Descubra o que é análise SWOT e saiba aplicá-la no seu negócio

//Descubra o que é análise SWOT e saiba aplicá-la no seu negócio

Por: | Publicado: 31 de janeiro de 2018 | Atualizado: 19 de fevereiro de 2019.

O que é análise SWOT e como ela pode ser positiva para seu negócio? Pergunta um pouco complicada, não acha? Esta ferramenta é muito utilizada por empresas para auxiliar na tomada de decisões, pois ela aumenta a chance de conquistar melhores resultados em seus investimentos.

A análise SWOT, ou matriz FOFA, em português, tem como objetivo aumentar a margem de assertividade em investimentos empresariais. Ela realiza um estudo completo do negócio a fim de facilitar a inserção das empresas em novos ares. Mas também é utilizada para melhorar resultados atuais da sua empresa.

Depois de estudar o que é análise SWOT de uma empresa e realizá-la por completo, a segurança para definir um novo investimento será muito maior.

A versatilidade deste método não está restrita apenas às empresas, ela pode ser aderida em pequenos negócios, produtos, blogs e assim por diante. Afinal, todos nós precisamos tomar decisões, nada como ter uma ferramenta de apoio nessa hora.

[E-Book Grátis] Saiba como montar sua persona em 6 passos

Você deve estar se perguntando qual seria o profissional mais adequado para lidar com a matriz FOFA. A resposta é: Ela pode ser controlada tanto pelo profissional de marketing, quanto pelo gestor da empresa.

Embora os gestores tenham uma visão mais ampla de negócios, o ideal é que todos os envolvidos no projeto tenham contato com a ferramenta, pois cada especialista terá uma contribuição e deixará a matriz SWOT mais completa e com maior chance de chegar ao objetivo.

Afinal, o que é análise SWOT

O que é análise SWOT

No Brasil é muito comum ouvir esta técnica ser chamada de análise FOFA, mas como dissemos no início, trata-se da mesma estratégia. Esta sigla, em inglês, significa Strenghts (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças), por isso F.O.F.A. em português
.
A análise SWOT de uma empresa é responsável por mostrar qual é o panorama geral do seu negócio e do mercado de atuação, pois o primeiro passo para eliminar um ponto negativo ou deixar um positivo ainda melhor, é saber identificá-lo.

Devido ao grau de acertos trazidos a partir do uso da matriz SWOT, a prática tem sido cada vez mais comum, sendo uma metodologia clássica da administração.

Ao entender o que é análise SWOT, as organizações viram uma boa alternativa de ingressar em novos mercados ou de melhorar os resultados atuais.

Para ficar mais claro, pontuamos os objetivos da matriz FOFA:

  • Estudar detalhes do cenário em questão;
  • Dar mais segurança ao investir em um novo ramo;
  • Conhecer sua posição em relação ao concorrentes;
  • Indicar alternativas ideais de ação;
  • Antecipar os movimentos do mercado.

Fatores internos estudados pela análise SWOT de uma empresa

Análise SWOT de uma empresa

Embora o material tenha focado apenas no estudo de mercado, é importante frisar: a matriz SWOT avalia pontos positivos e negativos dentro e fora de uma empresa.

Os fatores internos, também conhecidos como microambiente, são aqueles relacionados diretamente ao seu negócio. Ou seja, quadro de funcionários, estilo de liderança, cartela de clientes, situação financeira da empresa, estrutura e assim por diante.

Veja o exemplo a seguir e aprenda a identificar fatores internos e externos a serem inseridos na análise SWOT de uma empresa.

Supomos que você tenha uma loja de bijouterias com problemas internos, ou seja, no microambiente. Podemos pegar o déficit de vendas apontado no último balanço como exemplo.

Para avaliar esta situação e listar na análise FOFA, questione alguns pontos que deixarão suas fraquezas e forças em evidência:

  • Veja as características do seu líder e aponte o que é indispensável para o crescimento do negócio. Um líder deve ser simpático, proativo e saber gerir pessoas. Caso algum dos traços que você considere essencial não seja atendido, uma providência deve ser tomada;
  • A sua cartela de clientes. Quantos estão ativos? Qual a visão deles em relação ao seu negócio?
  • Parcerias com vendedores terceirizados;
  • Fator econômico interno. Ou seja, como está a situação financeira da sua empresa, tal como seus lucros, o ROI do seu negócio (Retorno sobre Investimento);
  • Fornecedores (interno X externo, ou seja, colaboradores X fornecedores de matéria prima);
    Localização. É próxima de algum estacionamento ou metrô? É uma região segura? Tem estacionamento próximo?

Os fatores internos são aqueles provenientes do seu próprio negócio. São informações que você tem total controle e podem ser alteradas quando se sabe o que é análise SWOT.

Fatores externos que são expostos pela análise SWOT

Agora você já sabe o que é análise SWOT e todos seus fatores internos. Vamos seguir com a próxima etapa que também é essencial

Diferente dos fatores internos, os externos são aqueles que não é de responsabilidade do seu negócio propriamente dito, mas sim do mercado de atuação. Mas também são importantes para a matriz FOFA.

Nesse caso você não terá controle do que acontece, as informações apenas estarão disponíveis para seu conhecimento, embora afetem seu negócio e devam ser consideradas em uma análise SWOT de uma empresa.

Dentro dos fatores externos é necessário analisar o macroambiente, ou seja, os fatores de mercado.

O macroambiente tem como principal função analisar temas mais amplos de mercado, como os listados abaixo:

  • Economia do país (renda dos habitantes, inflação, níveis de consumo, etc.);
  • Tecnologia (novidades que podem ser positivas para o mercado, automação, etc.);
  • Sociocultural (valores e hábitos de consumo, etc.);
  • Demográfico (nível escolar da população e do seu público-alvo, crescimento populacional, taxa de natalidade);
  • Político-legal (monitorar PECs, novos representantes no governo, etc.);
  • Surgimento de novos concorrentes do ramo.

Os fatores externos, de macroambiente, são aqueles ligado ao país e o mercado, os quais não podemos controlar, mas devemos analisar minuciosamente para saber como e quando investir, assim teremos uma matriz FOFA mais completa.

Veja um exemplo de produção da análise FOFA

Seguindo o exemplo da loja de bijouterias, você, enquanto dono da loja, notou uma grande variedade de clientes e vê no e-commerce uma boa oportunidade de aumentar ainda mais os lucros. É aí que se inicia a estratégia da matriz SWOT.

Para você entender melhor o que é análise SWOT de uma empresa, vamos a um exemplo prático de uma loja de bijouterias:

Força ou Strengths

  • Clientes fiéis à marca;
  • Marca bem posicionada no mercado por conta do seu tempo de existência;
  • Produtos de fabricação própria;
  • Liderança exemplar.

Fraquezas ou Weakness

  • A loja não tem um sistema de estoque que possa garantir a quantidade exata de produtos estocados;
  • Clientes não adeptos à compras on-line;
  • Empresa localizada em ambiente sem segurança;
  • Sem estacionamento próximo ao local;
  • Fornecedores externos demoram a entregar mercadorias;
  • Transportadoras não cuidadosas;
  • Setor de logística desorganizado.

Oportunidades ou Opportunities

  • País cada vez mais conectado à internet;
  • Possível criação de lojas virtuais;
  • Redes Sociais ganham cada vez mais seguidores no país;
  • Criação de novos pontos de venda.

Ameaças ou Threats

  • Economia instável do país;
  • Crescimento da população idosa sem acesso à internet;
  • Falta de infraestrutura;
  • Funcionários improdutivos.

Entenda o que é análise SWOT Cruzada

Esta análise é feita a fim de saber como as forças e fraquezas influenciam nas chances de oportunidades ou ameaças de mercado. Com a matriz SWOT cruzada, você consegue identificar os melhores projetos de ação para alcançar o sucesso.

Para iniciar sua matriz SWOT cruzada, deve ter todos os fatores de ameaça, fraqueza, forças e oportunidades registradas.

Após isso, analise como os fatores internos podem influenciar na efetividade dos fatores externos. Com o resultado do estudo em mãos, as estratégias desenvolvidas serão mais assertivas.

Estratégia ofensiva

Esta estratégia da análise SWOT cruza os pontos fortes às oportunidades e analise como estes fatores positivos podem ajudar a torná-la concreta. Ela auxilia o aprimoramento e o crescimento dos elementos positivos do seu negócio.

Estratégia de defesa

Com a prática semelhante ao tópico anterior, esta estratégia cruza os pontos fracos e as ameaças localizadas na análise SWOT de uma empresa. O objetivo é reduzir ao máximo as falhas e os possíveis impactos negativos que elas podem resultar para seu empreendimento.

Estratégia de confronto

Aqui você deve cruzar os pontos fortes e ameaças listadas na análise SWOT de uma empresa e obter as estratégias de confronto. O intuito é analisar como as forças da sua empresa podem reduzir os riscos do mercado.

Estratégia de reforço

Ao final deste alternativa da análise SWOT , cruze os pontos fracos com as oportunidades. O propósito é observar como se pode reduzir os impactos na empresa e analisar como os pontos fracos têm reduzidos as chances das oportunidades aparecerem. Depois, foque em aprimorar estes pontos para evitar que eles interfiram no ambiente externo da empresa.

Aplicação da análise SWOT

Aplicação de análise SWOT

A análise FOFA é divida em 4 quadrantes.

Os 2 quadrantes superiores são relacionados às análises de microambiente (fatores internos). Ou seja, as forças e fraquezas da organização.

Os 2 quadrantes inferiores são relacionados às análises de macroambiente (fatores externos). São as oportunidades e ameaças.

Todos os fatores da análise SWOT de uma empresa são pontuados dentro de cada quadrante especificamente, garantindo uma análise geral de cenário interno e externo do seu negócio.

O que fazer após o fim da análise SWOT?

Você entendeu o que é análise SWOT, finalizou o processo, mas agora surgiram algumas dúvidas quanto a aplicação da estratégia no negócio. Tenha calma, isso é muito comum.

Para converter tudo que foi mapeado em uma matriz FOFA indicamos que você maximize os pontos positivos e minimize os negativos. Sendo assim, o que foi visto de positivo deverá ser mantido, já o que foi visto como negativo, deve ser eliminado.

No exemplo utilizado, o proprietário pode começar a investir em e-commerces, novos pontos de venda melhor localizados, ações em redes sociais e assim por diante.

Para saber mais sobre e-commerce, dê uma olhada no nosso artigo e tire suas dúvidas!

Além disso, a análise SWOT de uma empresa pode melhorar questões como a troca de fornecedores para tornar processos mais rápidos, investir em um setor de logística organizado, buscar por uma alternativa de transporte não prejudicial às mercadorias, etc.

Algumas dicas de ouro para sua matriz SWOT

  • Seja sensato – maquiar um fato não será bom para o entendimento sobre o que é análise SWOT;
  • Objetividade – seja preciso, seja breve, explique cada ponto do projeto;
  • Não elabore listas longas na análise SWOT – aponte apenas os pontos relevantes;
  • Use outros métodos de análise de cenários combinadas com a matriz SWOT, tal como análises de ciclo de venda dos produtos/serviços e jornada do cliente dentro do seu negócio.

Análise é o primeiro passo para o sucesso

Embora a matriz SWOT seja extremamente positiva para evolução de uma empresa, podemos nos deparar com resultados que nos surpreendem negativamente. Por isso trata-se de um grande desafio.

O processo, apesar de ser fácil de aplicar, pode não ser tão simples quanto parece. Talvez seja difícil reconhecer as fraquezas dos seus negócios, o que pode ser uma barreira.

Para que a análise FOFA tenha bons resultados, será essencial a cooperação de todos envolvidos, não apenas do proprietário do negócio.

No fim, ao saber o que é análise SWOT de uma empresa, todos terão um entendimento maior sobre o próprio negócio e também do mercado atuante. Com isso, a margem de assertividade em novos investimentos passará ser maior e beneficiará tanto os funcionários, quanto o proprietário.

2019-02-19T14:35:12+00:00

Deixar Um Comentário