Como fazer para aparecer nas pesquisas do Google

Ícone Ideal Marketing

Por:

Publicado: 18 de maio de 2021 | Atualizado: 20 de maio de 2021.

Atualmente, qualquer empresa deseja aparecer nas pesquisas do Google. Afinal, mais de 90% das compras são iniciadas com uma busca na internet.

E nada melhor do que ser encontrado pelas pessoas, justamente quando elas já estão procurando pelo produto ou serviço que você oferece.

Por isso, quanto mais sua empresa aparecer nas pesquisas do Google, maiores serão as chances de sucesso para o seu negócio.

Mas a concorrência na internet é muito grande e os usuários costumam acessar somente os sites exibidos na primeira página, principalmente nas primeiras posições.

Mas quais sites conseguem ser exibidos nessas primeiras posições? O Google e todos os outros sites de busca possuem algoritmos, que são como robôs virtuais, que vasculham toda a internet para apresentar os sites mais relevantes para a busca do usuário.

Por isso, é importante conhecer todas as formas como sua empresa pode aparecer no Google e o que você pode fazer para conseguir um bom posicionamento nos resultados.

Nesse artigo, vamos te ajudar a compreender melhor o funcionamento do Google e o que você precisa fazer para aparecer na frente da concorrência nas pesquisas na internet.

Funcionamento do Google

O Google é a principal ferramenta de buscas na internet. Afinal, ele processa diariamente mais de 3 bilhões de pesquisas, acessando mais de 50 trilhões de sites catalogados. Por isso, os resultados das buscas do Google são as principais “vitrines” que um negócio pode ter na internet.

Um grande diferencial do Google em relação às redes sociais, por exemplo, é que ele é usado por pessoas que já têm uma necessidade definida e estão em busca de alternativas para atender a essa necessidade. Ou seja, a necessidade já está latente.

Por isso, a divulgação no Google apresenta resultados bem mais rápidos do que a divulgação nas redes socias.
Existem três formas básicas de seu negócio ser exibido pelo Google: resultados orgânicos (site), resultados pagos (anúncios) e ficha da empresa (Google Meu Negócio).

Os resultados orgânicos são exibidos no centro das páginas. Já os resultados pagos são exibidos nas extremidades das páginas (no começo e no final) e identificados com o termo “Anúncio” antes do link do site. Por fim, as fichas das empresas costumam ser exibidas na lateral da página.

O ideal é que sua empresa tenha boa performance em todos os três tipos de resultados de pesquisa do Google. Mas cada uma delas tem características e estratégias diferentes.

Resultados orgânicos

Os resultados orgânicos são aqueles exibidos pelo Google de forma natural, sem a necessidade de nenhum tipo de investimento em anúncios. O Google simplesmente analisa o termo de pesquisa que está sendo usado pelo usuário e então apresenta os sites que ele julga serem mais relevantes para aquela busca.

A maioria das pessoas prefere clicar nos links dos sites apresentados de forma orgânica do que nos sites de anúncios. Isso porque o Google costuma exibir nas primeiras posições da pesquisa orgânica os sites com mais relevância e credibilidade, independentemente de qualquer outro critério.

Além de não serem necessários investimentos diários no Google para ter bom posicionamento nas pesquisas orgânicas, os resultados são mais sustentáveis. Afinal, depois de você trabalhar na produção do conteúdo e em otimizações, o site continuará atraindo visitas ao longo do tempo sem maiores esforços.

Para despertar interesse, o conteúdo do site deve ser relevante para o seu público. Além de apresentar seus produtos e serviços ele deve, de alguma forma, educar, informar ou entreter os visitantes. Dessa forma, o site consegue atrair engajamento, construir autoridade e ganhar pontos com o Google, que passa a apresenta-lo cada vez mais nas pesquisas.

Além de conteúdo relevante, também é muito importante que sejam usadas técnicas de SEO para aumentar a visibilidade do site.

Técnicas de SEO para aparecer nas pesquisas do Google

As técnicas de SEO (Search Engine Optimization) são práticas de programação e produção de conteúdo utilizadas para melhorar a performance dos sites nas pesquisas do Google. Existem várias estratégias diferentes, que são atualizadas constantemente.

Por isso, muitas empresas preferem contratar profissionais especialistas nesse assunto para fazer a gestão do site, utilizando as técnicas de SEO. De qualquer forma, algumas medidas básicas já podem trazer grandes impactos no resultado das pesquisas.

Ter um site “responsivo”, que funcione bem em qualquer tipo de dispositivo (celulares, computadores, tablets), é essencial. Atualmente, a maioria das pesquisas são feitas a partir de telefones celulares, mas alguns sites antigos ainda não estão adaptados para as telas menores desses aparelhos.

Outra medida importante é utilizar ao longo do site, as principais “palavras-chave” que você acredita que seu público-alvo utiliza nas pesquisas. Essas palavras-chave devem constar em pontos estratégicos das páginas (título e URL), mas também devem fazer parte do corpo dos textos, dos cabeçalhos e das legendas das fotos.

Também favorece muito quando existe uma rede de links (externos e internos) associada ao seu site. Com isso, o Google entende que o site tem autoridade no mercado por se relacionar com outros sites, desde que sejam confiáveis e de qualidade. E, por isso, merece ser exibido nas primeiras posições dos resultados das pesquisas. Então, investir em link building pode ser uma excelente estratégia para criar a autoridade do seu site.

Gerenciamento do tráfego no site

Gerenciar o tráfego do seu site é uma tarefa essencial para aparecer nas pesquisas do Google. Significa tomar decisões baseado em dados e estatísticas. Ou seja, é necessário coletar, medir, analisar e fazer ajustes periodicamente para melhorar a performance.

A ferramenta mais utilizada para análise da audiência dos sites é o Google Analytics. Ela coleta os dados de navegação nos sites e gera relatórios para análises. É possível, entre outras coisas, levantar a quantidade de visitas, identificar o canal de origem das pesquisas dos usuários e como interagem com o site.

Uma das grandes vantagens do gerenciamento do tráfego é compreender melhor o público-alvo e fazer ajustes para entregar no site o que tem mais procura e desperta mais atenção. É possível conhecer os dados demográficos da sua audiência, os horários que eles mais acessam, os dispositivos que utilizam e a origem das visitas.

Se, por exemplo, houver uma representatividade maior de visitantes de uma determinada faixa etária, gênero ou cidade, você pode ajustar o conteúdo do site, as palavras-chave e os anúncios para esse público específico e, assim, aumentar o engajamento.

Gerenciar o tráfego do site possibilita descobrir o que está fazendo sucesso no site e o que não está trazendo bons resultados. É possível, por exemplo, identificar quantas visitas cada página teve e quanto tempo as pessoas permaneceram em cada uma delas. Dessa forma, você pode melhorar ou eliminar páginas pouco populares e manter as que geram maior engajamento.

Resultados pagos

Os resultados pagos são anúncios feitos através da ferramenta Google Ads. Os anunciantes configuram as informações que devem ser exibidas (títulos, descrições, links), elegem alguns termos de pesquisa (palavras-chave) para os quais os anúncios devem ser exibidos e define valores a serem pagos para o Google sempre que alguém clicar no link do anúncio.

Existe uma espécie de leilão entre os anunciantes para cada palavra-chave. Mas o Google não leva em consideração somente o valor pago para decidir quais anúncios devem ter maior prioridade na exibição.

Também é levada em consideração a qualidade do site de destino e a coerência entre palavra-chave, anúncio e site. Embora haja dezenas de variáveis e critérios adotados pelo Google, que estão sempre sendo atualizados, de forma simplificada, a posição do seu anúncio depende da combinação dos seguintes elementos:

  • valor do lance
  • qualidade da página de destino
  • equivalência entre palavra-chave, anúncio e página de destino
  • histórico de desempenho na palavra-chave
  • contexto da busca

Embora não seja necessário nenhum conhecimento muito especializado para criar os anúncios no Google Ads, muitas empresas preferem contratar profissionais terceirizados ou agências de marketing digital para criar e gerenciar os anúncios.

Como criar anúncios para aparecer nas pesquisas do Google

De forma resumida, é necessário configurar uma conta, campanhas, grupos de anúncios, redigir os artigos e definir as palavras-chave com seus respectivos lances. Para obter melhores resultados, os textos dos anúncios devem ser persuasivos, usando técnicas de copywriting, gatilhos mentais e chamadas para ação.

Você deve definir o público-alvo para suas campanhas (localização, sexo, idade, interesses) para que os anúncios sejam exibidos somente para quem tem potencial de ter interesse no que está sendo anunciado.

Por fim, uma excelente estratégia é criar campanhas de remarketing para as pessoas que já visitaram seu site.

Ficha da empresa

Essa é a maneira mais simples do seu negócio aparecer nas pesquisas do Google. Não é necessário pagar por um anúncio nem mesmo ter um site. O Google disponibiliza através de uma ferramenta chamada Google Meu Negócio um cadastro gratuito para as empresas informarem sua localização, contatos, horário de funcionamento, produtos e serviços, perguntas e respostas, fotos e eventos.

Essas informações são exibidas nos resultados das pesquisas e também no Google Maps. Por isso, é muito importante para negócios que possuem um endereço de atendimento. Pois sua empresa terá grande chance de ser indicada nas pesquisas das pessoas que estejam nas proximidades.

Os algoritmos do Google priorizam a exibição das fichas cadastrais das empresas de acordo, principalmente, com as seguintes variáveis:

  • distância: distância entre o endereço da empresa e o local onde a pesquisa está sendo realizada
  • relevância: melhor combinação entre os dados da ficha e os dados da busca
  • proeminência: popularidade e reputação da empresa

Como administrar a ficha cadastral para aparecer nas pesquisas do Google

Para ter bons resultados, é importante fazer o preenchimento completo da ficha cadastral. Quanto mais completo for o preenchimento, maior credibilidade terá com o Google. Também é importante inserir bastantes fotos da empresa e de seus produtos.

O Google também monitora a frequência e o tempo de retorno das suas interações com os internautas que utilizam a opção de perguntas e respostas. Para não ser penalizado, é recomendado responder a todos os questionamentos.

Como você pode notar, existem várias maneiras de aparecer nas pesquisas do Google. Por outro lado, a concorrência na internet não para de crescer. Mas adotando as melhores práticas, as chances do seu negócio ter mais visibilidade crescem.