Métricas de e-commerce: Principais KPIS para você monitorar na sua loja virtual

Métricas de e-commerce: Principais KPIS para você monitorar na sua loja virtual

Ícone Ideal Marketing

Por:

Publicado: 2 de abril de 2020 | Atualizado: 3 de abril de 2020.

 

Métricas de e-commerce são parâmetros variáveis que possibilitam comparar performances no comércio eletrônico. Quem como você possui ou pretende ter uma loja virtual ou multi loja precisa observar as métricas todos os dias e, mais do que isso, otimizá-las. Só assim é possível evoluir, vender e lucrar mais no setor.

Neste contexto, integrada a cada métrica está a chamada KPI, a qual é uma sigla inglesa para o termo Key Performance Indicator ou, em Língua Portuguesa, Indicador Chave de Desempenho. Cada KPI é um número que funciona como uma meta que deve ser superada em um período.

A título de exemplo, digamos que você possua uma loja virtual cuja Taxa de Rejeição (Bouce Rate) seja de 80%. Ou seja, no que diz respeito a esta métrica, a cada 100 visitantes, 80 saem sem realizar nenhuma ação na sua loja online. Como usar uma KPI neste caso?

É muito simples. Observe que é necessário baixar o percentual de Bounce Rate da loja online para desse modo ter mais interações e consequentemente mais vendas. Assim, basta criar uma expressão do tipo:

  • Fazer com que a Taxa de Rejeição caia para 70% no mês de abril

Viu só? Agora você tem uma meta a ser batida em um período de tempo. Isso é uma KPI. Depois de superá-la, aí então você poderá criar outras subsequentes como “Fazer com que a Taxa de Rejeição caia para 60% no mês de maio”, “50% em junho” e assim por diante.

Vale lembrar, uma KPI não vai ser batida apenas com a força do pensamento. Você precisa criar tarefas que lhe ajudarão a superá-la. Liste, então, logo abaixo da KPI as tarefas que deverá realizar durante o mês. No nosso exemplo, poderíamos trabalhar com as seguintes:

  • Realizar testes A/B para descobrir por que as pessoas saem da loja sem interagir;
  • Melhorar a usabilidade da loja virtual;
  • Melhorar a qualidade dos anúncios pagos.

Captou a mensagem? Muito bem! Agora, aproveite para conhecer algumas das principais métricas de e-commerce, são elas:

01 – Visitantes únicos

02 – Taxa de Conversão de Leads 

03 – Taxa de Conversão de Vendas

04 – Ticket Médio

05 – Taxa de Abandono de Carrinho

06 – Custo de Aquisição de Cliente

07 – Retorno do Investimento

08 – Outras métricas importantes

Saiba mais sobre elas logo em seguida!

01 – VISITANTES ÚNICOS

No e-commerce, “Visitantes Únicos” é uma métrica que abrange a quantidade de indivíduos que visitam uma loja virtual, multi loja, blog de e-commerce (ou uma página interna destes) em um determinado espaço de tempo. Por exemplo, 10.000 pessoas em 30 dias.

Assim como no comércio tradicional, quanto maior a quantidade de visitantes, maiores são também as chances de se realizar vendas. Por isso, você deve criar KPIs que façam subir a quantidade de pessoas dentro da sua loja virtual sempre.

02 – TAXA DE CONVERSÃO DE LEADS

“Conversão de Leads” é um parâmetro que informa o percentual de visitantes que se tornaram assinantes de conteúdo. Em outras palavras, é a quantidade de indivíduos que passaram pela sua loja virtual e assinaram seu E-mail Marketing, Newsletter, notificações push, etc.

Se você recebeu 10.000 visitantes no último mês e só 100 assinaram sua newsletter, então sua Taxa de Conversão de Leads foi de 1% no período. Pois bem, crie KPIs para subir estes números, pois desse modo poderá influenciar cada vez mais assinantes com seu conteúdo.

03 – TAXA DE CONVERSÃO DE VENDAS

“Conversão de Vendas” é uma métrica que expõe o percentual de visitantes únicos que comprou na sua loja virtual em um determinado período. Suponhamos que de 10.000 visitantes do último mês, 90 tenham comprado. Isso representa uma taxa de 0,9%.

No Brasil, a Taxa de Conversão de Vendas do comércio eletrônico é 1%. Crie KPIs para aumenta-la para 2%, 3% ou mais na sua loja. Para tanto, use tarefas de KPI como “Melhorar o layout e-commerce”, “Melhorar o Marketing Digital”, “Melhorar a descrição de produtos”, etc.

04 – TICKET MÉDIO

“Ticket Médio” é a divisão do seu faturamento e-commerce pelo número de vendas, o que demonstra o valor médio gasto pelos clientes em cada pedido. Obviamente, neste aspecto você deve trabalhar com KPIs e tarefas de otimização que visem aumenta-lo.

Ademais, em muitos casos a migração para uma plataforma e-commerce mais poderosa pode ajudar a aumentar o Ticket Médio. A VTEX, por exemplo, é ótima para isso. Caso não esteja por dentro, clique em “O que é VTEX” e conheça melhor este sistema.

05 – TAXA DE ABANDONO DE CARRINHO

“Abandono de Carrinho” é uma métrica que abarca o percentual de consumidores que entrou na sua loja online, selecionou produtos no carrinho virtual, mas que por algum motivo desistiu de finalizar a compra.

Se em um mês 1.000 consumidores selecionaram produtos e 900 não compraram, a sua Taxa de Abandono de Carrinho é 90%. Crie KPIs voltadas para reduzi-la. Trabalhe com otimizações como “Melhorar a segurança”, “Melhorar a usabilidade”, “Aumentar a credibilidade”, etc.

06 – CUSTO DE AQUISIÇÃO DO CLIENTE

“Aquisição do Cliente” é um parâmetro que nos permite visualizar quanto o e-commerce gastou para obter cada novo cliente. Ou seja, é o total da despesa e do investimento em Marketing e Vendas dividido pela quantidade de novos clientes em um período.

Se, em um mês, gastou R$ 5.000,00 e obteve 80 novos clientes, logo o seu Custo de Aquisição foi de R$ 62,50 por cliente neste espaço de tempo. Como se pode observar, o negócio aqui é criar KPIs voltadas para reduzir este custo e ao mesmo tempo aumentar a clientela.

07 – RETORNO DO INVESTIMENTO

“Retorno do Investimento” é o lucro que a sua empresa e-commerce obteve em relação ao que foi investido em um determinando período. Dito de outro modo, é o valor investido subtraído do lucro e dividido pelo valor investido.

 Por exemplo, caso tenha lucrado R$ 40.000,00 no último mês e investido R$ 2.900,00, então o seu retorno foi de 12,8%. Mês a mês, crie KPIs e tarefas para aumentar este número. Perceba que, neste ponto, a ideia é tentar fazer sempre mais com o que foi investido.

08 – OUTRAS MÉTRICAS DE E-COMMERCE IMPORTANTES

Existem dezenas de métricas de e-commerce, algumas mais e outras menos importantes. Seja como for, é sempre bom ficar de olho em todas elas, pois assim você poderá ter uma visão mais abrangente do seu negócio e obter mais insights para melhorias.

Por isso, fique atento também em métricas como:

  • Click Through Rate
  • Ciclo de Vida
  • Custo por Clique
  • Taxa de Reclamação
  • Taxa de Saída
  • Taxa de Conversão Upselling
  • Taxa de Conversão Cross-selling
  • Taxa de Trocas e Devoluções
  • Taxa de Amplificação
  • Custo por Lead
  • Tempo Médio Gasto na Página

Para ficar de olho nestas métricas use softwares analíticos como o Woopra, StatCounter, Gauges e Google Analytics, entre outros, além dos sistemas de gestão como ERPs e CRMs. Observe os dados, crie KPIs e tarefas de otimização. Invista em melhoria contínua para se superar e superar os concorrentes.

2020-04-03T12:02:21-03:00

Deixar Um Comentário

Diagnóstico Gratuito do seu Marketing