produtos artesanais;
  • Enjoei – segmento de produtos usados ou semi-novos;
  • Wine – segmento de bebidas, vinhos e cervejas.

Já a plataforma abrangente é oposta ao market place de nicho, ou seja ela não é voltado para um segmento específico.

Sua principal característica é a pluralidade de marcas e produtos oferecidos. É mais utilizado em vendas C2C, mas encontramos com frequência vendedores B2B.

No market place abrangente, alguns dos principais nomes são:

  • MercadoLivre;
  • Submarino;
  • Buscapé;
  • Zoom;
  • Google shopping;
  • OLX;
  • Enjoei;
  • Marketplace Facebook.

Agora você já sabe bastante coisa sobre o que é marketplace, para que serve, os benefícios e as principais características. Então vamos para o próximo passo: a prática!

Escolha sua plataforma marketplace e turbine suas vendas!

Com este conteúdo você já deve saber o que é marketplace, assim como sua função e os principais benefícios e características.

Além disso, explicamos a você as diferenças entre o marketplace e e-commerce, bem como as definições de B2B, B2C, C2C e marketplace segmentado e não segmentado.

Neste momento só depende de você! Mãos à obra!

Analise atentamente o seu tipo de negócio, as características e o tipo de público com o qual você pretende atingir e escolha a plataforma de marketplace ideal para o sua empresa.

Agora, já pode parar de buscar no Google “o que é marketplace”. Entre na nova onda dos empresários e garanta uma verdadeira turbinada de seu negócio!

Compartilhe nas Redes Sociais!