Saiba como criar um funil de vendas em 4 passos

//Saiba como criar um funil de vendas em 4 passos

Por: | Publicado: 8 de novembro de 2018 | Atualizado: 9 de novembro de 2018.

Saber como criar um funil de vendas é um dos passos mais importantes dentro da metodologia do Inbound Marketing. Só quem entender as necessidades do cliente em cada fase até a aquisição de um produto consegue ter sucesso nas vendas.

Quem deseja trabalhar com o Inbound Marketing precisa saber que uma das principais estratégias relacionadas a essa metodologia é a do funil de vendas.

Isso porque esse modelo dá suporte a toda jornada do consumidor, desde o primeiro contato dele com a empresa até a batida do martelo.

E como o Inbound tem como princípio educar o seu mercado para que seu alvo tome por si a melhor decisão de compra, compreender os passos que ele toma até optar por um produto é fundamental.

Por isso, o funil de vendas é formado por um conjunto de etapas a fim de que a sua equipe de Marketing e Vendas saiba como abordar da forma correta o cliente de acordo com a fase em que ele esteja.

Assim, ao dar o suporte correto a esse consumidor durante a sua jornada de compras, as chances de que ele faça negócio com a sua empresa serão muito maiores!

Mas antes de ficar empolgado com essa possibilidade, é preciso primeiro saber como criar um funil de vendas, certo?

Para isso, confira os passos a seguir sobre como criar seu próprio modelo de funil de vendas:

1. Mapeie a jornada de compras

Para começar, a primeira tarefa a fim de criar um modelo de funil de vendas é mapear a jornada de compras feita pela persona da sua empresa.

Persona, caso ainda não saiba, é a representação semi-fictícia do seu cliente ideal formada por meio de pesquisas entre seus atuais consumidores.

Então, a fim de mapear a jornada de compras, você precisa entender que antes de comprar um produto, à sua persona passa pelos seguintes estágios em uma jornada de compras:

  • Aprendizado e descoberta do problema
  • Reconhecimento e consideração do problema
  • Decisão de compra para solução do problema

Entendendo isso, a sua área comercial deve entrar em contato com elas a fim de entender suas necessidades e desejos ao longo desse caminho para conseguir que ela vá para a próxima fase.

E mesmo depois que você tenha conseguido mapear a sua jornada, crie o hábito de sempre contatar os seus possíveis clientes.

Isso porque essa prática te ajudará a identificar possíveis gargalos no processo, o que te possibilitará ter um modelo de funil de vendas otimizado.

2. Estabeleça os marcos do processo de vendas

Depois de mapear a jornada de compras da sua persona, é hora de definir em que ponto os seus possíveis clientes podem se considerar prontos para avançar para etapa seguinte.

Ou seja, quando pode se considerar que um contato encontra-se apto para sair da fase de aprendizado, pois já reconhece o seu problema e pode então começar a considerar soluções para ele?

Para isso, os setores de Marketing e Vendas precisam estabelecer entre si metas para cada um das equipes a fim de não só preparem os melhores conteúdos para os prospects, como também quando cada uma delas devem agir.

Afinal de contas, o processo de transição é uma etapa delicada: se um possível cliente avança de fase sem o preparo necessário, a equipe de vendas terá problemas para fechar o negócio.

3. Defina as etapas do seu modelo de funil de vendas

Bom, depois de ter definido alguns pontos estratégicos que servirão como base do seu funil de marketing, agora chegamos na parte na qual enfim montaremos o seu modelo.

Para isso, antes precisamos relembrar as etapas do funil de vendas que você já leu sobre aqui no blog!

Isso porque é nelas que vamos separar as fases da jornada de compras em estágios de conhecimento nos quais gatilhos de passagem deverão ser observados por ambas equipes de Marketing e Vendas.

Sendo assim, a primeira etapa do funil é o Topo, no qual se encontram visitantes que encontraram o seu site durante a fase de aprendizagem e descoberta da sua jornada.

Se os conteúdos que você publica de alguma forma o ajudou nessa busca, ele pode assinar um formulário com suas informações de contato para receber mais materiais educativos e assim passar a ser um lead.

A partir desse momento, com a ajuda de técnicas de marketing digital, esse possível cliente vai estar cada vez mais educado para o seu mercado e preparado para passar para a próxima etapa do funil: o Meio.

Nele se encontram as oportunidades de vendas para a sua empresa, pois nesse momento ele vai estar no estágio de consideração da sua jornada, então você precisa vender muito bem o seu peixe para que ele chegue no fundo do funil.

E como não poderia deixar de ser, o fundo do funil é onde se encontram as vendas, afinal ela é correspondente a última fase da jornada de compras, ou seja, a decisão.

Mas para que a roda não pare de girar, durante esse processo de como criar um funil de vendas é essencial que as equipes de Marketing e Vendas estejam muito alinhadas.

Afinal, assim como na segunda etapa, é crucial que metas sejam estabelecidas para que cada setor saiba atender as necessidades do consumidor em cada estágio.

4. Como colocar em prática o funil de vendas

Por fim, depois de já saber como fazer um funil de vendas, é hora de pensar em como colocar a operação em prática e fazer com que sua equipe consiga trazer novos clientes.

Para isso, o mais aconselhado é começar definindo indicadores de performance e as taxas de conversão entre as etapas do funil de marketing.

Pois estabelecendo esses marcos de produtividade é possível determinar as atividades necessárias para atingir os objetivos traçados e assim tornar o processo viável.

Ah, também não se esqueça de ver se a sua equipe possui o treinamento e conhecimento necessário para executar as tarefas da melhor forma possível

Afinal, saber como criar um funil de vendas é fundamental, mas ter colaboradores aptos para colocá-lo em prática também é outra parte essencial do processo.

Já sabe como criar um funil de vendas? Então mãos à obra!

Nesta publicação você relembrou que o funil de vendas é essencial para dar suporte a jornada de compras do consumidor no processo para conquistar novos clientes.

Isso porque você consegue dar a esse público as informações as quais ele requisita para construir a sua decisão de compra.

Para isso, te mostramos aqui que saber como fazer um funil de vendas não precisa ser um bicho de 7 cabeças: com 4 passos simples você consegue montar o seu!

Só não se esqueça de utilizar técnicas de marketing digital e também se preocupar com a formação da sua equipe de Marketing e Vendas, pois dessa forma você consegue colocar em prática a sua estratégia.

E se você quiser mais dicas para otimizar o processo de venda da sua empresa, confira o blog da Ideal Marketing.

2018-11-09T11:44:47+00:00

Deixar Um Comentário