>>Você sabe o que é mídia programática? Conheça TUDO sobre o futuro da publicidade online

Você sabe o que é mídia programática? Conheça TUDO sobre o futuro da publicidade online

Publicado: 4 de setembro de 2018 | Por: | Atualizado: 4 de julho de 2019.

A mídia programática foi desenvolvida em resposta a alta competitividade do mercado. Automatizar o processo de compra de publicidade online vai te ajudar a fazer um melhor uso do seu tempo e dinheiro, e assim, direcionar melhor seus anúncios para atrair cada vez mais clientes!

Está sem tempo de ler agora? Baixe este conteúdo e acesse offline

Em um mercado cada vez mais competitivo, as empresas se viram na obrigação de reverem todos os setores a fim de encontrar funções que poderiam ser otimizadas.

E o departamento responsável pela compra e venda de publicidade online foi um desses e, por isso, desenvolveram a mídia programática, estratégia na qual peças de publicidade online são compradas por meio softwares.

Dessa forma é possível ganhar em eficiência e ainda obter um retorno sobre o investimento maior! Não é à toa que ela vem ganhando cada vez mais espaço nas empresas.

Segundo dados da IAB Brasil, associação de mídia interativa do país, a programática movimentou em 2016 cerca de R$ 1,9 bilhão, o que representa 16,5% dos investimentos em anúncios.

Se você quer engrossar essa estatística e aproveitar os benefícios de adotar a mídia programática e criar peças de publicidade online mais assertivas, olha só o que vem por aí:

O que é mídia programática?

Programática

Antes da atual revolução digital, quando empresas desejavam negociar um espaço publicitário a dinâmica era a seguinte:

Um executivo de contas de um negócio iria até um cliente ou uma agência e oferecia a ele um espaço em seu veículo.

Mas todo esse processo demandava muito tempo e dinheiro, recursos preciosos demais para serem gastos em etapas cujas atividades poderiam ser automatizadas.

Por isso, as empresas passaram a utilizar softwares capazes de tomar conta da aquisição desses espaços para divulgação, sejam eles sites de busca, portais de notícias ou redes sociais.

Sendo assim, a mídia programática é um leilão em tempo real para publicidade online baseado nos dados dessas ferramentas.

E além de otimizar o processo de compra e venda de anúncios elas também proporcionam a criação de campanhas direcionadas ao público desejado.

Quer saber quais são as ferramentas de mídia programática capazes de fazer essa mágica? Confira o tópico a seguir.

Ferramentas de mídia programática

Para otimizar o processo da compra de espaço de publicidade online, a programática te dá dois caminhos.

Quer saber quais são? Descubra agora!

Software de mídia programática

Software Programática

Um dos caminhos da programática é por meio de plataformas de DSP, as chamadas Demand Side Platform, com as quais é possível configurar uma campanha e acessar um relatório dela.

Um exemplo de ferramenta desse tipo é o DoubleClick Bid Manager, a mídia programática Google.

E para a transação de compra e venda ser concluída, é preciso associar a ela um software de Ad Exchange.

Isso porque por meio dele é feito o contato com as empresas as quais utilizam a mesma plataforma de DSP e realizar o já mencionado leilão em tempo real para a compra.

O chamado Real Time Bidding consiste na cobrança da exibição de uma peça, como um banner, por exemplo, de acordo com os resultados gerados naquele momento.

E ela pode ser realizada de acordo com os seguintes critérios:

  • Custo por aquisição (CPA): é estipulado um valor para cada novo cliente;
  • Custo por Lead (CPL): a empresa será cobrada toda vez que um visitante deixar suas informações e se tornar um possível cliente;
  • Custo por Clique (CPC): a cada clique que a publicidade online receber é cobrado um valor pré-determinado;
  • Custo por Mil impressões (CPM): a empresa será cobrada a cada mil impressões que o anúncio tiver;
  • Custo por View (CPV): a empresa será cobrada a cada visualização da peça publicitária.
  • Custo por Download (CPD): caso a empresa tenha desenvolvido um material para download, a cada download ela será cobrada.

Aliás, se você quiser saber mais sobre o que é CPC e todas essas métricas, confira o nosso guia completo sobre o tema.

Isso porque agora vamos conhecer o outro lado da programática.

E-book - Como crescer sua empresa com marketing digital

Gerenciadores de conteúdo

Além da forma mais tradicional de se anunciar na internet, você também pode aproveitar a visibilidade de grandes portais e exibir seu conteúdo neles.

A dinâmica funciona da seguinte forma: você produz uma pauta e a envia para gerenciadores de distribuição de notícias, como o Dino e o H/A/R/O.

Em seguida essa distribuidora vai avaliar o seu material e ver em qual portal parceiro ele melhor se encaixa.

Dessa forma, a sua empresa aproveita as vantagens de aparecer em um site de maior visibilidade e a página da web tem mais conteúdo para oferecer aos seus visitantes.

Saiba por que é importante começar usar a mídia programática na sua empresa

Programática na empresa

Já vimos nesta publicação como a mídia programática facilitou o processo de compra e venda de publicidade online.

Mas por que isso é importante? Quais benefícios esse tipo de mídia vai trazer ao seu negócio?

Pois saiba que como as ferramentas de programática te permitem personalizar o anúncio e direcionar ao público desejado, a sua ação terá muito mais relevância.

Isso porque usar uma estratégia desse tipo vai aumentar o reconhecimento da sua marca e gerar desejo de compra nesses possíveis clientes.

Além disso, o seu precioso dinheirinho será melhor aproveitado, pois cada centavo investido terá mais retorno se comparado com uma tática mais assertiva.

Ficou interessado na proposta, né? Então confira agora 3 dicas para começar a usar a mídia programática!

Como começar a usar mídia programática?

Programática como usar

Para começar a usar a mídia programática na sua empresa é preciso esquecer o modo como você negociava publicidade online.

Isso porque a estratégia exige táticas diferentes para uma prática eficiente das ferramentas da programática.

Quer saber quais são? Então preste atenção nos próximos tópicos.

1. Entenda as estratégias da mídia programática

Como vimos nos tópicos anteriores, uma campanha de mídia programática é feita por meio de uma ferramenta de DSP, capaz de personalizar e gerenciar peças de publicidade online.

Só que para personalizar um anúncio de acordo com as suas preferências, é preciso conhecer os interesses da audiência desejada, certo?

Por isso, para te ajudar a criar campanhas melhores é necessário associar as ferramentas de programática, como o software de DSP, uma plataforma de DMP, a chamada Data Management Platform.

Com ela é possível obter informações detalhadas sobre a audiência do seu site e assim planejar estratégias mais assertivas para sua campanha.

Isso porque, por meio de parcerias com inúmeras páginas na web, a DMP analisa e rastreia o comportamento dos usuários em cada portal e transforma isso em dados para embasar o seu anúncio!

2. Planeje a campanha

Depois de entender quais ferramentas você deve usar como base de suas campanhas da mídia programática, agora é hora de pensar na construção da mesma.

Por isso pegue os dados fornecidos pela plataforma de DMP e traga ao setor de criação, pois dessa forma é possível direcionar o seu anúncio ao público desejado.

Além disso, tenha em mente o objetivo que deseja alcançar por meio da peça de publicidade online.

Seria ele atrair mais cliques? Ou conseguir mais informações sobre os visitantes que se interessaram pela sua marca?

Isso é importante pois dessa forma é possível pensar em uma estrutura criativa e atraente para o anúncio atingir o resultado desejado.

Além disso, você também pode incluir um botão de call to action e direcioná-lo a outra página, como uma landing page, por exemplo.

Antes de mais nada, você sabe o que é call to action e o que é landing page?

Não?! Então vamos te explicar.

Como já vimos no blog, os botões call to action servem para chamar o visitante a uma ação, como comprar algo, baixar algum material ou ainda preencher um formulário e deixar suas informações de contato, sendo esta última a chamada landing page.

Sendo assim, se o seu objetivo é coletar dados pensando em contatar essas pessoas interessadas no seu produto, incluir essas ferramentas pode ser uma boa saída estratégia.

Depois disso, você está pronto para negociar onde seus anúncios irão aparecer.

Mas espera, você achou esse processo muito trabalhoso e gostaria de terceirizá-lo?

Pois saiba que é possível! Confira a nossa dica bônus e saiba como fazer isso!

E-book - Como otimizar processos e aumentar produtividade no ambiente digital

Bônus: escolha um parceiro para gerenciar a campanha

Se você achou todo esse processo trabalhoso e no momento não tem como investir na criação ou desenvolvimento de um departamento de mídia programática, nós vamos te dar a solução!

Isso porque existem no mercado as chamadas Agency Trading Desk, agências voltadas à realização desse serviço para outras empresas.

Elas são especializadas em operar plataformas de DSP e gerenciar a compra de mídia.

A vantagem dessas empresas é que você vai deixar a programática em mãos qualificadas para trazer os melhores resultados a sua empresa.

Por isso, caso esteja em dúvida sobre ser responsável por todo o processo de compra de mídia programática, a Trading Desk é uma boa solução.

Entre na onda digital e comece a investir nessa estratégia programática

Programática entre na onda

Nesta publicação você descobriu que a forma como é feita a compra e venda de anúncios de publicidade online mudou e que a bola da vez é a mídia programática.

Isso porque com ela é possível automatizar o processo de aquisição de anúncios e investir mais tempo e dinheiro em fases estratégicas da criação.

E para te ajudar nessa missão, te apresentamos a algumas ferramentas de programática.

Aliás, uma delas foi a plataforma de DSP que cuida dessa tarefa, como o DoubleClick Bid Manager, a mídia programática Google.

Mas caso queira ter ainda menos trabalho, você viu que basta contratar o serviço de uma Agency Trading Desk, agência especializada na área da programática.

E se você quiser mais dicas, confira o blog da Ideal Marketing!

2019-07-04T10:28:43-03:00

Deixar Um Comentário

Diagnóstico Gratuito do seu Marketing Conheça a Plataforma Ideal Marketing