Saiba o que é clickbait e identifique uma fake news de longe

Ícone Ideal Marketing

Por:

Publicado: 18 de setembro de 2018 | Atualizado: 18 de agosto de 2019.

Você sabe o que é clickbait? Essa técnica cada vez mais usada para conseguir cliques pode acabar te levando as famosas fake news! Veja aqui 5 dicas simples para ficar longe do perigo e ainda aproveitar o melhor das redes sociais.

Está sem tempo de ler agora? Baixe este conteúdo e acesse offline

Muita gente não se lembra, mas a prática de espalhar notícias falsas é muito mais antiga do que aparenta ser.

Tanto é que graças ao ato de espalhar um boato sobre o suicídio da Cleópatra, Marco Antônio, figura importante na República Romana, também o cometeu em agosto de 30 a.C!

Ou seja, se o sensacionalismo causa estragos desde essa época, não seria agora com a potencial viral das redes sociais que ele não iria vender e bem.

Entretanto, mesmo nós estando cansados de saber disso tudo, ainda sim conseguimos cair nas armadilhas das fakes news.

E não é exagero! Pesquisas realizadas por cientistas políticos apontam que durante as eleições de 2016 dos EUA, 65 milhões de pessoas leram pelo menos um texto em um portal de notícias falsas.

Mas em vez de crucificarmos os canais que divulgam esse tipo de conteúdo, é hora de tomarmos consciência de que também temos uma parcela de culpa.

Isso porque como temos acesso a uma quantidade cada vez maior de informações, os portais muitas vezes lançam mão de um clickbait para chamar a nossa atenção.

Caso não conheça o significado de clickbait, ele nada mais é do que uma isca feita de uma frase ou uma imagem chamativa para fazer com que o leitor clique em determinado link.

E-book Ideal Marketing sobre tudo o que você precisa saber antes de começar um projeto

É claro que nem todo clickbait vai te levar para uma fake news, por isso é importante saber diferenciar um conteúdo de qualidade de um mentiroso.

Então, se você quiser saber como identificar as fake news e não deixar que qualquer clickbait te pegue, confira as 5 dicas a seguir:

1. Não se deixe levar pelo teor do título

clickbait

Dos componentes de um texto, o título é aquele o qual certamente serve como um cartão de visitas e, consequentemente, como um clickbait também.

Isso porque ele é o primeiro contato com o assunto do conteúdo e que vai te dar uma ideia geral do assunto que será tratado.

Por isso é muito comum vermos por aí título chamativos e sensacionalistas, pois no mundo virtual vale tudo para conseguir um clique, sendo uma tática muito usado como clickbait Youtube também.

Sendo assim, tome cuidado com títulos muito radicais e que prometem demais, afinal de contas nem tudo que reluz é ouro.

Além disso, procure ler também subtítulos com um olhar crítico, dessa forma suas chances de cair em alguma armadilha ficam reduzidas.

2. Leve a credibilidade do site em consideração

clickbait credibilidade

Cair em um clickbait não é o fim do mundo, pois ainda tem como identificar uma fake news e não se deixar enganar por ela.

Para isso, fique atento também a credibilidade do site no qual está lendo o conteúdo.

Isso porque mesmo que hoje qualquer um pode criar um blog e escrever o que quiser, ainda existem sites confiáveis os quais só publicam notícias depois de checar os fatos.

Por isso, sempre que se deparar com alguma informação em páginas suspeitas, procure ver os que os veículos de comunicação estão falando sobre o assunto.

Se não encontrar nada nesses canais, é bem provável que o que estava lendo se tratava de uma fake news.

3. Verifique a credibilidade do autor do texto

clickbait autor

Procure sempre identificar quem escreveu o texto que estiver lendo, principalmente se ele tratar de algum fato de grande importância ou for comprometedor a alguém.

Portais de confiança costumam sempre dar o crédito ao responsável pela matéria e também é de conhecimento do grande público os nomes de quem costuma cobrir cada editoria.

Por isso, desconfie de notícias sem assinatura e procure ter conhecer quem é referência no assunto, dessa forma mesmo se cair em algum clickbait, o estrago não será grande.

4. Cheque a data da publicação

clickbait data

Quando algum assunto está em alta, um dos clickbait Facebook mais comum é o ato de compartilhar notícias de outra época relacionada ao tema.

Por exemplo, se algum grande clube de futebol como o Palmeiras demite o seu treinador, não é difícil nos depararmos com compartilhamentos do tipo “Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Palmeiras”.

Então, nesse caso não é bem uma fake news, apenas se trata de uma notícia velha tratada como atual, o que também causa o mesmo estrago, pois muitos nem vão abrir o link para constatar esse fato.

Por isso, antes de sair tomando como verdade toda e qualquer notícia veiculada até nos canais confiáveis, tenha o hábito de verificar a data em que o conteúdo foi publicado.

5. Separe uma opinião de um fato

clickbait opiniões

Por fim, é sempre importante se atentar se o conteúdo referente a um clickbait tem cunho jornalístico ou é apenas um texto opinativo.

Diferentemente dos meios impressos os quais normalmente existe uma divisão entre esses materiais, no ambiente online isso é mais difícil de acontecer.

Por isso, tenha senso crítico sobre o que estiver lendo ou assistindo por meio de um clickbait Youtube e não tome qualquer opinião como verdade absoluta.

Entendeu o significado de clickbait? Então não caia mais nas fake news!

Nesta publicação você entendeu de uma vez por todas o que é clickbait e viu que esse recurso para conseguir mais cliques tem sido cada vez mais usado no concorrido ambiente virtual.

O problema com os clickbaits é que muitas vezes eles podem te levar a fake news, o que é um desserviço à sociedade, afinal de contas estamos ajudando a propagar o caos com informações inverídicas.

Por isso te apresentamos aqui 5 dicas simples e essenciais para saber identificar as fake news e não se deixar enganar por um clickbait Facebook.

E se você quiser saber mais sobre o compartilhamento de informação, confira o conteúdo sobre como fazer uma gestão de redes sociais eficiente.

Compartilhe nas Redes Sociais!