>>Como gerar vendas utilizando o marketing de conteúdo

Como gerar vendas utilizando o marketing de conteúdo

Publicado: 13 de novembro de 2019 | Por: | Atualizado: 13 de novembro de 2019.

Não há dúvida que o Marketing de Conteúdo é uma das mais poderosas estratégias de Marketing Digital nos tempos atuais.

A grande vantagem é que este tipo de estratégia consegue impactar qualquer tipo de consumidor.

Desde aquele que está à procura de uma solução para um problema até aquele que nem sabe que possui um problema.

Neste artigo você entenderá como gerar mais vendas utilizando Marketing de Conteúdo, sem que tenha que contratar uma Agência de Marketing Digital especializada.

Antes de mais nada, para se falar em Marketing de Conteúdo é preciso citar um dos principais conceitos de Marketing Digital: A jornada de compras do consumidor.

Entender que cada consumidor está em um estágio é fundamental para ter uma estratégia de conteúdo eficiente.

A classificação dos consumidores se dá em 6 estágios, que são:

A grande vantagem é que este tipo de estratégia consegue impactar qualquer tipo de consumidor.

Desde aquele que está à procura de uma solução para um problema até aquele que nem sabe que possui um problema.

Neste artigo você entenderá como gerar mais vendas utilizando Marketing de Conteúdo, sem que tenha que contratar uma Agência de Marketing Digital especializada.

Antes de mais nada, para se falar em Marketing de Conteúdo é preciso citar um dos principais conceitos de Marketing Digital: A jornada de compras do consumidor.

Entender que cada consumidor está em um estágio é fundamental para ter uma estratégia de conteúdo eficiente.

A classificação dos consumidores se dá em 6 estágios, que são:

  • Tranquilo: É o consumidor que possui um problema, mas não sabe que possui. Por esta razão, ele não está à procura de um produto ou serviço. Para impactar este tipo de consumidor e fazer com que ele inicie a jornada de compra, é necessário um conteúdo de descoberta. Basicamente é um tipo de conteúdo que mostre a este consumidor que ele tem um problema e que precisa resolver. Imagine um plano de saúde.Para atingir este tipo de consumidor, poderia ser utilizado um conteúdo do tipo: “5 doenças que se não tratadas a tempo normalmente levam a óbito pessoas como você.” Este tipo de conteúdo pode impactar aquelas pessoas que não sabem que tem um problema (assistência à saúde inadequada) e fazer com que ela entre em uma jornada de compras que termina na contratação do plano de saúde.
  • Incomodado: É o consumidor que já sabe que tem um problema, está incomodado com ele, mas ainda não foi atrás de uma solução. Em muitos casos, é o popular “vai levando com a barriga”. Este tipo de consumidor deve ter um conteúdo que gere medo e sensação de urgência para solução do problema. Dessa maneira, ele estará mais inclinado a buscar por uma solução.
  • Pesquisador: É o consumidor que está pesquisando por soluções para seu problema. Normalmente este consumidor se encontra no Google, Youtube ou outros canais de pesquisa. Neste momento, um bom conteúdo mostrando que a sua solução é a mais vantajosa pode ser crucial para fazer com que ele considere o seu produto ou serviço.
  • Comparador: É o consumidor que já encontrou algumas opções e está comparando a vantagem de cada uma delas. Para este tipo de consumidor, o conteúdo que irá oferecer deve eliminar de forma substancial todas as objeções que ele possa ter relacionadas ao seu produto ou serviço. Lembre-se que este tipo de consumidor está comparando seu produto / serviço com o do concorrente e, uma boa argumentação para eliminação de objeções pode fazer toda a diferença.
  • Comprador: Este é o consumidor que acaba de tomar uma decisão e está pronto para realizar a compra. Normalmente nenhum conteúdo atinge mais este tipo de consumidor.
  • Avaliador: É o consumidor que já recebeu o produto / serviço e agora irá avaliar se atingiu os objetivos ou não. O conhecimento deste conceito é fundamental para o sucesso de estratégias de Marketing de Conteúdo.

Mas existem outros elementos que podem contribuir para a efetividade:

1 – Blog com autoridade

O blog de sua empresa precisa ser conhecido e reconhecido.

Para isso é fundamental que possua um bom acervo de conteúdos com grande qualidade.

E estes conteúdos do seu blog devem ser trabalhados nas mais diversas mídias, como Facebook, Instagram, Linkedin, Google e outros.

Muitos dos consumidores estão em busca de soluções e não de produtos e serviços.

Por padrão, pessoas detestam ter que comprar. Elas querem resolver problemas e, só aceitam comprar algo, quando enxergam que este problema será resolvido com uma compra.

Caso sua empresa ainda não possua um blog criado, existem diversos artigos no Google que ensinam como criar um blog profissional.

2 – Tenha parceiros

O Networking é uma das mais poderosas ferramentas de geração de negócios que existe.

E o networking quando realizado entre parceiros, pode gerar maior visibilidade e também surgir bons trabalhos de co-marketing.

Em muitas situações, empresas e empreendedores se unem para ganhar força no mercado com ações em conjunto.

3 – Utilize Redes Sociais

Somos mais de 130 milhões de usuários ativos de redes sociais no Brasil.

E não há local tão poderoso quanto as redes sociais para trabalhar os conteúdos que sua empresa disponibiliza para a internet.

O melhor dos cenários é trabalhar os conteúdos de forma integrada com blog, Youtube, Facebook, Instagram, Linkedin e outras redes sociais.

É notório que se um potencial consumidor visualizar um determinado conteúdo em diferentes plataformas ele não se incomodará por ser o mesmo material.

Agora se você trabalhar o mesmo conteúdo repetidas vezes no mesmo canal de comunicação, este consumidor passará a se incomodar com esta ação.

Então, trabalhe os conteúdos em todos os canais que forem possíveis.

4 – Em seus conteúdos, utilize as estratégias de SEO

Não há dúvidas que uma poderosa fonte de tráfego para conteúdo são os visitantes vindo do Google.

E nada melhor e mais poderoso que aproveitar o tráfego orgânico que ele é capaz de proporcionar.

Mas para isso é necessário o mínimo de entendimento a respeito de estratégias de SEO, que vão desde a otimização de artigos, link building até otimização de performance da hospedagem de sites.

Para um artigo bem otimizado para o Google, é necessário se atentar em primeiro lugar as palavras-chaves a serem trabalhadas.

Existem várias ferramentas que podem auxiliar na escolha de palavras-chave adequadas.
Outro aspecto importante relacionado a otimização de conteúdos, é trabalhar as variações de termos da sua palavra-chave dentro de seu conteúdo.

Estes conceitos são conhecidos como Proof Terms e Relevant terms, que são utilizados para que o Google entenda o quão completo é seu conteúdo ou não.

Se utiliza o WordPress, há uma vantagem significativa pelo fato dele possuir diversos plugins gratuitos que auxiliam na melhoria da otimização o conteúdo.

Um que recomendo a utilização é o Yoast SEO.

Agora que conhece estes importantes conceitos de Marketing de Conteúdo, é trabalhar na criação e aumentar as vendas do seu negócio!

Boa sorte!

Conteúdo produzido pela Agência de Marketing Digital WebTrends.

2019-11-13T09:50:12-03:00

Deixar Um Comentário

Diagnóstico Gratuito do seu Marketing Conheça a Plataforma Ideal Marketing