4 ações importantes para tornar a gestão da sua indústria mais eficiente

4 ações importantes para tornar a gestão da sua indústria mais eficiente

Ícone Ideal Marketing

Por:

Publicado: 5 de março de 2020 | Atualizado: 2 de julho de 2020.

Com o estabelecimento da economia global, a competitividade aumentou exponencialmente em todos os setores da atividade humana, e com as indústrias não foi diferente. Para se destacar neste cenário, as organizações precisam realizar uma gestão industrial que aumente a eficiência de todos os departamentos.

Neste contexto, as ações da gestão industrial tem como objetivo otimizar a produção e eliminar falhas que coloquem a lucratividade e a competitividade da empresa em risco. 

Segundo dados da Sondagem Industrial de janeiro de 2020, pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústrial (CNI), o nível de atividade industrial ficou 67% acima do registrado no mesmo mês dos quatro últimos anos. 

Essa atmosfera otimista motiva os empresários a fazerem investimentos e é um ótimo momento para colocar em prática as quatro ações para gestão industrial que listamos a seguir.

Caso você queira se destacar ainda no primeiro semestre de 2020, continue acompanhando este conteúdo. 

Gestão industrial

A gestão industrial pode ser resumida como a utilização de métodos e ferramentas para implantação de ações de melhorias em todas as áreas da indústria. 

Ela tem atuação forte nos fluxos financeiros, de produção, materiais e de informações nas indústrias.  

Uma gestão industrial eficiente contribui não só para o aumento da produtividade, como para a eliminação de custos com ações não planejadas como perdas no estoque e paradas na linha de produção.

Confira às ações:

1. Dê atenção ao departamento de compras e de estoque

No início da cadeia de produção está a compra de materiais para a produção, por isso, o departamento de compras deve ser enxergado como estratégico.

É fundamental que a equipe responsável pelas aquisições esteja capacitada e receba suporte para realizar compras técnicas assertivas, do contrário parte importante da receita da empresa será mal investida.

O controle do estoque é um momento em que muitas indústrias perdem dinheiro e não percebem. Materiais e equipamentos são ativos e quando ficam parados sem uso e se degradam, significam prejuízos financeiros. 

Não prever a necessidade de um equipamento valoroso para a operação e precisar dele com urgência tem grande impacto no poder de negociação da indústria e, consequentemente, no preço da aquisição.

2. Otimize a produção 

Dependendo do cenário, aumentar a produção industrial pode significar intervir em todos os departamentos da empresa. 

A produtividade de uma organização está intimamente ligada aos lucros e à satisfação da equipe com a rotina de trabalho. 

Equipamentos, rotinas, e o fluxo de trabalho dos colaboradores são variáveis que não podem ser ignorados nas ações para aumentar a produção.

Por mais simples que algumas ações pareçam ser, elas são comprovadamente eficientes para melhorar o nível da produção. Confira abaixo:

  • Reduza o tempo improdutivo das máquinas e colaboradores;
  • Invista em automação industrial para aumentar a eficiência de processos;
  • Monitore o desempenho dos equipamentos;
  • Invista em treinamento para capacitar os colaboradores;
  • Equilibre a designação de tarefas entre os colaboradores;
  • Reveja os métodos de operação sempre que necessário.

3. Invista na manutenção dos equipamentos

Muitas organizações quando precisam reduzir custos procuram por fórmulas mágicas e ações simples como investir na manutenção de equipamentos não são consideradas.

Investir em manutenção é uma forma eficiente de reduzir custos com a compra de novos equipamentos e garantir a segurança da equipe de trabalho.

A explicação é bem simples: ao aumentar a vida útil e assegurar o pleno funcionamento de uma máquina, a organização não precisa comprar um novo equipamento e não é surpreendida com uma falha repentina.

A falha inesperada em uma correia dentada, por exemplo, item crítico em muitas linhas de produção, compromete o fluxo de trabalho e em muitos casos representa a necessidade de parar a operação.

4. Monitoramento de ativos

Para assegurar o alto desempenho dos equipamentos industriais críticos, verdadeiros ativos industriais, é fundamental fazer o seu monitoramento.

Essa atividade de gestão industrial é denominada monitoramento de ativos e acontece, de forma resumida, por meio de sensores que implantados nesses equipamentos comunicam de forma contínua e remota qualquer ação incomum que possa ocorrer durante sua operação.

Uma das principais vantagens de investir nesse serviço é reduzir custos e maximizar a produção, reduzir e antecipar falhas que impactam e causam prejuízos e alcançar o aumento na confiabilidade e eficiência global do equipamento.

Precisa de ajuda para implementar as ações?

Caso você precise de ajuda para implementar essas ações, não hesite em contatar uma consultoria especializada para te auxiliar com a gestão da sua indústria.

Em uma gestão eficiente está o segredo de sucesso de todo empreendimento.

Conteúdo produzido em parceria com a Acoplast Brasil, empresa que fabrica e comercializa produtos e soluções para transmissão mecânica há 25 anos.

2020-07-02T09:12:50-03:00

Deixar Um Comentário

Diagnóstico Gratuito do seu Marketing