>>Não sabe o que é email marketing? Saiba tudo sobre essa estratégia capaz de alavancar suas vendas!

Não sabe o que é email marketing? Saiba tudo sobre essa estratégia capaz de alavancar suas vendas!

Publicado: 28 de junho de 2018 | Por: | Atualizado: 9 de janeiro de 2020.

Está sem tempo de ler agora? Baixe este conteúdo e acesse offline

Você sabe o que é email marketing? Não, nada disso. Não são aqueles emails SPAM que você sempre recebe. Hoje, devido ao avanço de ferramentas de automação de marketing, ficou fácil de segmentar seu trabalho para pessoas com real interesse em seu produto.

E não é isso que todos queremos? Afinal, falar com quem quer nos ouvir é vantajoso para qualquer negócio.

Esqueça aqueles emails engessados que você já recebeu diversas vezes. Parecia que estava falando com uma máquina, não é?

O trabalho de email marketing agora é muito mais próximo do usuário, pode ser caracterizado até como uma simples conversa.

Esse modelo é comparado, muitas vezes, ao SPAM de forma equivocada. Por esse motivo, algumas empresas têm medo de criar email marketing por achar que vão estar proporcionando uma experiência negativa para os clientes.

Mas não só as empresas, alguns clientes têm medo de dar o seu email às empresas por pensar que ela irá lotar sua caixa de entrada diariamente com mensagens enviadas.

O que é um grande erro, pois existe uma grande diferença de o que é email marketing e SPAM.

Neste artigo você irá descobrir as vantagens da estratégia e a diferença entre o que é email marketing e SPAM.

Pode acreditar, são coisas diferentes. E qualquer empresa que visa crescer e vender mais, precisa conhecer essa estratégia que fideliza seus clientes.

Mas antes de aprender tudo sobre o que é e-mail marketing, o que acha de descobrir como aumentar o tráfego do seu site?

Nossos especialistas criaram este material com o objetivo de trazer resultados em até 4 semanas!

As melhores técnicas de Marketing de Conteúdo

Este material é diferente de todos já vistos no mercado e além disso, é gratuito!

Posso apostar que o seu bolso gostou de saber dessa informação, não é mesmo?

Um estudo de email marketing bem feito garante, com toda certeza, que você encontre a galinha dos ovos de ouro para sua empresa!

Agora é hora de dar uma olhada nos tópicos abordados ao longo do conteúdo:

O que é email marketing?

Saiba o que é email marketing

Com essa pergunta começamos nosso conteúdo: o que é email marketing?

Bom, vamos pensar juntos: “email marketing…?”

Simples, você precisa analisar o sentido literal do termo. É uma forma de realizar o marketing por meio do envio de emails.

Mas é importante frisar nesse ponto que essa é uma das melhores maneiras de entregar informações para as pessoas.

Isso porque essa estratégia de marketing utiliza o email, um dos meios mais utilizados pelas pessoas.

Assim como as redes sociais, é uma ferramenta que a maioria das pessoas verifica diariamente ou até mais de uma vez por dia.

Tire como base as pessoas mais próximas de você.

E para ficar claro de uma vez por todas, esse tipo de email e SPAM são coisas diferentes!

O email marketing é uma forma completa de divulgação de novidades, promoções, nutrição de leads, pesquisa pós venda, satisfação de qualidade e diversos outros.

E além disso, essa técnica “pede uma autorização para enviar emails aos clientes.”

O vendedor deve solicitar o email ao cliente e isso pode ser feito em alguns momentos: durante a venda, no momento em que está realizando algum cadastro, entre outros.

Agora você pode estar pensando: “Mas isso não tem outro nome? Não é mala direta?”

É comum as pessoas confundirem, até porque a ideia delas se assemelham bastante.

Bom, você sabe o que é email marketing, então vamos comparar essas duas estratégias para você que tem alguma dúvida, ou não conhece o que é mala direta.

Mala direta x email marketing

E aí, já entendeu o que é email marketing? Ainda não ficou muito claro? Então vamos diferenciá-lo da mala direta para ajudar com isso.

Podemos dizer que a mala direta é a versão desatualizada de o que é email marketing.

Sua função é apenas realizar a divulgação de um produto ou serviço.

Ou seja, no português bem claro, a mala direta é uma ação que visa apenas o aumentar o lucro da empresa/negócio que comanda essa ação.

Já o nosso querido email marketing funciona como uma mala direta 2.0, pois é, adoramos este termo.

Mas as funções são muito mais amplas.

Olha esse infográfico comparativo que fizemos para melhor ilustrar a diferença das duas estratégias.

Entenda a diferença entre o que é email marketing e mala direta

É muito mais fácil quando transformamos uma informação escrita em uma informação visual não é mesmo?

Então podemos concluir que mala direta é uma estratégia que muitas empresas ainda usam.

Entretanto, se comparada a o que é email marketing, fica para trás em questão de benefícios, tanto para clientes como para empresas.

Agora você sabe o que é email marketing e aprendeu a diferenciá-lo de uma mala direta.

Mas você já sabe qual é a diferença para o SPAM? Se não, agora é a hora!

O que é SPAM?

Você sabe porque SPAM e email marketing não são a mesma coisa?

Quando você sabe o que é email marketing, entende que é preciso “pedir” o email ao cliente, já o SPAM não acontece isso.

Além disso, eles oferecerem a opção de cancelamento nos envios, o que é impossível nos casos de SPAM.

Muitas empresas compram uma lista de email, ou mailing, para enviar os seus conteúdos aos endereços eletrônicos.

O profissional que envia SPAM é chamado de spammer.

Empresas que enviam SPAMS ou são qualificadas como uma, mesmo que ela não envie. Afinal, hoje qualquer internauta que recebe um email pode qualificá-lo como SPAM.

Até os provedores de email já possuem um espaço destinados para os SPAMS, e vamos concordar, ninguém checa essa ferramenta a não ser que realmente esteja precisando.

Por exemplo, quando você está esperando um email específico e ele não chega, aí sim a caixa de SPAM é verificada.

Caso contrário, é muito raro ver alguém entrando nessa caixa de email.

História do termo SPAM

Talvez você não conheça mas o termo SPAM tem um significado muito diferente do que você possa imaginar.

Não, não é uma sigla em inglês que significa Stupid Pointless Annoying Messages (Mensagens ridículas, sem propósito e irritantes).

SPAM era uma carne enlatada (presunto condimentado para ser mais preciso) criada pela empresa Hormel Foods em 1937.

Entenda o que é email marketing e conheça a história do SPAM

E nos anos 70 o grupo de comédia Monty Phyton criou um episódio do seu programa onde o cenário era um restaurante e os personagens queriam fazer o seu pedido.

Ao consultar o cardápio eles perceberam que todos os pratos tinham, obrigatoriamente, o famoso SPAM.

Enquanto o desenrolar da cena acontecia, um grupo de Vikings cantava ao lado esquerdo: “Spam, Spam, Spam, adorável Spam, amável Spam. Spam, Spam, Spam…” e foi isso.

Voltando a realidade, quando as empresas começaram a enviar ofertas e promoções de produtos de maneira exaustiva e irritante aos consumidores, aquele episódio de Monty Phyton foi lembrado.

E a ação de enviar emails insistentemente foi associada aos vikings e garçonete daquele restaurante.

Foi daí que o SPAM parou de ser apenas um “presunto condimentado” e se tornou um termo para representar o envio massivo de emails às pessoas.

Então, para concluir o tópico, depois de entender o que é email marketing e as diferenças dele para mala direta e SPAM, você pode começar a estabelecer melhor a sua estratégia para impactar de maneira incisiva o seu público-alvo.

Por que você deve investir nessa estratégia?

Saiba por que deve investir no uso do conceito de o que é email marketing

Segundo um estudo divulgado pela MarketingProfs no ano de 2014, por hora, eram enviadas mais de 122.500.425.020 mensagens para os endereços eletrônicos!

Esse número é muito alto, até difícil de escrever: cento e vinte e dois bilhões, quinhentos milhões, quatrocentos e vinte e cinco mil e vinte.

Em um dia eram enviadas quase 3 trilhões de mensagens!

E o que queremos dizer com isso? Que esse é um meio muito utilizado, ou seja, não podemos deixar de investir nessa técnica.

Você não precisa muito para entender, quer ver comigo?

Abra seu email agora e veja quantas mensagens você recebeu na última semana. Provavelmente serão muitos.

Talvez você tenha visualizado a maioria. Ou pelo menos aqueles que mais te interessavam.

Então, os endereços eletrônicos são realmente um bom meio de comunicação com os clientes quando você quer despertar o interesse deles, ou até mesmo vender mais.

Mas é importante deixar claro que não é comum, e nem recomendado, usar apenas essa estratégia sozinha.

Ela é usada de maneira complementar, para vender mais, nenhuma empresa que depende apenas dos resultados do envio de email marketing se mantém estável e saudável.

Mas podemos garantir que, as empresas que sabem o que é email marketing e utilizam essa estratégia aliada a outra, geralmente, tem um resultado melhor se comparado àquelas que não usam.

Além disso, se compararmos o envio de email marketing com qualquer outra ação de divulgação e promoção de conteúdo, a primeira opção ganha com vantagens.

Isso porque para realizar a produção e o envio de email marketing você precisa apenas de um designer e o resto “qualquer um” pode fazer.

Nós iremos explicar mais abaixo como criar email marketing, não perca!

E-book - Como otimizar processos e aumentar produtividade no ambiente digital

Qual é o papel que o email marketing exerce em uma estratégia?

Depois de mostrarmos o que é email marketing e por quais motivos você deve investir no envio deles, é hora de conhecer o papel que ele exerce dentro de uma estratégia de marketing de um negócio.

Ou seja, iremos mostrar quais são os efeitos de conhecer o que é email marketing e suas aplicações.

Vamos pensar no primeiro passo, o envio de email marketing acontece porque a empresa já tem o contato daquele cliente.

Quando você possui o endereço eletrônico de uma pessoa, meio caminho está andado, pois nele você pode nutrir seu cliente com informações relevantes ou até mesmo com a famosa newsletter.

Newsletter é um boletim informativo, e seu objetivo é informar ao público quais foram os conteúdos publicados em seu site/blog em uma periodicidade pré determinada.

Geralmente a newsletter é enviada ao público semanal ou mensalmente.

Podemos dizer que ela é um “canal” que compõe o meio, por exemplo, a newsletter é a Globo na televisão (email marketing).

Mas se você quiser aprender mais sobre o que é newsletter acesse este link!

Depois deste resumo básico sobre newsletter é hora de você conhecer de fato o que o email marketing pode fazer, ou seja, qual o poder dessa estratégia:

Engajamento de leads

Esse é um dos principais motivos para as empresas investirem na estratégia, engajar os leads e mantê-los conectados à sua empresa.

Talvez aquele lead não seja um cliente ainda, entretanto se você, empresário, consegue engajá-lo, quando ele precisar do produto que o seu segmento oferece, ele irá lembrar de você, sem dúvidas.

Você talvez esteja se perguntando o que é esse tal de lead, mas irei te responder de forma breve.

Um visitante se torna lead quando ele passa o seu contato à empresa, ou seja, o email.

Logo, quando falamos em email marketing sabemos que tratamos sempre de leads conquistados pelas empresas.

Conquistar um lead é motivo de “comemoração” para os negócios, pois é muito mais fácil de fazer negócio e convencer o cliente a comprar da sua empresa e não do concorrente, pois você pode dar informações e nutrir ele.

Também temos um conteúdo sobre o que é lead, e se me perguntarem se vale a pena dar uma lida, eu digo que vale a galinha inteira!

Tudo isso para dizer que, investir em email marketing é uma ótima maneira de engajar seus leads!

Promover seus conteúdos

Quando você conclui um conteúdo para o seu blog a expectativa é que o maior número de pessoas consiga ver o trabalho produzido.

Agora vamos imaginar que você fique nutrindo o seu blog com diversos conteúdos relevantes e de qualidade, entretanto o seu tráfego é baixíssimo.

Que situação chata não é?

Entretanto utilizar a estratégia de email marketing permite a você divulgar o conteúdo para mais pessoas, e sabe qual é o melhor?

Os leads que irão receber o conteúdo são aqueles que realmente se interessam pelo tema abordado.

Quer ver como? Vamos supor que uma empresa é do segmento de ar condicionado e você está interessado em comprar um para a sua casa.

Se ela, empresa, produzir um artigo revelando como funciona a propagação do ar condicionado para um mesmo ambiente e enviar para o seu email, provavelmente você se interessaria, não é?

Faz todo o sentido!

Portanto promover o seu conteúdo é, mais um, dos benefícios de investir no envio de email marketing.

Aos poucos você deve estar percebendo como é importante conhecer o que é email marketing.

Vender mais

Se nenhum dos outros motivos tinha te convencido a conhecer melhor o que é email marketing, esse provavelmente vai mudar sua opinião.

Diz para gente, qual empresário não quer vender mais?

O envio de email marketing permite vender mais porque você estará divulgando seu conteúdo de uma maneira inteligente, com as newsletters e com o engajamento dos leads.

Percebeu que isso é a junção de todos os tópicos abordados acima?

Vender mais é se diferenciar nos seus concorrentes, e impactar os clientes de uma forma mais inteligente.

Quando você começa a enviar mensagens no endereço eletrônico do lead você está investindo em fidelização de clientes.

Essa também é uma maneira de vender mais com o email marketing!

Mas agora você deve estar pensando: “Então para vender mais com email marketing, eu preciso enviar um monte de mensagens para os meus clientes.”

Não amigo, não faça isso por favor!

Algumas empresas enviam mais de um email por dia, isso se torna irritante. Dessa maneira você vai perder um cliente, confie em mim.

O mais indicado é fazer um cronograma e organizar o envio para não saturar seu cliente.

Vantagens de trabalhar com o email marketing

Conheça os benefícios do uso do conceito de o que é email marketing

Acabamos de mostrar que, quando as empresas fazem o envio de email marketing, existem algumas das vantagens de preferir o email marketing em relação à mala direta.

Você já deve estar convencido que o envio de email marketing é uma das melhores opções para sua estratégia de marketing.

Ele é uma mala direta 2.0 lembra? E vamos concordar que 2.0 é melhor que 1.0.

Se você está nas melhores condições, escolheria um carro com motor 1.0 ou um carro mais forte, um 2.0? Acho que você ficaria com a segunda opção.

Mas chega de comparações, é hora de comprovar por A + B que email marketing é uma solução e tanto para os seus problemas!

Economia

Quanto custa enviar um email?

Pois é, enviar um email não custa absolutamente nada!

E se pensar que as empresas antigamente faziam um estilo de panfleto e enviavam gastando com a impressão e envio desses panfletos aos clientes.

Hoje esse gasto é visto como um desperdício, pois surgiu um outro meio muito mais rentável.

As empresas não podem ficar gastando muito, e se o seu objetivo é vender mais para ter mais lucro, comece com as pequenas coisas.

Saia da mala direta e venha para o email marketing.

Ecológico

Já ouviu falar em marketing 3.0? Esse é o marketing dedicado a fazer do mundo um lugar melhor, ou seja, realizar ações sustentáveis.

Esse é uma visão nova de marketing que está ganhando força no país atualmente.

O email marketing foi uma invenção de Gary Thuerk, quando ele enviou uma mensagem eletrônica a 400 pessoas promovendo um produto.

Isso aconteceu oito anos depois da criação das mensagens eletrônicas, ou seja, em 1978. Mas o seu uso ficou mais comum nos anos 2000 quando o uso de emails se tornou mais comum.

O email marketing é uma maneira sustentável de realizar ações. Essa preocupação com o meio ambiente também é avaliado pelos clientes e se torna um ponto positivo para o seu negócio.

Além de economizar com a impressão, como dissemos no tópico acima, sua empresa estará preocupada com o nosso planeta. Olha aí que ótimo ponto!

Ações mensuráveis

Você sabe quando um email marketing teve sucesso ao analisar a taxa de abertura e também analisar a taxa de cliques.

Essas são métricas que vamos ver no decorrer do conteúdo, mas aí vai um pequeno spoiler:

A taxa de abertura representa o número de pessoas que abriram o seu email. Ou seja, se você enviou para 300 pessoas e 150 abriram, você tem uma taxa de abertura de 50%.

Já a taxa de cliques é a porcentagem de leads que clicou no seu anúncio, e foi direcionado ao seu site.

Exemplo: você enviou para 300 pessoas, 150 abriram e 75 clicaram no anúncio. Você teve uma taxa de cliques de 25%.

Isso porque é só calcular a porcentagem de 75 pessoas em um universo de 300 pessoas.

Você pode ter esses dados de forma rápida e interativa, basta ter um gerenciador de envio de email marketing.

Tá vendo, conhecer o que é email marketing é muito mais fundamental do que você imaginava.

Como fazer email marketing

Depois de entender o que é email marketing, saiba como criar um

Depois de conhecer o que é email marketing e quais são as suas vantagens, além dos motivos de investir nessa estratégia, você deve estar curioso para aprender como fazer email marketing.

Existem ferramentas criadas especificamente para empresas enviarem email marketing em massa, lembrando que se você tem permissão para enviar a mensagem eletrônica ao lead, não é um SPAM.

Essas ferramentas são muito usadas e iremos falar delas logo abaixo.

Quando falamos sobre como fazer email marketing, temos alguns pontos que precisam ser seguidos para garantir o sucesso da mensagem enviada.

Se liga nesses pontos:

1. Defina o objetivo da sua campanha

Quando você vai começar a veicular uma campanha, seja ela email marketing, marketing de guerrilha ou em qualquer outro formato, é preciso ter definido qual é o objetivo.

Como vimos no tópico o que é email marketing, com essa técnica não é diferente, você precisa conhecer o objetivo da sua campanha para ter sucesso no envio de emails.

Existem alguns objetivos como reconhecimento de marca, fidelização de cliente, divulgação de produtos entre muitos outros.

A campanha geralmente é definida em conjunto com a equipe de marketing.

2. Escolha o público que será selecionado

Você tem um público-alvo, isso todos nós sabemos. Mas na verdade, em seu banco de emails, você não tem apenas o endereço eletrônico de quem se encaixa no público ideal.

Se você tiver o email de um homem de 19 anos da classe C, um conteúdo de gestão de uma empresa pode não ser útil naquele momento.

Assim como um conteúdo abordando o tema “organização do estudo universitário” pode não ser útil à um homem de 45 anos da classe B.

Portanto, é importante escolher qual o público que será o receptor da sua mensagem.

3. Crie um título chamativo

Você já deixou de assistir um filme por ver o título e não se sentir atraído? Provavelmente a maioria das pessoas já passaram por uma ocasião semelhante a essa.

Quando você sabe muito bem o que é email marketing, criar um título chamativo se torna uma obrigação.

Você precisa mostrar ao leitor que aquele email vai ser interessante para ele, assim ele não deixa passar

O título é o primeiro contato do leitor com seu email, por isso é preciso ser o mais criativo possível sempre.

4. Capriche na headline e no assunto

No tópico o que é email marketing, tratamos da conceitualização do termo, entretanto não discutimos algumas questões como a importância da headline.

Você não sabe o que é headline?

Use headline criativa quando colocar o conceito de o que é email marketing em prática

Aquela frase que está em cinza é a headline, e a frase que está em negrito é o assunto do seu email.

Se o seu título precisa ser chamativo o seu assunto também precisa! É uma combinação.

Não adianta ter um título engajador e no assunto não ser persuasivo.

Os clientes só “perdem o tempo” com coisas realmente relevante, não adianta torcer para que eles sejam bonzinhos.

O cliente se interessa por algo que vá te trazer resultados futuros, e caso o assunto do seu email não passe essa certeza, a taxa de abertura será baixa, pode confiar.

5. Coloque um call to action

Se você já entendeu o que é email marketing, chegou o momento de discutirmos um assunto importante, o CTA.

Call to action (CTA) é uma chamada para o leitor realizar uma ação, seja comprar, visitar o site ou baixar um e-book.

Um email sem um CTA não tem valor, o empresário precisa facilitar as ações do cliente, hoje o marketing funciona dessa maneira!

Portanto ao invés de dificultar fazendo ele sair do email para ir até o seu site de maneira mais cansativa, coloque um CTA e facilite a experiência do usuário.

Bons profissionais de email marketing pensam como o seu leitor, e dessa forma fazem o melhor para que os clientes se sintam mais à vontade.

Por que vamos concordar, se o seu cliente não encontrar o que procura no seu negócio, ele irá procurar nos seus concorrentes.

E seria o pior dos cenários, não é mesmo?

6. Design também é importante!

Se você já entendeu o que é email marketing deve imaginar a importância do design para essa ação.

Os emails mais eficientes geralmente têm um design trabalhado, deixando tudo em harmonia para não haver confusão do cliente e garantir uma boa experiência do usuário.

Nós recomendamos sempre por um design mais clean, ou seja, mais limpo.

O seu lead precisa encontrar a informação que ele procura de maneira rápida e fácil sem muito esforço.

Tente manter uma identidade da sua marca, utilize as cores do seu logotipo para criar a famosa identidade visual.

Por exemplo, se falarmos de uma rede fast-food e pedirmos para você pensar na cor vermelha, quem vem a sua mente?

Provavelmente o Mc Donald’s não é?

Não to dizendo que eles fazem o uso de email marketing, mas eles criaram a identidade da marca e isso soa muito forte e faz com que seu negócio seja lembrado pelo consumidor.

Olha aí que sonho!

Portanto, não deixe o design de lado e dê a devida atenção a isso também para um email marketing profissional.

Conheça 6 ferramentas para email marketing

Saiba quais plataformas podem te ajudar a colocar o conceito de o que é email marketing em prática

Você já sabe o que é email marketing e já conhece os passos principais para criar uma mensagem eletrônica.

Agora é hora de saber como divulgar seu conteúdo, afinal, existem algumas ferramentas especializadas no tema.

O envio de email marketing precisa ser perfeito para não ter nenhum problema com soft e hard bounce.

Tá doido? O que é esse bounce aí?

Calma, curioso. Um passo de cada vez, não é mesmo? Iremos abordar esse tópico mais adiante.

Agora é hora de aprender mais sobre o que é email marketing e as ferramentas essenciais para o sucesso da sua empresa.

MailChimp

Depois de discutirmos o que é email marketing chegou a hora de mostrar uma ferramenta para essa tarefa, por isso escolhemos o MailChimp.

Essa é uma boa ferramenta para quem está começando agora, melhor ainda para quem já é “macaco velho” ou melhor, chimpanzé.

Ela permite criar listas de emails personalizadas e assim segmentar e mensurar os resultados.

Além disso, ele é ótimo pois você pode criar o design e layout da mensagem na própria ferramenta.

Os templates são variados e essa pode ser uma boa saída para sua empresa.

Oferece duas versões: gratuita e paga.

A versão sem custos permite enviar até 12 mil mensagens por mês, para 2 mil contatos diferentes.

Nas versão paga existem dois planos, de 10 dólares e outro de 199 dólares.

Quando se fala em ferramenta de email marketing, aqueles que têm um conhecimento maior, logo pensam em MailChimp.

E-goi

Com o conceito de o que é email marketing em mente, chegou o momento de apresentar outra ferramenta, o E-goi.

Além de possibilitar a criação do email na própria ferramenta, o E-goi é uma das ferramentas mais indicadas para realizar o envio de mensagens.

Ela também oferece a opção de criar landing pages para conversão de um visitante em lead.

Whitepapers e formulários são outras coisas que podem ser criadas pelo E-goi.

Além disso, o E-goi não envia apenas emails mas SMS e também oferece uma opção de multicanal com diversos tipos de emails e SMS.

O preço varia de acordo com a quantidade da base de emails e a quantidade de emails, indo de R$62 mensais, até valores superiores a R$200 mil.

MAD MIMI

Se você entendeu o que é email marketing, precisa conhecer diversas ferramentas para essa ação, o MAD MIMI é outra dessas ferramentas.

Ele é bastante semelhante ao Mail Chimp. pois você pode criar, editar, enviar e acompanhar os resultados dos seus emails.

Das opções apresentadas, ele possui um dos editores mais completos para criação de mensagens e o melhor: é totalmente gratuito para até 100 contatos.

A ferramenta oferece alguns templates para você editar ou, se preferir, pode criar seus emails do zero e exportar o código HTML, caso prefira usar outra plataforma para o envio das campanhas.

Litmus

Se você acompanha nossos conteúdos aqui no Ideal Marketing, já deve saber que teste e análise são duas coisas que devem andar de mãos dadas com toda e qualquer estratégia.

Esse é o segredo para o sucesso de ações de marketing, desde as mais simples até as mais complexas.

Depois de compreender o que é email marketing, que tal conhecer mais uma ferramenta?

Com a ferramenta de email marketing Litmus você consegue criar diferentes versões da sua mensagem e testá-las em diferentes provedores de email.

Assim você verá como elas serão carregadas em todas caixas de entradas e também terão a certeza de que elas não serão destinadas às pastas de SPAM.

E não é só isso, com o Litmus também é possível analisar cada aspecto da sua campanha e otimizar suas ações de email, garantindo, assim, uma maior taxa de abertura.

Mas essa ferramenta não é gratuita como a última indicada. Para tê-la você terá que desembolsar 60 dólares por mês.

LeadLovers

Sei que falamos sobre lead em alguns momentos do conteúdo, mas você já sabe o que é isso?

Se não sabe, vamos explicar rapidinho.

Lead são todas as pessoas que, de alguma forma, demonstraram interesse no produto ou serviço na sua empresa.

Seja por meio de preenchimento de formulários, por consumo de conteúdo ou até abrir um email de ofertas enviado por sua empresa.

Tendo entendido bem o que é email marketing, você ainda deve estar querendo mais ferramentas, aí vai mais uma!

Se você procura por uma ferramenta mais versátil, a brasileira Lead Lovers é a melhor alternativa para o seu negócio.

Além disparar mensagens automatizadas via email de acordo com o histórico de cada lead, ela pode te auxiliar em outros aspectos na gestão de lads.

Capturar potenciais consumidores por meio de anúncios no Facebook, comentários, em redes sociais ou até mesmo por landing pages.

O planos mensal custa R$ 154,00, mas, se quiser um valor mais em conta, é possível fechar um pacote semestral ou até anual com preços mais acessíveis e parcelar em até 3 vezes.

Mailify

Se você está buscando um aplicativo que lhe permite marcar a diferença, dê uma olhada em Mailify. Esta ferramenta combina o disparo de e-mail marketing com o envio de SMS e faz segmentação, gestão das listas de contatos e automatização das campanhas. Inclui plugins com muitas das plataformas mais populares no mercado.

Acima de tudo, Mailify distingue-se pelo seu rigor estético e usabilidade. Vem com uma galeria extensa de templates de newsletter (todos com design responsivo) e um editor de e-mail moderno e fácil de usar, para adicionar e personalizar o conteúdo que quiser. Também permite criar landing pages e formulários.

Para além disso, Mailify inclui algumas funcionalidades bem avançadas, como o Eye Tracking Preditivo e o Heatmap. Estes têm o objetivo de o ajudar a criar um email esteticamente atrativo e eficaz ao nível do posicionamento do texto, imagens e CTAs. Com esta ferramenta, terá acesso a dados estatísticos únicos como o tempo de leitura dos destinatários.

Dicas para escrever um email de sucesso

Confira dicas sobre o que é email marketing e como escrever um de sucesso

Você está aqui para aprender o que é email marketing e assumimos essa missão de te ensinar.

Você já está com meio caminho andado, mas não se canse e continue conosco.

Mas nós não iríamos dar apenas a parte teórica, agora é hora de conhecer algumas dicas fundamentais para buscar a excelência do envio de email.

Para dar continuidade, vamos listar algumas boas práticas para você conseguir atingir o potencial cliente da melhor maneira possível.

Títulos curtos e claros

Além de ter o que é email marketing claro em sua mente, é preciso saber as boas práticas dessa técnica e os títulos têm papel fundamental nisso.

Normalmente os usuários recebem dezenas de emails diariamente. Muito difícil de se destacar nesse amontoado de informações, não acha?

Então, como o primeiro contato do usuário com sua mensagem é no título, nada melhor do que investir um esforço na criação de um bem chamativo.

Seja objetivo e deixe claro o que você irá tratar naquela mensagem. Tudo para não deixar nenhuma dúvida na cabeça do seu potencial consumidor.

Hoje, com a possibilidade de usar emoticons no assunto do email, se destacar não é uma missão tão difícil.

Então não há motivos para desespero! ^^

Texto curto

Se já ficou claro o que é email marketing para você, falar sobre a necessidade de um texto curto parece mais do mesmo…

Repare nos seus hábitos e no dos usuários da internet a sua volta. Você acha que as pessoas têm paciência para consumir textos longos.

Vá até aquele grupo de WhatsApp e veja quantas pessoas respondem os famosos “textões”. Poucas, não é?

Exatamente por esse motivo temos que ser claros e objetivos em toda nossa estratégia.

Você sabia que os usuários dedicam pouquíssimos segundos de atenção a conteúdos online?

Revise todos seus emails e retire qualquer informação desnecessária para o usuário, elas podem tirar atenção dele e, para perder sua atenção, basta alguns segundos.

Adequação de linguagem

Lembra-se do que viu no tópico o que é email marketing? Então, pegue todo esse conhecimento e adicione com essa outra boa prática: a adequação da linguagem.

Antes de começar a redigir seu email, pense nas pessoas que irão receber este material.

Melhor ainda, pense na persona do seu negócio, ou seja, o cliente ideal do seu empreendimento.

A partir do momento em que você sabe o perfil das pessoas que irão ler seu email, fica muito mais fácil de escolher a melhor linguagem.

Você fala com sua avó da mesma forma que conversa com um amigo com a mesma faixa etária?

Óbvio que não.

Por isso é importante saber com qual consumidor você está trocando emails antes de iniciar o trabalho.

Estabelecer tom de conversa

Como você já sabe o que é email marketing e que, ao criar o email, você deve nutrir relacionamento com sua lista de contatos.

Por isso é importante criar proximidade em seus textos. Trate seus potenciais clientes pelo nome, assim eles saberão que não é uma mensagem enviada para dezenas de pessoas.

E isso já é uma forma de impactar positivamente o usuário.

Como não se tornar um SPAM

Bom, você já aprendeu o que é email marketing e também conheceu o desagradável SPAM. mas você sabe como não se tornar um?

Vamos explicar agora, assim você saberá como fazer email marketing com uma qualidade ainda maior.

E o melhor: você não irrita seu cliente e não corre o risco de perdê-lo para sempre.

Além de saber o que é email marketing, saiba o que fazer para não se tornar um SPAM

Veja algumas práticas para seus trabalhos de email não virarem um SPAM e, assim, suas estratégias terão sucesso.

Tenha atenção com o assunto

Já explicamos o que é email marketing e o conceito de SPAM, bem como a diferença entre um e outro.

Assim uma das práticas para evitar que seu email se transforme em um SPAM tem relação com o assunto.

Como já apontamos, seja claro e utilize até 8 palavras. Essa é uma quantidade razoável de informações que o usuário consegue absorver ao “passar o olho” na sua mensagem.

Essa parte do email também está sujeita à avaliação anti-spam e, por isso, evite escrever longas mensagens no assunto. Não use-o como corpo do email.

Há algumas palavras e símbolos que podem ser interpretadas como SPAM, portanto não as utilize.

Veja algumas delas:

Clique aqui, mailmkt, crédito, grátis, curso, de/para sua empresa, promoção, “$$$”, %%, exclamações entre outros.

Se seu conteúdo for referente a alguma promoção, evite usar esta palavra. Dê nome a sua promoção como as lojas Pernambucanas, por exemplo. “Cadê meu celular?”

Você consegue passar o que virá no corpo do email sem usar palavras muitas vezes enquadradas como SPAM.

Outra informação importante para o seu assunto: nunca escreva com todas as letras maiúsculas. Esta prática é comum em emails destinados à pastas de SPAM.

Imagens no corpo do email

Já que você compreendeu o que é email marketing, é importante entender a relevância das imagens no corpo do email.

Nunca envie uma mensagem com apenas uma imagem no corpo do email. A maiorias dos trabalhos com essa característica são bloqueados logo de cara.

Ou seja, a imagem que você criou não será exibida para o usuário. Perda de tempo, não é?

Para evitar isso, utilize alt tags nas imagens. Sempre com a descrição da imagem. Assim seus email serão compreendidos antes mesmo de serem carregados por completo.

Essa é umas das principais dicas de email marketing.

Não compre listas de emails

Como dissemos no tópico o que é email marketing, ele é diferente de um SPAM; um dos fatores determinantes para essa diferença é a compra de lista de emails.

Esse é o principal ponto que diferencia um email de um SPAM.

Quando você não tem autorização do destinatário para poder enviar mensagens sobre seu negócio, seu email pode ser caracterizado como SPAM.

Por isso não indicamos que você gaste adquira listas de emails. Certamente será o pior investimento feito para sua marca.

Além de ser um gasto completamente desnecessário, você irá manchar a reputação da sua marca, afinal, estará incomodando algumas pessoas sem o menor interesse no seu negócio.

Jamais pense em criar email marketing e enviar para pessoas que nunca autorizaram.

Já pensou ser reconhecido como “a empresa que envia SPAM”? Isso não é positivo para nenhuma marca.

Grave essas dica de email marketing e não deixe de segui-las, assim a chance de conseguir bons resultados será muito maior.

Email para e-commerce

Depois de entender o que é email marketing, chegou o momento de entender algumas especificidades desse tipo de estratégia para cada formato de negócio.

Essa dica, embora seja específica a empresas adeptas do e-commerce, não pode ser deixada de lado.

Veja boas práticas para aliar o trabalho de email com seu e-commerce:

  • Crie maneiras de estimular o usuário a se inscrever na sua lista de emails. Assim você terá contato com pessoas realmente interessadas no seu material.
  • Envie materiais de grande relevância, que tenham algum tipo de ligação com sua empresa. Promoções ou lançamento de produtos são algumas opções. Esse email deve ser a solução para um problema do potencial consumidor.
  • Use e abuse de testes. Considere várias possibilidades de assuntos, conteúdo, layout e até mesmo o horário de disparo das mensagens. Não tenha preguiça, esses testes sãos fundamentais para achar o formato ideal para o seu negócio.
  • Como você já sabe, é preciso utilizar uma ferramenta de email marketing para iniciar este trabalho. Portanto, escolha a mais adequada ao seu negócio, pois ela trará dados importantes e essenciais para guiar sua estratégia.

Agora, além de já saber muito bem o que é email marketing, você já conheceu quais práticas não adotar de jeito nenhum em sua estratégia.

Aprenda a planejar sua campanha

Certo. De que adianta saber o que é email marketing, além de como criá-lo e não ter um planejamento a seguir para conseguir alcançar seus objetivos? Nada, não é?

Então chegou a hora de aprender.

Defina seu público

Depois de aprender o que é email marketing, defina o seu público

Eu sei, já tocamos no tema…

Mas não se irrite, pois é fundamental que todos tenham isso muito claro antes mesmo de começar o trabalho.

É melhor tratarmos o público-alvo como persona. Vamos explicar melhor, mas se você quiser entender o que é persona com mais detalhes, clique no link e acesse nosso conteúdo.

Persona, diferente de público-alvo, é uma forma de definir o cliente característico do seu negócio com muito mais precisão.

Vamos a um exemplo rápido para você entender.

Público-alvo do seu negócio:

São pessoas com idade entre 21 e 36 anos e que atuam na área de construção civil. Tem o salário médio de R$ 3.300.

Já a sua persona é a Alice Freitas, de 30 anos e com salário de R$ 3.500. Alice é solteira e gosta de ir em jogos de futebol, além de acompanhar partidas da NBA.

Alice, depois de se formar em engenharia, se especializou em física e dá aula em uma universidade e mora na região central da cidade de São Paulo.

Notou a diferença?

Persona é muito mais específica, é uma representação semi-fictícia do seu cliente ideal.

Semi-fictícia por não existir de fato, mas, apesar disso, ser baseada em dados reais do seu negócio.

Já o público-alvo é algo mais abrangente. No exemplo citado, podemos encontrar vários grupos dentro do seu público.

Pode ter engenheiros que atuam com construção civil ou até mesmo os que optaram pelo caminho acadêmico, como Alice.

E para definir quem é sua persona, você deve ter muito claro o objetivo do seu trabalho.

Assim, o mailing de clientes da sua empresa será muito mais saudável e a chance de conseguir uma venda será muito maior.

Não perca tempo com consumidores sem interesse no seu trabalho de email marketing. Foque sua atenção na sua persona.

Criação de um template

Depois de aprender o que é email marketing e como criar um, além de enviar para sua lista de email, é importante que todas as mensagens tenham a mesma linguagem para criar uma identidade.

Além disso, outro ponto extremamente importante para criar uma identidade da sua empresa, é apostar em uma boa comunicação visual contínua.

Tudo para os potenciais clientes abrirem sua mensagem e em poucos segundos identificarem sua marca.

Isso irá implicar na melhoria da sua taxa de cliques e de abertura, assunto que falaremos logo logo.

Veja algumas boas práticas para aderir ao layout da sua estratégia de email marketing:

Call to action e título

Depois de ler sobre o que é email marketing, precisamos explicar ainda mais como fazer uma campanha baseada nessa estratégia.

Dois fatores importantes para fazer esse tipo de email são o CTA e o título.

Procure sempre deixar o título da oferta e o botão de call to action logo na parte superior da sua imagem.

Isso permite ao usuário tomar atalhos para tomar a ação desejada. Veja o exemplo abaixo da Netflix:

Veja um exemplo de o que é email marketing

No título da imagem eles colocam o filme novo do catálogo e que talvez interesse para você.

Logo abaixo você consegue localizar o botão de call to action, que seria o “assistir” ou “minha lista”, que é uma forma de deixá-lo separado para assistir depois.

A Netflix sempre usa o fundo preto com destaques em vermelho. Repare, todos os emails são assim e você,assim que abre, antes mesmo de ler, já identifica quem é o remetente da mensagem.

Isso é muito positivo para identidade visual da sua empresa.

Proporção de imagem e texto

Agora que você já sabe o que é email marketing, precisamos estabelecer um manual de boas práticas e uma delas tem relação com a proporção entre texto e imagem.

Sua mensagem deve ter 40% de imagem e 60% de texto. Com isso a leitura ficará muito mais agradável e o usuário não perderá o interesse pelo seu conteúdo.

Afinal, quem se interesse em ler aqueles emails gigantes, sem nenhuma imagenzinha para dar um respiro a leitura?

Tamanho de imagem

Entre as dicas de email marketing distribuídas no conteúdo, destacamos que seu email deve ser carregado rapidamente.

Para isso, é preciso usar imagens leves, ou melhor, com até 100 KBS cada e, no geral, 470 KBS de imagens no layout do seu email.

E não ache que isso é apenas um detalhe para o seu trabalho.

Os provedores não aceitam imagens com mais de 100 KBS e, se mesmo assim você enviar uma fora desse padrão limite, suas imagens não serão abertas e irão prejudicar a entrega de seus emails.

Veja um mau exemplo de email marketing:

Veja um exemplo ruim de o que é email marketing

Usaram um título gigante, com imagens maiores do que o permitido. Isso é SPAM na certa!

Portanto, tenha muita atenção com o tamanho das imagens criadas para suas campanhas de email marketing.

Objetivo da campanha e CTAs

Esperamos que esteja claro o que é email marketing para você, porque agora vamos adentrar mais fundo nesse tema.

Quando iniciar o planejamento da sua campanha, defina apenas um objetivo. Não queira mil coisas ao mesmo tempo, pois a chance de não conseguir nada é muito grande.

Procure colocar no máximo três call to action diferentes em seu email. Isso irá facilitar a tomada de decisão do usuário.

Quando menor o número de tomadas de decisão, maior a taxa de clique em seu email marketing.

Dê opções para cancelar assinatura

Se ficou claro para você o que é email marketing, estamos no caminho certo para uma campanha de sucesso, contudo ainda existem outras questões a serem observadas.

Sempre dê a opção de cancelamento de assinatura para o mailing de clientes que recebem seu trabalho.

Isso parece óbvio, mas ainda assim devemos destacar no conteúdo.

Se possível, deixe essa opção em destaque. Assim todos que não tem o menor interesse de virarem cliente do seu negócio irão se descadastrar.

Como você já sabe, investir tempo de trabalho para pessoas que não são potenciais clientes, não é nada vantajoso, pelo contrário…

Além disso, essa estratégia diminui sua taxa de reclamações e de marcações como SPAM.

Periodicidade de envio

Ninguém merece a caixa de entrada do email lotada, não é?

Depois de aprender o que é email marketing e como fazê-lo, você também deve passar a considerar a periodicidade com que os dispara.

Não seja a empresa chata que envia emails o tempo inteiro.

Você precisa adotar uma boa estratégia e estabelecer um calendário de envio a fim de otimizar o relacionamento com seu cliente.

Mas você não pode errar pelo exagero e muito menos pela falta de envio. Procure encontrar o meio termo.

Se você enviar email marketing sem parar, todo santo dia, seus potenciais clientes irão se irritar e sua taxa de abertura certamente irá cair.

Agora, se você enviar poucos emails o efeito também pode ser negativo.

O cliente pode esquecer da sua empresa e todo o trabalho de engajamento vai por água abaixo.

Para todos ficarem satisfeitos, siga nossas instruções e todos vão se dar bem.

Entenda o que é email marketing e dicas para arrasar no envio

Regularidade

Tendo aprendido o que é email marketing e como executá-lo, que tal conhecer mais uma boa prática: a regularidade.

Mantenha o envio de mensagens constante e com datas e horários pré-definidos. Siga esse planejamento à risca.

Para definir dia e horário de envio é preciso realizar testes. Vai muito de acordo com o tipo de negócio da sua empresa.

Isso, com um certo tempo, fará com que seus potenciais consumidores fiquem esperando seu email marketing.

E esse é o objetivo de ter uma boa regularidade.

Frequência

Depois de aprender o que é email marketing é fundamental ter noção quanto a frequência de envio.

O ideal é disparar pelo menos um email por semana, mas isso pode ser alterado de acordo com os resultados dos seus testes.

Você certamente já notou que recebe mensagens diárias de alguma empresa.

Se o modelo do seu negócio permitir, essa prática pode ser ótima. Mas estude com muita atenção antes de investir e perder potenciais clientes com isso.

Calendário de conteúdos

Como você já sabe, quando disparar o email marketing é fundamental para conseguir um retorno positivo para o seu negócio.

Por isso é importante que você seja organizado e tenha um calendário com informações de todas as datas as quais você usará para sua estratégia.

Existe o calendário e também a agenda do próprio Google. Essa escolha vai de acordo com a necessidade do seu empreendimento.

Finalize o email marketing da melhor forma

Depois de estudar e entender o que é email marketing, você já deve ter notado que todos os elementos têm grande importância para alcançar o resultado esperado.

Com o final do email não é diferente.

Antes de apertar o botão de enviar, dê uma olhadinha nas nossas dicas na sequência. Com elas seus resultados certamente serão melhores.

1. Seja consistente

A essa altura já deve ter ficado claro o que é email marketing, então vamos passar à nossa primeira dica.

As primeiras palavras do seu email irão conduzir todo o tom da sua conversa com o potencial consumidor.

Então, se você começar a mensagem tratando o cliente como “prezado” ou “senhor”, o restante do texto deve ser muito bem alinhado com o início.

Não tem sentido iniciar a mensagem toda descontraída e finalizar com um “atenciosamente”, por exemplo.

2. Informe arquivos anexados

Acha que já sabe o que é email marketing? Então, aí vai mais uma dica para criar sua campanha.

Mesmo que você não esqueça de anexar o documento da sua oferta – o que acontece com frequência – você não deve deixar de alertar o destinatário do seu email.

Não esqueça de destacar que a oferta está anexa. Isso vai otimizar a comunicação e evitar possíveis desentendimentos com seu público.

3. Não utilize abreviações

Nós falamos para você ser consistente na construção do email, mas, se você optar por uma comunicação mais descontraída, não confunda com a linguagem usada na internet.

E isso serve para todo o trabalho, desde o assunto até a finalização.

4. Informe os próximos passos

O email marketing, como você já sabe, na maioria das vezes termina a mensagem com um call to action para sinalizar a ação que seu potencial consumidor deve tomar.

Procure sempre deixar muito claro qual retorno você espera do cliente. Uma reunião? Uma ligação? Uma venda?

Enfim, não deixe nada subentendido. Seja o mais claro possível.

5. Despedida mais adequada

A despedida também é um ponto muito importante para o sucesso do seu negócio. portanto, escolha a opções mais parecida com a comunicação adotada nos outros elementos do email.

Veja algumas sugestões que talvez se encaixam na sua estratégia de email marketing:

  • Abraços;
  • Agradeço desde já;
  • Atenciosamente;
  • Grato

6. Inclua assinatura

Sua assinatura é muito importante para passar credibilidade ao destinatário. Não deixe de inseri-la.

Seu nome e o da empresa, cargo, número de telefone são elementos essenciais para sua assinatura.

Essas informações serão essenciais para o potencial cliente entrar em contato por vários motivos. Desde alguma dúvida até para adquirir a oferta do seu negócio.

Métricas para avaliar seu trabalho de email marketing

Saiba o que é email marketing e como avaliar seus resultados

Depois de compreender o que é email marketing e realizar o disparo da sua campanha por email, a ferramenta utilizada para o envio irá gerar relatórios com as métricas de desempenho.

Para sua campanha ter sucesso você terá de analisar todas essas métricas. Não tem para onde fugir.

Com esse relatório em mãos você consegue identificar as assertividades da sua estratégia e também tem acesso aos pontos negativos, assim direcionar a campanha para o caminho mais adequado.

E esse desempenho não influencia apenas a campanha atual. As futuras também dependem de bons resultados, pois os Provedores de Serviços de Internet analisam a reputação do servidor de envio.

Sem falar na facilidade de realizar testes após conseguir os números de suas campanhas.

Métricas positivas

Esperamos que você já tenha entendido o que é email marketing, pois a partir de agora falaremos apenas de métricas, começando com as positivas.

São métricas resultantes de boas práticas na construção do trabalho de email, como taxa de abertura e de cliques.

Confira as principais métricas positivas na sequência:

Emails entregues

Como o próprio nome diz, trata-se da quantidade de emails entregues aos usuários em relação aos enviados. Os emails não entregues aos destinatários são, em sua maioria, bounces (hard ou soft).

Uma taxa considerada boa de emails entregues é de 98% da sua lista de email.

O seu email marketing pode não ser entregue por dois motivos: falha de autenticação ou por endereço de email com algum problema, como erro de digitação, por exemplo.

Algumas das ferramentas indicadas podem barrar o envio de emails quando a taxa de entrega se mantenha baixa.

Como falamos acima, elas têm uma reputação a zelar.

Umas das dicas de email marketing, como foi dito, é não comprar listas de emails, certo?

Esta dica irá contribuir com a taxa de entrega das suas mensagens. Mais um motivo para você não investir nessa prática.

Taxa de abertura

Citamos esse termo algumas vezes durante o conteúdo. Agora vamos ser um pouco mais específicos.

Taxa de abertura trata-se da quantidade de pessoas que abriram seu email, dividida pelo número de pessoas que receberam o material.

Se você enviou 100 emails e apenas 10 pessoas abriram, por exemplo, você tem uma taxa de abertura de 10%.

A média do mercado é de 20%, mas se as suas estiveram acima, parabéns!

Entenda o que é email marketing e taxa de abertura

Se sua taxa de abertura não for positiva como você espera, será necessário realizar testes a fim de reverter os números.

Taxa de clique

Eu sei, talvez você esteja um pouco confuso com essa taxa, pois, se alguém clica no email, ele abre, certo?

Então as duas taxas são as mesmas coisas…

Nada disso.

Esse clique que nos referimos é dentro do corpo do email, ou seja, no botão de call to action ou em qualquer link dentro do seu material.

Enfim, a taxa de cliques destaca a quantidade de emails clicados em relação a quantidade de envios.

Conversões

No marketing digital essa é a métrica mais importante.

Conversão é quando o lead faz alguma ação desejada por seu negócio. Seja ela o preenchimento de um formulário ou até mesmo uma ligação.

Não adianta absolutamente nada ter números bons em todas as outras métricas e ter uma taxa de conversão baixa.

Você também consegue ver esta métricas com as ferramentas de envio de email com os relatórios de cada campanha.

As ferramentas indicadas também inclui marcações nos links, o que torna a URL rastreável e permite a análise isolada por meio do Google Analytics.

Métricas negativas

Se você não produz um material de qualidade e não elabora um bom planejamento, as chances dessas métricas citadas na sequência impactarem na sua campanha é muito grande.

emails indesejados, listas de contatos desatualizadas ou compradas, entre outras práticas consideradas negativas são práticas que contribuem com as métricas listadas logo abaixo:

Bounce rate

Em português significa taxa de rejeição e traz a porcentagem de emails rejeitados pelo servidor do destinatário em comparação com o total de enviados.

Conheça os dois tipos de rejeições:

Soft bounce: acontece quando a mensagem não é entregue por um motivo temporário, como uma caixa de entrada lotada, por exemplo. Não deixe esta taxa passar dos 5%.

Hard bounce: ocorre quando a mensagem não pode ser entregue por motivos permanentes, como casos de emails inexistentes ou bloqueio do servidor. O ideal é manter em até 3% das campanhas enviadas.

Marcação de SPAM

Sei que você já está craque em SPAM e só de ouvir já dá medo, afinal, é o principal inimigo da sua estratégia.

Saiba o que é email marketing e marcação de SPAM

Essa é a métrica mais delicada e você deve estar muito atento quanto a ela. Não deixe a porcentagem ser superior a 0,1%.

Assim que o relatório apontar pessoas que marcam seus emails como SPAM, parece de enviar mensagens para elas o mais rápido possível.

Siga todas as práticas sugeridas ao longo do conteúdo e não cairá nessa furada.

Descadastros

Como o nome diz, essa taxa aponta as pessoas que receberam seu email marketing e já se descadastraram.

Mantenha essa taxa com no máximo 1%.

Entre se descadastrar e ser marcado como SPAM, é preferível que o usuário se descadastre da sua lista.

Afinal, não vale a pena conversar com quem não quer te ouvir.

Se sua taxa for muito alta, avalie seu calendário e a qualidade do conteúdo enviado para o potencial cliente.

Não deixe de investir em um bom trabalho de email marketing

Pronto! Agora você já sabe o que é email marketing de trás para frente.

Embora muitos acusem esta estratégia de ser ineficaz e antiquada, se bem trabalhada e enviada para as pessoas realmente interessadas no seu trabalho, a chance de chegar ao seu objetivo é muito grande.

Esqueça esse papo de estratégia de marketing intrusiva. Como apontamos algumas vezes, é possível conversar com as pessoas que querem receber seus conteúdos e, assim, não deixar seu trabalho virar SPAM.

Por muito tempo foi um tipo de estratégia invasiva, mas, hoje, o email marketing evoluiu e pode ser uma ferramenta extraordinária para se relacionar com sua lista de email.

Não deixe de estudar seu público e iniciar sua campanha de email o quanto antes!

2020-01-09T17:06:11-03:00

Comente o que achou do conteúdo!

  1. […] queira saber mais sobre email marketing, consulte nosso guia sobre o […]

Deixar Um Comentário

Diagnóstico Gratuito do seu Marketing Conheça a Plataforma Ideal Marketing