Dicas imbatíveis para ranquear seu negócio no Google

Dicas imbatíveis para ranquear seu negócio no Google

Ícone Ideal Marketing

Por:

Publicado: 25 de fevereiro de 2021 | Atualizado: 26 de fevereiro de 2021.

Aparecer na primeira página do Google, e de preferência nas primeiras posições, é o objetivo de toda marca/empresa. 

Para tornar isso possível há por trás equipes de marketing digital, aplicando ações de inbound marketing para garantir um bom ranqueamento ao seu cliente.

Isso é, na verdade, um grande desafio, já que o Google frequentemente aprimora seus algoritmos com o objetivo de oferecer uma melhor experiência ao usuário. 

O que o Google não sabe é que são desafios que movem os profissionais da área. Para reforçar isso, vamos mostrar algumas formas de fazer a marca aparecer nos motores de busca, sobretudo no mais popular e mais utilizado, o Google.

5 dicas que podem colocar sua empresa no topo do Google

Antes das dicas, uma observação: um ranqueamento depende de vários fatores e não acontece em um dia, a não ser que seja o tráfego pago. Então nada de afobação por resultados e de abandonar projetos no meio do caminho.

Vamos às dicas?

1. Crie conteúdo de qualidade

Há algum tempo, quando a internet se popularizou, os primeiros conteúdos eram totalmente criados em cima de uma palavra-chave repetida seis, sete, 10 vezes (e não raro, em textos de 300/400 palavras). 

A preocupação era usá-la tanto quanto possível. No entanto, isso deixava os artigos até sem nexo, pois nem sempre se conseguia posicionar as palavras-chave de forma orgânica. 

Entretanto, como acontece naturalmente em qualquer outra situação, os processos evoluem, amadurecem e são aperfeiçoados. 

Atualmente, o uso de palavras-chave continua sendo importante, mas se colocadas de forma estratégica e sem exageros. O que pesa bastante é o que sua empresa tem a contar ao leitor. 

Nesse contexto, existe o Google E-A-T, um sinalizador importante para o ranqueamento de conteúdos. O próprio Google contou isso (aliás, uma das poucas coisas, senão a única, que o buscador entregou). 

Cada uma das letras do acrônimo representa um componente:

  • E: Expertise (especialização)
  • A: Authoritativeness (autoridade)
  • T: Trustworthiness (confiança).

Ou seja, você tem que saber do que fala, ter autoridade para falar sobre o tema e passar confiança ao usuário. 

Sendo assim, aposte em ter conteúdos relevantes e interessantes em seu blog. Por meio desses conteúdos bem posicionados no buscador é que sua empresa vai conseguir tráfego orgânico. 

2. Use links patrocinados

Você pode até tentar, mas não vai conseguir escapar por muito tempo de gerar tráfego pago. 

Isso acontece por meio do Google Ads, com links patrocinados. Esses links permitem que o site da sua empresa apareça na primeira página dos resultados de forma rápida.

A grande vantagem é que você escolhe as palavras-chave que vai patrocinar, dessa forma consegue atrair o público que realmente interessa ao seu negócio.

3. Coloque sua empresa no Google Meu Negócio

Não dá para esquecer do marketing local! Você deve ter uma presença online forte, mas se tem loja física, também precisa dizer ao seu público local que você existe e onde está localizado. 

O Google Meu Negócio é a forma de fazer isso. Assim, você oferece mais uma forma de interagir e de conquistar mais clientes. Além disso, concentra informações necessárias, como endereço, horário de trabalho etc. 

4. Faça SEO on page e off page

SEO está diretamente relacionado ao primeiro tópico, de conteúdo. Os artigos do blog devem ser otimizados para que os robôs dos buscadores os encontrem e, com um bom trabalho, os posicione na primeira página.

Mas não pense que isso deve ser feito só no blog. O site institucional também deve ser otimizado com palavras-chave do negócio. Descrições de página e descrições de produtos são exemplos.

Agora uma parte importante: há dois tipos de SEO — e os dois merecem atenção! Veja abaixo.

SEO ON PAGE

O SEO on page está relacionado às estratégias utilizadas nas páginas do site e blog. Ele compreende elementos como:

  • títulos otimizados
  • URLs amigáveis
  • títulos e subtítulos
  • meta description

SEO OFF PAGE

Tão importante quanto o on page, o SEO off page muitas vezes é deixado de lado. Um grande erro!

Esse elemento compreende ações que fazem com que mais pessoas conheçam o seu site/blog e influencia também no posicionamento nos buscadores. 

Conheça algumas dessas estratégias:

  • backlinks
  • guest posts
  • comentários (no blog ou em fóruns)
  • compartilhamento de conteúdo em redes sociais

5. Proteja os dados de seus usuários

A segurança do site, e agora as adequações à LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados não só aumenta a confiabilidade de uma marca como também é fator de ranqueamento nos motores de busca. 

Também a utilização de certificado SSL, que incentiva a adequação de http para https é positivo no SEO. Isso acontece porque o certificado aumenta a segurança e a navegabilidade do site, além de promover melhorias de desempenho. 

Dica bônus: ter como parceira uma agência de marketing digital, que trabalha em diversas frentes para garantir a visibilidade da marca pelo seu posicionamento no Google e garantir resultados positivos, como captar mais clientes, impulsionar vendas etc. 

Esperamos que tenha gostado do post!

Artigo criado por SOUB Digital. 

2021-02-26T09:06:59-03:00

Deixar Um Comentário

Diagnóstico Gratuito do seu Marketing