Blog Ideal Marketing

Saiba o que é propaganda e alcance resultados expressivos em seu negócio

O que é propaganda

O que é propaganda para você? Poucos sabem explicar seu significado exato, embora tenham contato diariamente com ela. 

Quando ouvimos falar de propaganda e marketing relacionamos o termo à compra de produtos na maioria da vezes.

Mas na verdade, ela está presente em diversos outros lugares.

Para entender melhor o que é propaganda, precisamos buscar referências. Uma das que temos mais contato é o famoso “boca a boca”.

São indicações recebidas de pessoas que adquiriram determinado produto ou serviço, ficaram satisfeitas e passaram a experiência para outro potencial cliente de um negócio.

Para convocar mais jovens, um exército precisa elaborar uma propaganda a fim de recrutar candidatos.

O mesmo ocorre com a venda de um automóvel ou com seguidores de determinada religião por meio da palavra de um padre, por exemplo.

Neste post iremos abordar temas a fim de esclarecer muitas dúvidas. Desde técnicas e conceito, até a relevância que a estrutura de uma propaganda carrega consigo.

Aprenda o que é propaganda e saiba como aplicar em seu negócio. Veja os temas abordados a seguir:

Aprenda o que é propaganda e saiba como aplicar em seu negócio. Veja os temas abordados a seguir:

Descubra o que é propaganda

Propagar ideias é uma forma de estimular um público-alvo a se interessar por um produto, serviço, campanha política ou até mesmo por uma doutrina. Saber o conceito desta prática e como aplicá-la é essencial em qualquer ramo.

Propaganda, como falamos em alguns pontos, é uma forma de promover uma ideia a fim de atingir um público-alvo pré-estabelecido.

As estratégias têm como objetivo provocar emoções e sentimentos nas pessoas a fim de estimular a venda de uma ideia ou agregar valor à marca. Estas são as principais características da propaganda.

Ao aprender o que é propaganda e como aplicá-la de maneira adequada, você, de certa forma, terá o controle das emoções das pessoas. Este é um dos objetivos que tentamos atingir.

Vamos recordar um exemplo recente para facilitar a compreensão. Em 2015, O Boticário fez uma ação polêmica no Dia dos Namorados.

A rede de cosméticos e perfumes elaborou uma propaganda que mostrava casais de diferentes orientações sexuais se presenteando.

O Boticário, diferente de comerciais das Casas Bahia, por exemplo, não focou em nenhum momento apenas no produto de venda.

A propaganda tinha o intuito de dizer que seus produtos servem para presentear a todos, independente da orientação sexual.

A campanha conquistou o Grand Effie 2015. Veja o vídeo abaixo:

Entendeu como é importante saber o que é propaganda e como aplicá-la? Esse pode ser o tempero que faltava para alavancar seu negócio.

Publicidade e propaganda são as mesmas coisas?

Quando não se tem uma formação em publicidade e propaganda ou não tem muito contato com a área, esta é uma dúvida comum para muitas pessoas.

Os dois termos têm significados semelhantes, mas são diferentes. Publicidade é derivado do latim publicus e aponta aquilo que é conhecido, uma maneira de tornar público.

Propaganda é originária da palavra “propagar” e tem como objetivo a divulgação de ideias que influenciam no comportamento de grupos.

Embora os termos sejam utilizados como sinônimos no Brasil, em âmbito universitário as diferenças sempre são apontadas.

Como dito nos tópicos acima, a publicidade tem o intuito de promover serviços e produtos, voltando-os para a venda. Mas se você quiser saber mais sobre o que é publicidade é só acessar nosso o link.

Já a propaganda busca divulgar campanhas na esfera de ideologia, causas, tudo que agregue valor à marca.

Então agora que você já sabe a diferença vamos nos aprofundar e descobrir com mais detalhes o que é propaganda e como ela pode impactar no seu negócio.

Propaganda e marketing: saiba qual a diferença

No decorrer dos estudos é comum surgir várias dúvidas quanto a definição de alguns termos. Como propaganda e marketing, por exemplo. Muitas pessoas acreditam que é a mesma coisa.

Propaganda, como apontamos, é uma forma de propagar, divulgar e criar condições para o mercado conhecer o produto ou serviço oferecido por sua empresa.

Lembre-se: estas são as principais características da propaganda.

Trata-se de uma estratégia que engloba desde comunicação em massa por meio de propagandas na televisão ou anúncio em um jornal, até panfletagem nas ruas.

Mas e aí, qual a diferença de propaganda e marketing?

Marketing é algo mais abrangente, ele envolve a empresa como um todo.

O marketing tem envolvimento direto com a estratégia corporativa.

Ele está ligado à 4Ps: preço, praça, produto e promoção. Ou seja, canais de venda, escolha do mix ideal do portfólio de produtos, divulgação e valores pagos pelo produto ou serviço.

Para entender melhor o que são os 4 Ps do marketing, é só acessar nosso conteúdo.

Sendo assim, a principal diferença entre eles é que o marketing envolve todos os caminhos que o produto deve percorrer, não apenas a comunicação utilizada.

Pronto, além de saber o que é propaganda, você também entende a diferença entre propaganda e marketing. Então agora aprenda a definir o melhor momento de investir em uma boa ação!

Qual o momento certo de fazer propaganda?

Esta é uma questão comum na cabeça de muitos empresários antes de estudar o que é propaganda.

Mas é um problema simples de solucionar.

Logo no início do processo para realizar uma ação de propaganda e marketing, você deve traçar objetivos.

Deseja vender mais? Construir uma imagem de sua marca? Aumentar o tráfego do seu site?

Lembre-se: analise o mercado e veja se seus objetivos podem ser alcançados, não estipule metas inalcançáveis.

Antes de fazer uma propaganda, é preciso que você se atente ao seu produto ou serviço. Analise a qualidade, veja se ele atende as necessidades dos clientes atuais e qual o nível de satisfação.

Após isso, veja se sua empresa é capaz de atender as demandas geradas pela propaganda que você pretende colocar no ar.

Sua empresa pode produzir quanto a mais do que atualmente? Seu produto pode atingir mais pessoas? Seu orçamento permite mais pedidos?

É preciso controlar a ansiedade e buscar informações a fim de saber o que é propaganda. Assim você não cairá na cilada de fazer antes do tempo.

O investimento é muito alto?

Com certeza esta é uma dúvida que ronda a cabeça de investidores ao apostar em propagandas e marketing.

Antes de mergulhar no tema e saber o que é propaganda de fato, as pessoas associam apenas aos comerciais de TV, rádio e nas grandes mídias impressas. Essas realmente exigem um grande investimento.

Com a expansão da internet, aliar propagandas com o marketing digital, ou seja, ações em ambiente digital, tornou-se uma alternativa capaz de gerar bons resultados.

O marketing por meio de redes sociais, por exemplo, representa uma grande oportunidade de divulgação do seu trabalho.

Além de ser muito mais econômico, estratégias em redes sociais podem ser segmentadas e, assim, atingirão mais pessoas interessadas em seu produto.

A televisão, embora tenha um alcance muito amplo, acaba não direcionando a propaganda para as pessoas que realmente podem comprar, o filtro de segmentação não é eficaz como as ações em redes sociais.

Para facilitar o entendimento, vamos a um exemplo de propaganda e marketing digital.

Você lembra dos pôneis malditos? Sim, aqueles da Nissan, em 2011, quando as redes sociais ainda engatinhavam no Brasil.

Embora não fosse comum apostar nesse tipo de propaganda e marketing, a Nissan apostou e teve muito sucesso.

Durante o vídeo, é perguntado se você quer ter pôneis ou cavalos em sua picape. Tudo combinado com uma música chiclete e irritante.

Ao final do vídeo no YouTube, um pônei raivoso diz que se você não compartilhar o material com 10 pessoas, ficará com a música pra sempre na cabeça – a “maldição do pônei”, como é chamada. Veja o vídeo:

O sucesso foi tão grande que a campanha proporcionou desdobramento para diversas outras ações de propaganda e marketing, como chamadas para usuários postarem no facebook seus próprios vídeos no estilo maldição do pônei.

Viu o que é propaganda? Não se trata apenas de ações feitas para TV e rádio, é um universo muito mais amplo e cheio de possibilidades para alavancar seu negócio.

Categorias de propagandas

Após explicarmos o que é propaganda, vamos listar algumas que temos mais contato e outras que marcaram época.

Propaganda de guerra

Como falamos logo no início do conteúdo, é preciso elaborar uma propaganda para recrutar soldados ao exército dos países.

Um dos exemplos de propagandas criativas com esta finalidade foi a ação Tio Sam, dos Estados Unidos, caso emblemático com o objetivo de atingir jovens para se candidatem às forças armadas do país.

Tio Sam representa um dos símbolos nacionais mais famosos do mundo. Ele foi utilizado na Primeira Guerra Mundial e teve um poder de persuasão muito forte.

Além de elaborar ações para o recrutamento de soldados, houve estratégias para induzir pessoas a serem patriotas, odiar os inimigos e estimular doações. Práticas comuns e uma das principais características da propaganda em guerras.

Propagandas nazista

Embora o nazismo tenha sido o tempo mais obscuro na Alemanha, a propaganda foi caracterizada como um instrumento extremamente eficaz no controle de massas ao disseminar a ideologia nazista na época.

Por meio de depoimentos em veículos de comunicação, Adolf Hitler foi peça-chave na doutrinação da população. Sempre utilizando a propaganda como aliada para inflamar e população e “roubar” a consciência do povo a fim de promover o nazismo.

Durante o processo de aprendizagem sobre o que é propaganda, você imaginou ver algo tão ruim associado a ela?

Ditadura militar brasileira

Em um período nem tão distante no Brasil, mais precisamente entre os anos de 1964 e março de 1985, o país viveu regimes militares. E nesta época já sabiam muito bem o que é propaganda.

Com o objetivo de legitimar o governo, os militares usaram lemas, imagens, censura, etc. Assim como no regime nazista, as propagandas tiveram um papel fundamental para o sucesso do regime ditatorial brasileiro.

Veja um dos exemplos de propagandas criativas marcante na ditadura militar brasileira.

Propaganda eleitoral do Lula

Para entender por completo o que é propaganda eleitoral, é preciso conhecer o que é propaganda política.

Quem nunca se deparou com uma propaganda eleitoral justo naquele dia em que estava ansioso para ver um filme?

Este tipo propaganda é mais comum em épocas antecedentes de eleições. Elas têm o intuito de propagar o nome de candidatos para aproximá-los dos eleitores.

Em 2017, as publicações do ex-presidente Lula indicavam uma possível candidatura às eleições presidenciais de 2018.

Para reforçar isso, Lula começou a publicar estudos com números de intenções de voto para a eleição.

Hoje, com o crescimento das redes sociais no Brasil, esta prática se tornou comum. Veja um dos exemplos de propagandas criativas utilizada por muitos candidatos.

Propaganda enganosa

Agora você já sabe o que é propaganda, chegou a hora de ver uma de suas vertentes mais polêmicas – a propaganda enganosa.

Após estudos de métodos utilizados por regimes totalitaristas que conseguiram moldar massas, notaram a grande influência que a propaganda tinha na sociedade e começaram a usá-la a seu favor. E assim surgiu a classificação de propaganda enganosa.

As propagandas são capazes de conduzir pessoas ao erro. Por isso tomaram uma providência para regulamentar as ações elaboradas.

No Brasil, em 1970, as propagandas passaram a ser regulamentadas pelo CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) e em 1990 surgiu o Código de Defesa do Consumidor.

Mensagens com caráter publicitário falso, omissão de informações, ou seja, propagandas que induzam o consumidor ao erro são classificadas como enganosas e estão sujeitas a punições.

Bônus: aplique alguns métodos de propaganda no seu negócio

Apelo ao medo

Trata-se de uma propaganda com o propósito de explorar possíveis medos do público-alvo. Em países que refugiados não são bem recebidos, por exemplo, o governo pode dizer à população que a chegada destes pode representar um risco para economia do país e parte da população passará a atacar os imigrantes.

Apelo à autoridade

São propagandas que usam a imagem de um especialista para validar algo que foi afirmado em uma ação.

Caso seu produto de venda seja raquete de tênis, por exemplo, se o Guga fizer a ação, a propaganda passará mais credibilidade do que um ator desconhecido, não acha?

Homem comum

As propagandas moldada de acordo com os costume do público-alvo, para gerar uma identificação com a ação.

Esta técnica também está presente no mapeamento da persona no marketing digital, quando as características do público são analisadas a fim de desenvolver uma estratégia de comunicação mais adequada.
Repetição incansável

Hermann Ebbinghausin, é um psicólogo idealizador da pesquisa que aponta a capacidade do cérebro reter informações recém-adquiridas.

Essa pesquisa concluiu que sem repetição, sem reforçar o que queremos que as pessoas lembrem, a propaganda, nesse caso, cairá no esquecimento.

Mas essa repetição não pode tornar-se irrelevante? Se forem elaboradas histórias interessantes, com uma comunicação que agrade e deixe o consumidor engajado, não será irrelevante.

Termos de efeito

Ao entender o que é propaganda, nota-se que algumas das ações extremistas, como o nazismo e regime militar brasileiro, usaram frases de efeito dramáticas. Trabalho que realmente deu resultado.

Para sua propaganda ser bem recebida pelo público-alvo, apostar em um slogan de qualidade pode gerar bons resultados. Ele cria uma identificação da marca com o consumidor.

O McDonald’s, por exemplo, tem um slogan de muito sucesso – o “Amo muito tudo isso”. Quem nunca associou esta frase à rede de fast-food mesmo em momentos que não nos referimos a ela?

O McDonald’s é um grande exemplo de empresa com funcionários que realmente entendem o que propaganda e aplicam o conhecimento com excelência.

Agora que sabe o que é propaganda, crie uma de sucesso

Agora você já sabe o que é propaganda e seus negócios podem ter resultados positivos com as estratégias aprendidas.

Lembre-se sempre dos pontos históricos abordados no conteúdo. Embora sejam exemplos de propaganda criativas utilizadas há muito tempo, tê-los em mente é importante para desenvolver projetos até hoje.

Estudar seu público com a intenção de saber qual é a propaganda mais adequada para seu empreendimento é essencial, caso contrário, o resultado será negativo.

Nesta análise do público, você definirá qual linguagem deve ser adotada. Para falar com um médico, por exemplo, você irá usar termos mais técnicos. Já para interagir com uma pessoa que apenas procura um remédio, precisa ser o mais didático possível.

Além disso, o histórico de campanhas anteriores são essenciais para nortear a estratégia adotada na realização de uma nova propaganda. Assim você terá uma noção maior de ações mais aceitas pelo público-alvo.

Agora, com todo conhecimento adquirido, você sabe o que é propaganda e está pronto para criar uma de sucesso com mais facilidade.

Compartilhe nas Redes Sociais!

Sair da versão mobile