Início » Convidados » Marketing para escritórios de advocacia: 7 dicas essenciais

Marketing para escritórios de advocacia: 7 dicas essenciais

Publicado: 24 de setembro de 2019 | Por: | Atualizado: 25 de setembro de 2019.

Além do uso de um software jurídico, outro elemento que aumenta as chances de mais sucesso para advogados é o uso do marketing para escritórios de advocacia.

Está sem tempo de ler agora? Baixe este conteúdo e acesse offline

O marketing é essencial por posicionar adequadamente o escritório no mercado, com a possibilidade de conquistar novos clientes e aumentar o seu faturamento.

No entanto, não é fácil fazer uma boa estratégia de marketing para escritórios de advocacia.

É necessário entender como se comportar e quais técnicas usar.

E-book - Como crescer sua empresa com marketing digital

1. Entenda o que pode ser feito como marketing para escritórios de advocacia

O primeiro passo para montar uma boa estratégia de marketing para um escritório jurídico é entender o que é ou não é permitido fazer segundo a Lei.

Há um mito que diz que advogado não pode ter engajamento em atividades publicitárias ou fazer marketing. Isso não é permitido, claro.

É fato que não há a mesma liberdade de publicidade que em outros países do mundo, como nos EUA, mas os advogados têm a permissão de se promover no mercado. Isso é dito expressamente no artigo 28 do Capítulo IV do Código de Ética da OAB:

“O advogado pode anunciar os seus serviços profissionais, individual ou coletivamente, com discrição e moderação, para finalidade exclusivamente informativa, vedada a divulgação em conjunto com outra atividade.”

Já o artigo 1º do Provimento 94/2000 da OAB diz que:

“É permitida a publicidade informativa do advogado e da sociedade de advogados, contanto que se limite a levar ao conhecimento do público em geral, ou da clientela, em particular, dados objetivos e verdadeiros a respeito dos serviços de advocacia que se propõe a prestar”.

Resumindo: é permitido sim fazer ações publicitárias, desde que, claro, haja respeito às normas da OAB e sobriedade no trato das estratégias.

Isso significa que um advogado pode:

  • ter um site;
  • ter uma logo;
  • veicular anúncios na Internet;
  • participar de revistas jurídicas online;
  • participar em páginas de cadastro de profissionais jurídicos;
  • divulgar eventos ou premiações.

2. Cadastre seu escritório de advocacia no Google Meu Negócio

Se estivermos falando sobre a importância da gestão de clientes na advocacia, você precisará usar o melhor software jurídico de todos.

Como o assunto é Marketing, isso significa que você precisará contar com o apoio de quem é especialista no assunto. E tem alguém que sabe mais do que o Google?

O gigante de buscas tem um sistema específico para ajudar as empresas de todos os seguimentos: o Google Meu Negócio.

O sistema funciona como uma espécie de cadastro de empresas. Dessa forma, o Google sabe quando recomendar os seus serviços para os usuários, incluindo-o nas pesquisas ou no Maps.

O Meu Negócio ainda permite interagir com os clientes, gerenciar as suas informações comerciais e ampliar a sua presença online.

Para usá-lo, é muito fácil: basta entrar no site oficial do sistema e criar sua conta gratuitamente.

3. Crie um site completo para o seu escritório de advocacia

Uma das principais estratégias de marketing para escritórios de advocacia é montar um site completo para apresentar os seus serviços aos consumidores.

O site deve contar com as seguintes áreas:

  • apresentação do escritório e dos profissionais;
  • áreas de atuação;
  • links para os perfis nas redes sociais;
  • serviços oferecidos;
  • canais de contato;
  • artigos ou outros conteúdos publicados.

Muitos advogados não montam um site, pois acreditam que eles “saíram de moda” ou que ficaram desatualizados depois das redes sociais. Certamente, isso não é verdade.

O site ainda é muito vantajoso, já que funciona como um cartão de visitas ou uma vitrine digital, especialmente quando aliado com o cadastro no Google Meu Negócio.

Além disso, o site vale a pena por ser um domínio próprio do escritório na Internet. Por melhor que seja a produção de conteúdo em redes sociais, elas estão sempre sujeitas às normas das empresa.

Por causa disso, o cenário ou as regras podem mudar de repente e a estratégia poderá ficar vulnerável.

E-book - Aprenda de uma vez por todas a vender nas redes sociais

4. Use as redes sociais como plataforma de contato com o público em geral

Nós citamos anteriormente as redes sociais, mas vale a pena separar um momento para falar só delas.

As redes sociais estão entre as maiores plataformas para alcançar o público consumidor e encontrar novos clientes. Só no Facebook, por exemplo, são mais de 2,3 bilhões de usuários ativos, com mais 1 bilhão no Instagram e tantos milhões em outras.

Por esse motivo, certamente os seus consumidores estejam nas redes sociais, as quais devem ter papel importantíssimo na sua estratégia de marketing para escritórios de advocacia.

Dentre todas as ofertas de plataformas, relacionamos abaixo as principais para escritórios de advocacia:

  • Facebook;
  • Instagram;
  • LinkedIn;
  • YouTube;
  • Twitter.

Cada uma dessas plataformas exige um tipo de conteúdo diferente. No entanto, mantenha sempre uma comunicação coerente entre todas as redes e o seu site para garantir os melhores resultados.

5. Invista no Marketing de Conteúdo como forma de atrair possíveis clientes

Uma das principais maneiras para um escritório de advocacia angariar novos clientes é pelo Marketing de Conteúdo.

Em poucas palavras, o Marketing de Conteúdo consiste na produção regular de conteúdo de valor para os consumidores (no formato de textos, vídeos, infográficos) para criar autoridade no mercado e atrair clientes.

Para um advogado, é fácil elaborar conteúdos de qualidade esclarecendo dúvidas dos seus clientes, explicando as leis ou como fazer a gestão de processos judiciais.

A melhor maneira de usar o Marketing de Conteúdo é definir a sua persona (cliente ideal), pensar nas dores que ele tem e produzir conteúdo de valor para ajudar a sanar os seus problemas.

6. Aposte na segmentação de conteúdo no marketing para escritórios de advocacia

Uma das principais ferramentas do Marketing Digital é a capacidade de segmentar o público e aumentar a eficiência dos anúncios ou posts feitos na Internet. Isso permite que pequenos escritórios possam competir de igual para igual com grandes empresas.

Por exemplo, é possível fazer o impulsionamento online de um artigo ou post diretamente para o tipo de público que mais se interessa pelo conteúdo, até mesmo pelo uso de dados demográficos para isso.

Dessa forma, gasta-se menos com publicidade e se conquista mais clientes, o que deixa sua estratégia mais eficiente.

E-book - Como produzir conteúdos que tragam resultados para sua empresa

7. Faça a análise dos resultados de marketing para escritórios de advocacia

Um dos conhecimentos mais importantes sobre marketing é entender que não se acerta de primeira.

É necessário fazer uma análise constante dos resultados para pensar em maneiras de otimizar as ações e obter um melhor desempenho no futuro.

Diante isso, sempre que fizer qualquer ação, analise os resultados obtidos e faça testes constantes para descobrir as melhores configurações para otimizar o desempenho da sua estratégia.

Seguindo essas 7 dicas, você não terá problemas para estabelecer uma boa ação de marketing para escritórios de advocacia, melhorando seus resultados e alcançando um bom faturamento.

O que você achou das dicas? Conte pra gente adicionando um comentário abaixo!

Conteúdo produzido por SAJADV.

2019-09-25T09:36:44-03:00

Deixar Um Comentário

Conversão Internacional de Empreendedorismo Conheça a Plataforma Ideal Marketing