Tempo de vida do produto: tudo o que você precisa saber para aumentar as vendas da sua empresa

//Tempo de vida do produto: tudo o que você precisa saber para aumentar as vendas da sua empresa

Por: | Publicado: 18 de abril de 2019 | Atualizado: 20 de abril de 2019.

Saber sobre o ciclo de vida do produto é fundamental para manter o seu negócio à frente da concorrência. Quando observado de maneira minimalista, um produto consegue fazer com que a sua marca seja relevante e tenha autoridade perante o setor do qual atua.

É muito comum nos depararmos com produtos entrando e saindo do mercado com uma velocidade fora do comum.

Não apenas isso, é possível encontrar constantemente empresas abaixando o valor de uma mercadoria com frequência, colocando-a nas famosas queimas de estoque.

Mas por que isso acontece? Tudo isso pode ser respondido com uma estratégia de marketing voltada para o tempo de vida do produto.

Ainda está com dúvidas? Então fique de olho nesse conteúdo e saiba tudo sobre o tempo de vida do produto:

Tempo de vida do produto: o que é?

Basicamente, o tempo de vido do produto é uma estratégia usada no intuito de divulgar e saber por quanto tempo uma mercadoria pode ser vendida sem perder o seu valor.

Esse tipo de modelo varia de produto para produto, a depender da categoria a qual ele está inserido.

Por exemplo, um item de consumo tem seu tempo de vida de um produto definido a partir de 4 fases:

  • 1. Introdução;
  • 2. Crescimento;
  • 3. Maturidade;
  • 4. Declínio.

Quando se chega na fase de declínio, isso significa que o produto deve ser retirado das prateleiras do mercado a fim de ser substituído por outro, mais inovador e melhor.

Para identificar em qual fase o produto se encontra, observe a quantidade de vendas e o avanço tecnológico da área.

Essa atitude é extremamente benéfica para o seu negócio, pois os consumidores permanecerão fiéis a sua marca, uma vez que você está aberto a mudanças positivas.

Sendo assim, entenda o tempo de vida do produto da sua empresa com intenção de manter uma boa gestão e fazer o seu empreendimento não deslanchar.

Por isso, antes de mais nada, vale você dar uma conferida em cada fase do tempo de vida do produto da sua empresa com a finalidade de manter um modelo de oferta bem planejado.

Primeira fase: Introdução

A introdução do tempo de vida do produto contempla desde o início das vendas da sua mercadoria até o ponto do qual atinge e mantém um crescimento em constante evolução.

Em suma, o processo de Introdução é muito mais sucinto se comparado com as outras fases, pois engloba produção, clientes, distribuição, entre outros processos.

Sendo assim, a introdução do tempo de vida do produto envolve a validação da proposta, com a intenção de se certificar se vale a pena ou não investir naquela ideia e segmento.

Vale ressaltar que  no início da promoção e divulgação de seu produto, a concorrência não é tão acirrada e agressiva e, por isso, ele pode se tornar destaque no mercado, dependendo da atração de clientes, qualidade do produto e eficácia da divulgação.

Segunda fase: Crescimento

Esta fase do tempo de vida do produto é considerada uma das mais importantes, pois já é possível escalar a produção e a distribuição no sentido de atender a demanda de clientes, tornando as vendas muito mais eficazes.

Aqui a concorrência já consegue decretar uma batalha nos preços baixos, colocando os seus produtos em ofertas similares, com preços atraentes.

Essa atitude vai estimular os seus consumidores a procurarem por ofertas melhores se comparada com as suas.

Sendo assim, é preciso de uma estratégia de marketing e vendas muito bem alinhada para o seu produto chegar até a fase de Maturidade do tempo de vida do produto.

Terceira fase: Maturidade

Esta fase do tempo de vida do produto demanda um pouco mais de tempo do se comparada com as outras.

Isso porque nela o mercado está estabilizado e, com o passar de determinado período, ele é saturado.

Ou seja, aqui há o aumento do número de empresas concorrentes, representando a perda ou não de clientes.

Então, nessa fase do tempo de vida do produto o consumidor começa a decidir qual dos lados da batalha ele vai escolher, levando em conta ações como redução de preço e outras vantagens que são oferecidas.

Sendo assim, é essencial se diferenciar da sua concorrência a partir de estratégias assertivas de marketing e branding.

Quarta fase: Declínio

Na fase de Declínio do tempo de vida do produto, vemos mudanças consideráveis no mercado que fazem as vendas caírem, principalmente por causa da concorrência.

Isso se deve às novas soluções apresentadas no mercado, além da evolução do gosto dos clientes e alterações tecnológicas, tornando o produto cada vez mais ultrapassado.

Por isso, não se assuste se os lucros diminuírem nessa fase do tempo de vida do produto.

O mais indicado, portanto, é investir em ofertas de novas soluções ao seus consumidores, além de fazer uma queima de estoque ou retirar o produto da linha de produção.

Por que é importante saber o tempo de vida do seu produto?

Saber o tempo de vida do produto da sua empresa é extremamente importante se você quiser ter uma estratégia de marketing eficiente.

Isso porque esse modelo ajuda você a convencer os seus potenciais clientes a realizarem o fechamento de uma compra no momento certo.

Além disso, o Marketing consegue tirar proveito do tempo de vida do produto das seguintes formas:

Alongar o tempo de vida das fases de Crescimento e Maturidade

As fases de crescimento e maturidade são consideradas as melhores etapas do tempo de vida do produto.

E como nelas o potencial de lucro é muito maior, um planejamento de marketing baseado no tempo de vida do produto pode melhorar seus resultados.

Isso porque com essa prática você consegue fortalecer o produto, no intuito de fazer ele ganhar cada vez mais espaço dentro do mercado, mesmo ele sendo ultrapassado.

Não podemos esquecer que, quanto mais tempo o seu produto ficar nessas duas fases, o retorno sobre investimento (ROI) será muito melhor.

Tomar a dianteira do segmento do mercado

Toda empresa que se dispõe a entender melhor o tempo de vida do produto raramente sofre com surpresas desagradáveis pela concorrência.

Além disso, se as campanhas de marketing digital forem criadas com base no tempo de vida do produto, é possível ter resultados muito melhores do que aquelas que não fazem isso.

O conhecimento do valor dos resultados do tempo de vida do produto faz as empresas se tornarem líder do segmento, tomando, além disso, a dianteira na retirada de produtos da linha, lançando novas soluções para os problemas de seus consumidores.

Ou seja, se você souber o potencial da sua mercadoria por meio do tempo de vida do produto, é muito possível alterar a abordagem a fim de que o consumidor se mantenha interessado nele.

Dar aquilo que o seu público quer

Oferecer o que o público realmente quer e necessita é uma das grandes vantagens do tempo de vida do produto. Principalmente na hora de fazer marketing.

Como é possível perceber, os consumidores estão sempre atentos às novidades e as inovações tecnológicas acerca do seu segmento.

Nesse sentido, não valeria a pena você promover um produto na fase de declínio do tempo de venda do produto, pois acarretaria na desconfiança e o seu cliente provavelmente procuraria outra marca com o intuito de solucionar os seus problemas.

Desse modo, também é necessário você saber o verdadeiro valor de um cliente individualmente.

Insira essa realidade no Marketing Digital

Como foi visto acima, as fases do tempo de vida do produto da sua empresa se distinguem e, por isso, é preciso saber usufruir de cada uma delas com sabedoria.

Com todas as fases bem alinhadas e estruturadas, é possível manter o seu produto no mercado por mais tempo, ainda rendendo lucro ao seu negócio.

Saiba agora como alavancar cada vez mais o seus produtos no mercado:

Deixe os clientes na expectativa

Deixar o seu público na expectativa acerca de um determinado produto é fator determinante para que o item se saia bem desde a fase de Introdução do tempo de vida do produto.

Para isso, você precisa ter alinhada uma estratégia de marketing de conteúdo e de divulgação em todos os seus canais de comunicação, como as redes sociais.

Tração alavanca o produto

Depois de passar do estágio de Introdução do tempo de vida do produto, a sua mercadoria precisa chegar até a fase de Crescimento o mais rápido possível.

Nesse sentido, é preciso dar uma tração no intuito de gerar maior lucro e demanda de clientes valiosos.

Essa tração só será possível por meio de clientes já conquistados desde a fase de Introdução do tempo de vida do produto.

Isso pode acontecer por meio de compartilhamento de redes sociais, além da coleta de depoimentos desses clientes para colocar no site da sua empresa.

Sendo assim, não deixe o conteúdo de lado, pois ele continua sendo um artifício fundamental para alavancar os seus produtos.

O posicionamento da sua marca

Posicionar a marca da sua empresa é sinônimo de se destacar na fase de Crescimento do tempo de vida do produto.

Isso porque tal posicionamento permite que os clientes confiem cada vez mais no seu negócio e, consequentemente, torna o ltv marketing mais rentável.

A dica a ser seguida é fazer uma junção com outras empresas do seu ramo para se tornar autoridade no mercado.

É hora de expandir

Como se sabe, a fase de Maturidade é a mais longa do tempo de vida do produto, pois é nela que o mercado se estabiliza.

Normalmente, nessa fase as empresas se esquecem que conseguem se expandir e encontrar oportunidades para posicionar melhor os seus produtos. Esse erro você não deve seguir.

Portanto, tendo um bom posicionamento de marca e a confiança dos clientes, é possível expandir o alcance da sua dos seus e negócios, sendo reconhecida por todos.

Os fatores contribuintes para isso são:

  • Rankeamento nos mecanismos de busca;
  • Sempre estar presentes nos canais de comunicação, principalmente nas redes sociais;
  • Possuir um planejamento de criação de conteúdo eficaz.

Agora que você sabe tudo sobre o tempo de vida do produto, é necessário entender o quão valioso pode ser um cliente para o seu negócio.

Lifetime value: o valor do seu cliente para o seu negócio

Também conhecido como LTV, o Lifetime value, resumidamente, representa o valor vitalício do qual estima o lucro líquido de um cliente do seu negócio.

Saber a definição de lifetime value e como calcular essa métrica é extremamente importante para o sucesso do seu empreendimento.

Basicamente, o lifetime value calcula todo o valor vitalício de um determinado cliente enquanto ele permanecer dentro do seu negócio.

Mas como fazer o cálculo da métrica do ltv marketing?

Vamos supor que um de seus vários clientes está com você há, mais ou menos, 5 anos. Ao longo desse período, ele realizou 6 compras.

Depois disso, se absteve e não comprou mais nada da sua marca.

As compras tiveram os determinados valores:

  • Primeira compra: R$ 250,00;
  • Segunda compra: R$ 176,00;
  • Terceira compra: R$ 50,00;
  • Quarta compra: R$ 87,00;
  • Quinta compra: R$ 120,00;
  • Sexta e última compra: R$ 60,00.

O valor total de todas as compras foi de R$ 743,00. Isso significa o resultado do lifetime value (LTV) desse indivíduo.

Olhando assim, pode parecer que o lifetime value calcula o valor de cada cliente separadamente.

Porém, se o cálculo fosse feito individualmente, o resultado demoraria muito a aparecer.

O real objetivo do lifetime value é calcular e analisar todos os clientes de um modo geral, encontrando a média de todos os valores gastos por eles e o seu tempo de permanência e fidelidade à sua marca.

Mas como calcular o Lifetime value?

Pode parecer complicado de início, mas é preciso saber o LTV significado de cada cliente, no intuito de ter conhecimento se ele está ou não trazendo resultados ao seu empreendimento.

Esse cálculo pode ser facilitado com uma fórmula básica:

LTV = Gastos mensais (cliente) x Tempo de parceria (cliente/empresa)

O mais adequado, no entanto, é ser mais claro. Vamos a um exemplo:

Um cliente da sua empresa gasta R$ 350,00 todo mês.

Esse mesmo cliente tem um tempo de parceria com a sua empresa de um período de 2 anos.

A fórmula, seguindo o exemplo acima, ficaria assim:

LTV = 350 (seria o ticket médio) x 12 (é o número de compras ao ano) x 2 (o tempo do cliente com a sua empresa)

LTV = (R$ 350,00 X 12) x 2

LTV = R$ 4,2 mil x 2

LTV = R$ 8,4 mil

Sendo assim, o lifetime value do seu consumidor seria de R$ 8,4 mil.

Um Lifetime value mais potente é feito com a junção de outras métricas:

  • CAC (Custo de aquisição de cliente): é uma métrica na qual é possível analisar o quanto a sua empresa tem gastado com novos clientes;
  • Ticket médio: o valor gasto por cada cliente durante um determinado período do qual ele selou a parceria com a sua empresa.  

Esses dois indicadores são considerados os mais importantes para auxiliar no cálculo do Lifetime value, uma vez que ajudam a demonstrar a real situação do seu negócio.

Por que o Lifetime value é tão essencial para o seu negócio?

Entender o LTV significa saber o quanto de dinheiro os seus consumidores gastam e por quanto tempo eles estão usufruindo dos seus produtos.

Além disso, o LTV significa ajudar a equipe de marketing a controlar orçamentos e não perder dinheiro a longo prazo.

Fora isso, sabendo fazer o lifetime value corretamente, é possível corrigir diversas falhas das quais levam os seus consumidores a desistirem de serem clientes do seu negócio.

Saiba o tempo de vida do produto e o valor que o cliente tem para a sua empresa

Neste conteúdo, você aprendeu o que é LTV e como LTV marketing pode ser importante. Principalmente pelo fato de dar rentabilidade ao seu negócio.

Além disso, foi visto, como ponto principal, a importância de saber sobre o tempo de vida do produto da sua empresa.

Tal ciclo é composto pelas seguintes fases:

  • Introdução;
  • Crescimento;
  • Maturidade; e
  • Declínio.

Ao saber e seguir essas fases do tempo de vida do produto, as chances do seu produto e da sua marca se engajarem mais no mercado serão muito maiores.

2019-04-20T15:42:51-03:00

Deixar Um Comentário

Diagnóstico gratuito do seu marketing

Descubra agora como está o Marketing Digital do seu negócio e como aumentar seu potencial de vendas

Quero um diagnóstico