Como fazer storytelling pode valorizar a imagem da sua marca

//Como fazer storytelling pode valorizar a imagem da sua marca

Por: | Publicado: 5 de dezembro de 2018 | Atualizado: 5 de dezembro de 2018.

Você sabe como fazer storytelling? Essa técnica que tem ganhado força no mercado é capaz de agregar valor às estratégias do Marketing. Usar a imaginação e criatividade para contar histórias aos consumidores pode ser o diferencial do seu negócio.

O Marketing Digital é resultado de grandes mudanças ocorridas no campo da publicidade. O público, que busca cada vez mais conteúdos relevantes no ambiente online, fez com que as marcas também atualizassem a sua postura no formato daquilo que é oferecido.

Agora os materiais de atração e divulgação já não podem ser, em hipótese alguma, rasos, superficiais ou vazios de criatividade.

O desafio se tornou maior, porque além das informação de qualidade é preciso cativar o leitor, de forma a engajá-lo e não só convence-lo com relação ao que está sendo dito.

Dessa maneira, saber criar material de forma envolvente e cativante é essencial para conseguir atrair os consumidores e torná-los clientes.
Diante dessa técnica que têm funcionado, mas ainda gera dúvidas em seu desenvolvimento prático, surgiu a estratégia de storytelling.

Aliás, você sabe o que é storytelling?

Conforme falamos no conteúdo, ele consiste em um conjunto de técnicas as quais têm como função transformar determinado assunto em uma história narrada de forma bem elaborada, envolvente e irresistível aos olhos do público.

Veja a seguir como fazer storytelling e conte histórias cativantes aos consumidores que, dessa forma, estarão um passo mais próximo de se tornarem clientes!

Como fazer storytelling

Papel e caneta na mão, e imaginação aflorada, pois vamos adentrar o mundo da narração de histórias 😉

Estrutura em 3 atos (Introdução, desenvolvimento e conclusão)

Toda história exige um formato. Por isso, depois de ter um tema é preciso definir como ele vai ser encaixado nas etapas de introdução, desenvolvimento e conclusão.

Aqui vão algumas dicas:

Na introdução, apresente o cenário, o tempo, os elementos que nortearão o desenrolar da narração, você pode também apresentar alguns personagens.

No desenvolvimento, é hora de apresentar outros personagens, o início dos acontecimentos, evolução/transformação do espaço e tempo.

A conclusão é sempre o granfinalle. Mostre o desenrolar dos fatos, o desfecho dos acontecimentos ocorridos com cada personagem e com a história como um todo.

Mas, é bem verdade que saber como fazer storytelling envolve imaginação e criatividade.

Portanto, se sentir a necessidade de inverter essas etapas, ou abordá-las sob uma perspectiva diferente não tem problema, é claro que o importante é não perder o foco e garantir a completa assimilação e satisfação do leitor.

Saiba o que cativa e emociona àqueles para quem a história se destina

Seja qual for o texto, ele se destina a um tipo de leitor.

Se estamos falando de histórias essa inclinação ao leitor se torna ainda mais aguda, afinal histórias normalmente contém elementos lúdicos e/ou trechos que vão mexer com a imaginação do leitor.

Portanto é preciso se basear em um roteiro que desperte os gatilhos emocionais e gere empatia em que lê.

Sendo assim, estudar a sua persona antes de iniciar a escrita é fundamental. Baseie-se em assuntos que seus consumidores gostam e faça uma abordagem no estilo que se adeque ao perfil de linguagem deles.

Apresente heróis, desafios, embates, resultados

Uma boa história conta, com certeza, com um herói. Esse herói pode tanto ser alguém declarado desde o início, ou um personagem que ganha mais força ao longo do texto.

Quando pensamos em como fazer storytelling no mundo empresarial, o marketing e a publicidade assumem esse desafio.

Ou seja, ao criar peças publicitárias ou materiais de divulgação no estilo storytelling, é preciso fazer o possível cliente se conectar com algum tipo de herói.

Conforme dito, esse herói pode ser um personagem imediatamente apresentado ou não.

Além disso, no contexto dos negócios o herói pode ser outro elemento e não um personagem.

Tudo dependerá do que você quer despertar mais forte na mente do consumidor.

Desafios, obstáculos, drama, curiosidade e humor são recursos que podem tornar a história mais envolvente.

Ao final, o desfecho deve gerar conexão e empatia no leitor

Saber como fazer storytelling envolve a criação de uma narrativa que amarra um fato a outro numa dança que dá origem a um contexto geral.

Desde a primeira linha até a última será preciso prender a atenção do leitor.

Em tempos nos quais as pessoas estão dedicando cada vez menos tempo à leituras densas, você precisará fazer um trabalho minucioso onde cada linha seja indispensável para a história, de modo que ela seja objetiva e não muito longa.

Além disso, o final precisa oferecer um desfecho envolvente. Concentre-se em oferecer um final que valorize toda a narração e que desperte uma assimilação profunda e emocional no leitor.

Conte a história da sua marca!

Agora que você já sabe como fazer storytelling, o primeiro passo é escolher um tema.

Que tal contar a história da sua marca?

Certamente é possível encontrar elementos emocionantes e gatilhos de sentimento que vão fazer o consumidor se tornar mais próximo da empresa e do que ela oferece.

Isto é, por meio de uma boa história é possível fazer o cliente criar conexão com o motivo de você fazer aquilo que faz.

Sendo assim, seja qual for o seu tema, não se esqueça da estrutura baseada em introdução, desenvolvimento e conclusão, use de forma oportuna, nas etapas certas, os elementos que cativam e geram emoção no leitor.

Não se esqueça da possibilidade de usar heróis, mitos e personagens de personalidade forte.

Além disso trace uma narrativa composta por passagens de ação, gerar curiosidade pode ser uma boa estratégia.

No mais, não esqueça também de criar desafios, oportunidades, obstáculos e resultados!

Você já sabe como fazer storytelling, cative seus leitores como o Pequeno Príncipe cativou a querida amiga raposa 😉

2018-12-05T12:07:58+00:00

Deixar Um Comentário