>>Utilize o marketing viral e espalhe seu sucesso por aí

Utilize o marketing viral e espalhe seu sucesso por aí

Publicado: 27 de março de 2018 | Por: | Atualizado: 7 de fevereiro de 2020.

Ao analisar o marketing viral com um microscópio, veremos que ele pode se propagar de diversas formas e é uma excelente maneira de elevar o patamar da sua empresa a níveis não imaginados. Saiba como!

Está sem tempo de ler agora? Baixe este conteúdo e acesse offline

Você já deve ter ouvido falar dos vídeos virais, conteúdos publicados na internet com o objetivo de aumentar a popularidade de uma marca por meio do compartilhamento acelerado e em grande escala.

Mas e o marketing viral? O que ele tem a ver com isso?

Esse termo é um status que sua campanha atinge quando se torna tão popular que o próprio público se encarrega de compartilhar e divulgar sua ação de marketing.

A publicação de vídeos, como o dos pôneis malditos, por exemplo, é apenas uma forma de transformar seu marketing em viral.

Essa prática eficiente e de grande alcance já é usada há muito tempo e beneficiou diversas empresas, como você vai poder ver até o fim desse conteúdo.

E-book - Aprenda as melhores estratégias de marketing no whatsapp

E aí, quer saber como o seu negócio pode se beneficiar com o marketing viral? Então fica aí que a gente te conta!

Confira os tópicos:

Saiba o que é marketing viral

O marketing viral acontece, na maioria das vezes, quando uma empresa consegue encorajar o público a compartilhar uma determinada mensagem.

Mais do que uma maneira de divulgar sua marca, o marketing viral na verdade é um status atingido por sua campanha quando ela é compartilhada e comentada por diversas pessoas.

Digamos que seja um vírus do bem que espalha sintomas como popularização e reconhecimento, resultando em um diagnóstico de sucesso para a sua empresa.

Porém, para suas campanhas alcançarem este nível, é necessário realizar ações de marketing efetivas por meio de vídeos ou outros conteúdos capazes de gerar engajamento instantâneo.

Esse interesse espontâneo do público só é possível quando a divulgação desperta nele sentimentos como humor, identificação e envolvimento.

Outra forma de promover uma campanha viral

Bom, até agora você já entendeu como funciona o marketing viral movido pela vontade do próprio público em popularizar um conteúdo. Mas será que é sempre assim?

Na verdade não, pois muitas vezes o marketing viral é feito de maneira mais sútil, quando o público nem percebe estar propagando uma determinada informação.

Nesse tipo de ação a empresa obriga o cliente a compartilhar a informação do seu produto.

Para ficar mais claro, podemos usar como exemplo um antivírus gratuito usado para proteger e-mails. Depois da instalação dele, qualquer mensagem enviada irá com um texto no rodapé com alguma propaganda da empresa em questão.

Ou seja, mesmo se o usuário não tiver interesse em divulgar a marca de antivírus, ele precisará fazer isso se quiser continuar utilizando o programa de maneira gratuita.

E aí, entendeu o que é marketing viral? Então se prepare para saber os resultados que ele pode gerar no mundo dos negócios e, por que não, na sua empresa.

Descubra como funciona o marketing viral

Independentemente da maneira como ele é realizado, o marketing viral tem sempre o intuito de espalhar, ou seja, viralizar uma determinada campanha.

O objetivo disso é gerar uma divulgação capaz de se propagar mais rapidamente se comparada com campanhas convencionais, pois conta com o trabalho do próprio público para popularizar cada vez mais aquele conteúdo.

Isso faz a marca ganhar uma notoriedade acima da média, sendo comentada, compartilhada e analisada à exaustão.

Com isso, a empresa fortalece seu nome no mercado e ainda tem um retorno financeiro além do esperado.

Bom, depois de entender a função do marketing viral, vamos ver alguns exemplos práticos dessa técnica de divulgação.

Marketing viral: exemplos de sucesso

Até aqui, além de explicarmos o objetivo do marketing viral, comentamos sobre o significado da expressão e falamos das principais formas de executá-lo.

Para que você tenha maior noção do resultado desse tipo de campanha, pegamos dois dos principais exemplos de sucesso. Confira:

Pôneis malditos

marketing viral pôneis malditos

Em 2011, a empresa Nissan chamou atenção ao criar um dos vídeos virais mais comentados do mercado publicitário até hoje.

A montadora, em uma tentativa de comparar a força de seus motores com o dos rivais, usou os famosos pôneis malditos para deixar a seguinte pergunta ao consumidor: “você quer cavalos de verdade em seu motor ou prefere pôneis?”.

O vídeo, publicado apenas no Youtube no primeiro momento, viralizou instantaneamente e logo chegou também à televisão, se tornando um fenômeno de compartilhamento e repercussão.

Hotmail gratuito

Marketing viral Hotmail

Lembra do exemplo que demos sobre o antivírus? Então, na verdade o Hotmail, da Microsoft, foi o pioneiro nesse tipo de marketing viral.

Muito antes de existirem os vídeos virais, a empresa estava se diferenciando no mercado por criar o primeiro servidor de e-mails que podia ser usado no próprio navegador, ou seja, sem a necessidade de instalar um programa.

Além disso, o Hotmail também se destacava por ser gratuito, mas com uma condição: a cada e-mail enviado, o usuário era obrigado a mandar um link no rodapé da mensagem com a frase “Poderoso email gratuito com a segurança da Microsoft. Obtenha agora”.

A ação foi tão efetiva que em 18 meses o Hotmail já tinha mais de 12 milhões de usuários em todo o mundo.

Conheça os benefícios do marketing viral para sua empresa

Bom, você já viu o sucesso que um conteúdo viral foi capaz de gerar para outras empresas, por isso agora é a hora de descobrir os benefícios que ele trará ao seu negócio.

Porém, lembre-se: para seu marketing se tornar viral, você precisa que o público compre sua ideia e seja o grande responsável por popularizar seu conteúdo mundo afora.

Tendo isso em mente, confira agora as três principais vantagens de tornar sua campanha viral!

Propagação instantânea

Mesmo investindo em outras formas eficientes de divulgação, sejam ou não por meio da internet, nenhuma ação trará resultado tão rápido quanto uma campanha pensada para ser viral.

Isso porque, como se dizia antigamente, “o melhor marketing é o boca-boca”, ou seja, quando o próprio público resolve propagar seu conteúdo.

Para usar como exemplo, digamos que sua empresa apresente, diariamente, uma propaganda no rádio oferecendo alguns de seus produtos.

Com essa forma de divulgação, sua marca pode demorar anos até entrar na mente dos consumidores.

Já por meio de um meme – imagens, vídeos, gifs e outros conteúdos de humor que se espalham via Internet -, é possível que o nome da sua empresa percorra grandes distâncias em pouco tempo.

Custos menores

O marketing viral, quando pensado de acordo com as possibilidades financeiras de uma empresa, pode gerar muito menos custos se comparado às ações de divulgação convencionais.

Isso porque, como foi mostrado no exemplo anterior, é possível transformar uma ação de marketing em um viral com apenas um conteúdo.

Além disso, você também economiza ao postar esse conteúdo em plataformas gratuitas, como redes sociais e Youtube.

Criação de vínculos com o consumidor

Uma ação de marketing, quando atinge o status de viral, é capaz de deixar sua empresa registrada no imaginário do consumidor mesmo muito tempo após a publicação de uma campanha.

Além disso, essa lembrança tende a ser mais produtiva para sua empresa, pois o consumidor terá criado um vínculo com ela por conta da ação marcante e engajadora que você realizou.

Viu como é possível produzir uma campanha de marketing viral e propagar sua marca rapidamente, gastando pouco e deixando o nome da sua empresa registrado na cabeça de seus clientes?

Então aprenda a fazer isso usando as redes sociais!

Aprenda a usar o marketing viral nas mídias sociais

Marketing viral nas redes sociais

As redes sociais até possuem páginas exclusivas para compra e venda de produtos, porém a maioria dos seus usuários estão procurando entretenimento ou informações relevantes.

Por isso, antes de pensar em produzir um conteúdo com o intuito de viralizar, analise o perfil do público e dê a ele algo que o faça rir, chorar, se sensibilizar, enfim, passe uma mensagem engajadora.

E aí, quer saber como espalhar seu conteúdo viral nas principais redes sociais?

Confira então algumas dicas importantes:

Tipo de conteúdo

Os vídeos virais são um bom caminho para propagar, rapidamente, sua marca nas redes sociais. Porém, nem todas as empresas possuem orçamento para lidar com essa despesa.

Se for o seu caso, opte por modelos mais simples, como imagens com frases de efeito sobre algum assunto importante ou até artigos com informações relevantes e exclusivas.

Produzir um meme, por exemplo, é uma das das melhores maneiras de viralizar um conteúdo.

Isso porque quando uma imagem, uma frase ou um vídeo se torna um meme significa que ele viralizou, pois foi compartilhado e comentado por milhares de pessoas.

Quais redes usar?

Na hora de escolher qual rede você utilizará para espalhar seu marketing viral é importante se fazer a seguinte pergunta: onde está meu público?

Por mais que seja importante usar todos os meios de comunicação, existem ações que se encaixam mais em um ambiente do que em outros.

Se você fez uma imagem mais focada no entretenimento é melhor divulgá-la em redes como Facebook, Twitter ou Instagram.

Agora, se o seu conteúdo tem mais chance de se tornar viral dentro de um público empresarial, por exemplo, o Linkedin é a rede mais indicada para recebê-lo.

Se quiser saber ainda mais sobre o tema, aproveite e leia nosso texto sobre como produzir marketing de conteúdo nas redes sociais.

Saiba usar todas as redes

Na hora de planejar sua campanha, você pode escolher uma das principais plataformas de divulgação, mas durante sua ação de marketing é necessário que ela percorra o máximo de mídias possíveis.

Para você entender melhor, vamos supor que sua empresa produziu um vídeo e postou no Youtube.

Beleza, você já pode conseguir um bom público por ali, porém é importante compartilhá-lo no Facebook, Instagram, Twitter e outros.

Isso porque sua ação deve percorrer o máximo de plataformas possíveis, sempre com o formato que mais se encaixa a cada uma.

Em alguns casos, é necessário adequar o conteúdo para cada tipo de ferramenta, pois elas possuem linguagens diferentes e são frequentadas por públicos distintos.

Ou seja, se você postou um texto sobre algum assunto no Facebook, por exemplo, deverá reduzir o tamanho dele na hora de colocar no Twitter, que permite apenas 280 caracteres.

Caso também poste esse conteúdo no Instagram, deverá dar mais foco à imagem.

Cative, conquiste e venda!

Durante este conteúdo, vimos como o marketing viral é capaz de dobrar o reconhecimento da sua marca no mercado.

Isso porque usando esse tipo de campanha, você conta com o próprio público para promover sua empresa.

Dessa forma, é possível conseguir uma visibilidade acelerada e criar laços duradouros com seu público.

Por isso, chame agora mesmo toda sua equipe e pense em uma estratégia sólida para emplacar suas imagens, artigos e vídeos virais.

Ah, e não se esqueça de usar e abusar das redes sociais, pois são as principais zonas de contágio por marketing viral.

E se precisar de mais alguma dica para viralizar, conte sempre com a Ideal Marketing!

2020-02-07T09:32:09-03:00

Deixar Um Comentário

Diagnóstico Gratuito do seu Marketing Conheça a Plataforma Ideal Marketing