Descubra o que é B2B e B2C e tire o melhor desses modelos de negócio

Ícone Ideal Marketing

Por:

Publicado: 11 de julho de 2018 | Atualizado: 27 de novembro de 2019.

Está sem tempo de ler agora? Baixe este conteúdo e acesse offline

B2B e B2C? Conhece esses modelos de negócio? Está na hora de descobrir como eles podem organizar as suas vendas e alavancar o faturamento da sua empresa.

Você já ouviu falar em B2B e B2C?

A nomenclatura pode até confundir com um daqueles grupos musicais do final dos anos 90 ou até mesmo com um robô do universo de Star Wars, mas a realidade não poderia ser mais simples.

Na verdade ambos os termos se referem a um modelo de negócio baseado em relações de compra e venda: o B2B de empresas para empresas e o B2C entre empresa e consumidor final.

E assim como cada relacionamento na vida, esses também são únicos e com particularidades que devem ser respeitadas para que a relação entre os envolvidos possa crescer de forma saudável.

Agora, se você quer descobrir TUDO sobre o que é B2B e B2C além de saber como esses modelos podem ser a chave do sucesso das suas vendas, confira o conteúdo:

O que é B2B?

B2B

A primeira das siglas que vamos desmistificar é a “B2B”.

Bom, B2B vem do inglês Business to Business, que em português significa de empresa para empresa.

Isso quer dizer que o B2B engloba qualquer operação de prestação de serviços, revenda, transformação ou consumo entre empresas.

Então, se, por exemplo, o ramo do seu negócio for o de venda de frutas, toda negociação concluída entre você e um supermercado ou até uma sorveteria será uma relação de B2B.

Aliás, como aqui não damos pontos sem nós, para dominar todas as técnicas de vendas e marketing B2B, veja as dicas sobre o assunto.

Isso porque agora vamos conhecer o outro lado da moeda, ou seja, o modelo de negócio B2C.

O que é B2C?

B2C

Se toda empresa é criada para atender uma necessidade, é claro que além das ligações com, por exemplo, os fornecedores, as empresas também se relacionam com o fio condutor do negócio: o consumidor final.

Então, é justamente essa a essência do modelo de negócio B2C, o Business to Customer em inglês ou da empresa para o consumidor em português.

Isso porque no B2C o foco é o relacionamento direto entre empresa e cliente e, sendo assim, exige um planejamento de vendas diferente do modelo B2B.

E ai, quer descobrir mais diferenças estrategicas entre B2B e B2C? Conheça no próximo tópico.

Aprenda as diferenças entre B2B e B2C

B2B e B2C DIFERENÇA

Assim como você não se comporta da mesma forma em todos os relacionamentos, o B2B e B2C também demandam uma postura diferente para cada persona.

Se você ainda não sabe o que é persona e como definir a sua, a gente te dá uma ajudinha com um guia sobre isso.

Mas antes, conheça agora quais são as principais diferenças entre B2B e B2C nos modelos de negócio.

Tempo de relação

Para ficar mais fácil de entender, imagine as vendas B2B como um longo namoro.

Ou seja, elas também só acontecem depois que ambas as partes dedicaram um tempo a tarefa de se conhecer bem para construir a forte estrutura de um relacionamento duradouro.

Por outro lado, as vendas B2C são mais emocionais e geralmente provocadas por um impulso, assim como uma ficada descompromissada em uma balada.

Os dois indivíduos envolvidos podem voltar a se encontrar? Até podem, mas como não há um compromisso sério entre eles não tem como esperar por algo mais concreto.

E por esse motivo no mundo dos negócios o B2C é descrito como um modelo de baixa fidelização do cliente ao contrário da alta taxa nas vendas B2B.

Mas por que isso acontece?

Para entender o comportamento de cada gestão de vendas, é preciso conhecer os critérios de decisão de cada modelo e faremos isso a seguir.

Processo de compra

Os critérios usados para definir as vendas B2B e as vendas B2C são baseados em uma velha oposição: a razão e a emoção.

E do lado da razão temos as vendas B2B.

Isso porque elas precisam ser mais criteriosas e passar por um longo processo de estudos e negociação.

É só lembrar que as empresas precisam contar com fornecedores que entregam produtos de qualidade e em dia para não comprometer toda a cadeia de produção.

Além disso, as opções de parcelamento e limites de créditos também têm um peso enorme na decisão final nas vendas B2B.

Já do outro lado da moeda….

Como as vendas B2C não precisam preencher todos esses critérios, a compra costuma ser baseada na emoção, pois mesmo quando há uma necessidade real ela também acaba sendo subjetiva.

Além disso, diferentemente das vendas B2B, no qual o processo demanda tempo para conciliar diversas pessoas e interesses, as vendas B2C são bem mais simples e rápidas, já que o cliente só vai procurar atender aos próprios desejos.

Direcionamento das ações de marketing

Apesar de compartilharem os mesmos canais de comunicação, como blogs, redes sociais e e-mail marketing, o direcionamento das estratégias entre B2B e B2C precisa ser diferente.

Isso porque as vendas B2B exigem campanhas segmentadas e dirigidas, afinal você tem um alvo muito bem definido e ainda deseja estabelecer um relacionamento sério com ele.

Diferente das vendas B2C, cujas baixas taxas de fidelização te forçam a pôr em prática ações de marketing massivas para atingir o maior público possível e assim, otimizar as taxas de conversão de clientes.

No entanto, mesmo com objetivos diferentes, há um conselho válido para ambos: no momento de criar sua estratégia de marketing, invista na produção de um conteúdo com alto valor informativo.

Assim, ao apostar nessa tática de sedução as chances de você conseguir fisgar o coração do cliente será maior.

Aliás, se você quiser mais dicas sobre o que é marketing de conteúdo, dá uma passadinha lá na publicação sobre o assunto.

Bônus: Saiba qual a plataforma certa de vendas online para B2B e B2C

B2B e B2C digital

Atualmente, consolidar a presença online do seu negócio por meio de uma loja virtual é uma das estratégias usadas no marketing digital.

Mas se você pensa que a plataforma de vendas B2B é igual a de vendas B2C, é hora de fazer uma pequena revisão de conceitos.

Isso porque como cada modelo de negócio possui a sua própria persona, é impossível atender a necessidades tão diferentes com a mesma plataforma.

Por isso um simples e-commerce para B2C não vai atender as necessidades de uma empresa que precisa de um fornecedor.

É aí que entra em cena o marketplace, uma vitrine virtual na qual diversas empresas podem vender os seus produtos.

Ela é interessante para outras empresas pois economiza tempo na cotação de valores e ainda oferece uma maior disponibilidade de produtos.

Se você ficou interessado no assunto e também quer saber como montar uma loja virtual ou um shopping virtual, veja os guias sobre o assunto lá no link.

Acompanhe também outros conteúdos relevantes sobre marketing, vendas e gestão aqui no blog da Ideal Marketing.

Abrace as diferenças entre B2B e B2C

Bem, hoje você aprendeu as diferenças entre os modelos B2B e B2C, certo?

Agora é possível organizar as suas vendas de forma muito mais eficiente.

Isso porque entender as necessidades de cada um desses modelos de vendas é fundamental para criar e pôr em prática uma gestão estratégica e direcionada baseada em ações assertivas.

Além disso também te mostramos alguns fatores os quais diferenciam o mercado B2B do B2C. Ou seja, agora você já sabe quais aspectos considerar no momento de fazer a diferenciação.

Por isso, agora some esse conhecimento a outros complementares do blog Ideal Marketing e veja suas vendas decolarem!

Compartilhe nas Redes Sociais!